Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279567
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A Organização da Zona : notas etnográficas sobre relações de poder na zona de prostituição Jardim Itatinga, Campinas - SP
Title Alternative: Zone organization : ethnographic notes of power relationship on the prostitution zone Jardim Itatinga, Campinas-SP
Author: Tavares, Aline, 1982-
Advisor: Piscitelli, Adriana Gracia, 1954-
Abstract: Resumo: Este trabalho tem como objetivo analisar alguns elementos constituintes do ordenamento político e econômico do bairro Jardim Itatinga, considerado a maior Zona de Prostituição da América Latina. Este bairro é resultado de uma operação bem orquestrada envolvendo polícia e prefeitura na metade da década de 1960 para confinar a prostituição da cidade de Campinas. A "Zona" é um produto do confinamento, mas é também uma "noção", um espaço "criativo" de múltiplas sociabilidades e relações inscritas num território que tem como pano de fundo o comércio sexual. O confinamento, que pretendia "confinar para regular", serviu para criar, expandir e complexificar a dinâmica do trabalho sexual, ampliando consideravelmente a gama de serviços e mercados existentes ali. Também potencializou uma apropriação da prostituição como uma prática legítima que busca romper os limites físicos e simbólicos impostos à Zona. Dentro dessa abordagem, me preocupo com as diversas relações de poder inscritas naquele território, especificamente àquelas relacionadas às diversas atividades econômicas existentes ali. Assim, procuro perceber algumas relações de poder envolvidas no trabalho sexual ¿ e da rede de serviços que a acompanha ¿; a sua relação com a criminalidade ("pessoal do bang") e os espaços de agência das trabalhadoras sexuais dentro de contextos de conflito. Também procuro entender como a Zona é representada para fora de seus limites físicos por mulheres que participam de uma Associação que busca o reconhecimento dos direitos da Profissionais do Sexo (Associação Mulheres Guerreiras). Argumento que há uma recusa em aderir à "zonas simbólicas confinamento" de modo que essas mulheres levam para o espaço público toda a corporalidade e aprendizados vivenciados na Zona

Abstract: This work aims to analyze some elements of the political and economic order of Jardim Itatinga neighborhood, considered the largest prostitution area in Latin America. This neighborhood is the result of a well-orchestrated operation involving police and the local government in the mid-1960s aiming to confine prostitution in the city of Campinas, São Paulo. The "Zone" is a product of containment, but also a "concept ": a creative space with multiple sociability and relationships entered in a territory that has the sex trade as backdrop. Containment, which intended "confine to regulate", served to create, expand and complexify the dynamics of sex work, considerably distending the range of existing services and markets there. Also potentiated an appropriation of prostitution as a legitimate practice that seeks to break the physical and symbolic limits imposed on the Zone. Within this approach, I worry about the various power relations entered within that territory, specifically those related to several economic activities therein. Therefore, I try to realize some power relations involved in sex work (and the accompanying network services) their relationship with crime (also called "the bang") and the space agency of sex workers within conflict contexts. I also seek to understand how the Zone is represented out of their physical limits by women participating in an association that seeks recognition of Sex Workers rights (Warrior Women Association). I argument that there is a refusal to adhere to the "symbolic containment zones", so that these women bring to the public space all corporeality and learning experienced in the area
Subject: Prostituição - Campinas (SP)
Segregação - Campinas (SP)
Movimentos sociais
Editor: [s.n.]
Citation: TAVARES, Aline. A Organização da Zona: notas etnográficas sobre relações de poder na zona de prostituição Jardim Itatinga, Campinas - SP. 2014. 134 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/279567>. Acesso em: 25 ago. 2018.
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tavares_Aline_M.pdf2.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.