Teoria de impurezas isoeletrônicas em ligas III-V

Teoria de impurezas isoeletrônicas em ligas III-V

Maristella Fracastoro-Decker

TESE

Português

T/UNICAMP F841t

Campinas, SP : [s.n.], 1980.

144 f. : il.

Orientador: George G. Kleiman

Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Fisica Gleb Wataghin

Resumo: Neste trabalho é estudado sistematicamente o modelo de Kleiman para o potencial criado por uma impureza isoeletrônica numa liga III-V. Este modelo atribui ao potencial de impureza uma componente de curto alcance e uma de longo alcance (20-25 Þ ), ambas atrativas. A presença desta última...

Abstract: In this work we present a systematic study of the Kleiman model for an isoelectronic impurity potential in a III-V alloy. The model attributes a short-range plus a long-range component to the impurity potential. The presence of this long-range part, which extends on a region of 20-25 Þ ,...

Teoria de impurezas isoeletrônicas em ligas III-V

Maristella Fracastoro-Decker


										

Teoria de impurezas isoeletrônicas em ligas III-V

Maristella Fracastoro-Decker

    Exemplares