O que há de materno na língua? : considerações sobre os sentidos de língua materna no processo de gramatização brasileira nos séculos XIX e XX

O que há de materno na língua? : considerações sobre os sentidos de língua materna no processo de gramatização brasileira nos séculos XIX e XX

José Edicarlos de Aquino

DISSERTAÇÃO

Português

T/UNICAMP Aq56o

[What is so motherly-like in the language?]

Campinas, SP : [s.n.], 2012.

204 p.

Orientador: Carolina Maria Rodríguez Zuccolillo

Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem

Resumo: Os sentidos da expressão língua materna no período inicial do processo de gramatização brasileira constituem o objeto de investigação deste trabalho, que assume uma concepção histórica e discursiva do sentido e se assenta em um campo teórico-metodológico que considera constitutiva a relação...

Abstract: The senses of the expression "mother language" in the initial period of the Brazilian process of grammatization are the subject of research in this work, which takes a historical and discursive conception of the sense and is based on the History of Linguistic Ideas, a theoretical and...

O que há de materno na língua? : considerações sobre os sentidos de língua materna no processo de gramatização brasileira nos séculos XIX e XX

José Edicarlos de Aquino


										

O que há de materno na língua? : considerações sobre os sentidos de língua materna no processo de gramatização brasileira nos séculos XIX e XX

José Edicarlos de Aquino

    Exemplares