Para não deixar o cerebro na maquina : um estudo sobre os sentidos de "cultura" e "lazer" no discurso da "teoria do lazer" em interrelação com o discurso de trabalhadores organizados no sindicato cutista dos metalurgicos de São Jose dos Campos

Para não deixar o cerebro na maquina : um estudo sobre os sentidos de "cultura" e "lazer" no discurso da "teoria do lazer" em interrelação com o discurso de trabalhadores organizados no sindicato cutista dos metalurgicos de São Jose dos Campos

Elza Margarida de Mendonça Peixoto

DISSERTAÇÃO

Português

T/UNICAMP P359p

Campinas, SP : [s.n.], 1996.

200 f.

Orientador: Nelson Carvalho Marcellinio, Eni Lulcinelli Orlandi

Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Fisica

Resumo: Este estudo insere-se na temática "lazer e trabalho" e aborda os sentidos do termo lazer como possibilidades determinadas pelos contextos e posições ideológicas. Objetivando localizar razões para o aparecimento e o silenciamento do 'lazer' nas Resoluções do 3o e 4o. Congressos da Central...

Abstract: This investigation is insert in the theme 'leisure an work¿ and broaches the senses of the term leisure as possibilities determined by the contexts and ideological stands. We have decided for the investigation of the senses of the term in the speeches produced by organized workers of a...

Para não deixar o cerebro na maquina : um estudo sobre os sentidos de "cultura" e "lazer" no discurso da "teoria do lazer" em interrelação com o discurso de trabalhadores organizados no sindicato cutista dos metalurgicos de São Jose dos Campos

Elza Margarida de Mendonça Peixoto


										

Para não deixar o cerebro na maquina : um estudo sobre os sentidos de "cultura" e "lazer" no discurso da "teoria do lazer" em interrelação com o discurso de trabalhadores organizados no sindicato cutista dos metalurgicos de São Jose dos Campos

Elza Margarida de Mendonça Peixoto

    Exemplares