Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280740
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Ver de perto pra contar de certo = as mudanças climáticas sob os olhares dos moradores da floresta do Alto do Juruá
Title Alternative: Closer looking to tell it right : the climate changes under the views of the forest inhabitants of the of the High Juruá Region
Author: Mesquita, Erika, 1974-
Advisor: Almeida, Mauro William Barbosa de, 1950-
Abstract: Resumo: As mudanças climáticas vêm sendo estudadas principalmente pelas ciências exatas e da natureza. Buscaremos nesse trabalho agregar o ponto de vista da antropologia ao estudos sobre o assunto. Nossa pergunta é: Como os povos da região do alto Juruá observam e vivem as mudanças climáticas? Eventos climáticos extremos, como chuvas inesperadas e grandes alagações ou inundações, fazem parte das memória desses moradores da floresta. Essas memórias são transmitidas por gerações. Assim, as histórias de inundação que se destacam no alto Juruá ainda permanecem vivas. O clima é muito importante para as pessoas que vivem na floresta, sendo um saber que está relacionado às necessidades práticas do mundo da vida. Para dar conta desse saber, coletamos observações de ex-seringueiros e agricultores, dos Huni Kuin e dos Ashaninka sobre o clima e suas variações, sobre estações e previsões. Com isso, obtivemos uma visão sobre diferentes olhares, dentro das respectivas visões de mundo, sobre as transformações climáticas. Esses grupos, ao longo de gerações, desenvolveram conhecimentos sobre o ambiente e sobre o clima. Entendemos que é parte do papel da Antropologia mostrar esses conhecimentos, visibilizando os saberes tradicionais sobre a natureza. Essa tarefa é hoje importante, tratando-se desse tema de relevância global e local. Esperamos que esse estudo venha a ser uma contribuição ao que se pode chamar de uma Antropologia do Clima

Abstract: The exact sciences are responsible for most of the research being carried out regarding climate changes. The object of this study is to give an anthropological point-of-view to the subject. The main question is: how are the climate changes perceived and lived by the people of the region of high Juruá? Extreme climate events such as unexpected rain and great floods are ingrained in the memory of these forest dwellers. Such memories are transmitted throughout generations. This allows the flooding stories in high Juruá to remain vivid. The climate is very important for the people who live in the forest, as it is a knowledge related to the world and life practical needs. To account for such knowledge, observations from rubber tappers, farmers, and Huni Kuin and Ashaninka people were collected concerning their understanding of the climate and its variations, seasons and forecasts. The result was different ways of looking at the climate changes within their respective outlooks. These groups have developed an understanding about the environment and the climate throughout generations. It is thought that it is part of the anthropology's duty to demonstrate such understanding, making the traditional knowledge about nature visible. Such duty is important, as this is a theme of local and global relevance. It is hoped that this study will be able to contribute to what can be called climate anthropology
Subject: Mudanças climáticas
Seringueiros - Amazônia
Índios Campa
Índios Kaxinawa
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MESQUITA, Erika. Ver de perto pra contar de certo = as mudanças climáticas sob os olhares dos moradores da floresta do Alto do Juruá. 2012. 489 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/280740>. Acesso em: 19 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mesquita_Erika_D.pdf7.99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.