Diabo e fluoxetina : formas de gestão da diferença

Diabo e fluoxetina : formas de gestão da diferença

Mariana Magalhães Pinto Côrtes

TESE

Português

T/UNICAMP C818d

[Devil and fluoxetine ]

Campinas, SP : [s.n.], 2012.

384 p. : il.

Orientador: Amnéris Ângela Maroni

Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas

Resumo: Quando a diferença surge como problema? Quando o diferente torna-se objeto de intervenção? Qual foi a primeira agência que se ocupou com a diferença como questão a ser administrada? A religião monoteísta e o Estado-nação apresentam modelos análogos no combate à diferença? Essas são questões...

Abstract: When has difference become a problem? When has the different become an object of intervention? Which was the first institution to take charge of the issue of difference? Do monotheistic religion and Nation-state present analogous models of combat against difference? These questions guide...

Diabo e fluoxetina : formas de gestão da diferença

Mariana Magalhães Pinto Côrtes


										

Diabo e fluoxetina : formas de gestão da diferença

Mariana Magalhães Pinto Côrtes

    Exemplares