Estudo histoquimico e imuno-histoquimico da endocervice para diagnostico diferencial entre metaplasia tubaria e adenocarcinoma in situ

Estudo histoquimico e imuno-histoquimico da endocervice para diagnostico diferencial entre metaplasia tubaria e adenocarcinoma in situ

Terezinha Marques

DISSERTAÇÃO

Português

T/UNICAMP M348e

Campinas, SP : [s.n.], 1995.

68 f. : il.

Orientador: Liliana Aparecida Lucci De Angelo Andrade

Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas

Resumo: Metaplasia tubária (MT) é uma lesão de natureza benigna que pode oferecer dificuldade para o diagnóstico diferencial com adenocarcinoma in situ (AIS) na endocérvice. Sua correta caracterização e identificação evita condutas terapêuticas inadequadas. Selecionamos IS casos de MT e 16 casos de...

Abstract: Endocervical tubal metaplasia, a benign lesion, is known to be frequently misdiagnosed as adenocarcinoma in situ. Its correct identification is needed in order to avoid inadequate managements. We selected 18 cases of endocervical tubal metaplasia and 16 of adenocarcinoma in situ. Only...

Estudo histoquimico e imuno-histoquimico da endocervice para diagnostico diferencial entre metaplasia tubaria e adenocarcinoma in situ

Terezinha Marques


										

Estudo histoquimico e imuno-histoquimico da endocervice para diagnostico diferencial entre metaplasia tubaria e adenocarcinoma in situ

Terezinha Marques

    Exemplares