Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/352123
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Risco de queda e seus fatores relacionados em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise
Title Alternative: Risk of falls in chronic renal patients on hemodialysis and is related factors
Author: Carvalho, Thaís Carrera de, 1987-
Advisor: Dini, Ariane Polidoro, 1981-
Abstract: Resumo: Introdução: A doença renal crônica (DRC) é um problema de saúde pública mundial e os indivíduos com DRC, dependentes de hemodiálise, têm maiores fatores de risco para queda, do que a população em geral. Diante das complicações, como lesões, fraturas e até a morte, decorrentes das quedas o desenvolvimento as ações para a promoção da segurança e qualificação dos cuidados de enfermagem aos indivíduos com doença renal crônica justifica a realização deste trabalho. Objetivos: Identificar o risco de quedas em pacientes renais crônicos em hemodiálise, identificar a prevalência de quedas no último ano em pacientes renais crônicos em hemodiálise, correlacionar o risco de queda com: o medo de cair e variáveis sócio-demográfico-clínicas (sexo, idade, escolaridade, estado civil, comorbidades, tempo em hemodiálise, uso de medicamentos, amputação de membro, dificuldade na deambulação, auxílio de aparelho na deambulação, doença mineral óssea e fragilidade). Métodos: Trata-se de um estudo correlacional, no qual foram avaliados 131 pacientes adultos com doença renal crônica, em hemodiálise, maiores de 18 anos, atendidos em um serviço privado de nefrologia do interior do estado de São Paulo. A incidência e os fatores relacionados à queda foram obtidos a partir de instrumentos de caracterização sócio demográfica e clínica, escala de queda de Morse, Fall Eficacy Scalle e Tilburg Frailty Indicator. Resultados: Da amostra de 131 pacientes, 49 (37,4%) referiram pelo menos uma queda no ultimo ano, a média do número de quedas foi de 2,02, sendo que um paciente referiu 10 quedas em um ano. O risco para quedas foi apresentado por 123 indivíduos (97,7%). No que se refere ao medo/preocupação em cair, as mulheres, os pacientes com menor nível de escolaridade, os amputados e os frágeis, (p<0,05), apresentam extrema preocupação em cair. Conclusões: Constatou-se que os indivíduos com doença renal crônica, em hemodiálise, têm alta prevalência de quedas e fatores relacionados como diabetes, dificuldade ou necessidade de auxílio para deambulação incrementaram a ocorrências de quedas. A contribuição deste estudo foi identificar a alta prevalência de quedas nesta população bastante específica, que deve ser tratada com padrões internacionais de atendimento e prevenção de quedas, tanto durante as sessões de hemodiálise, quanto na adoção de estratégias para prevenção de quedas nas atividades de vida diária desses pacientes

Abstract: Introduction: Chronic kidney disease (CKD) is a worldwide public health problem and individuals with CKD who are dependent on hemodialysis have higher risk factors for falls than the general population. Given the complications, such as injuries, fractures and even death, resulting from falls, the development of actions to promote safety and qualification of nursing care for individuals with chronic kidney disease justifies this study. Objectives: To identify the risk of falls in chronic renal failure patients on hemodialysis, to identify the prevalence of falls in the last year in chronic renal failure patients on hemodialysis, to correlate the risk of falling with: fear of falling and socio-demographic-clinical variables (gender, age, education, marital status, comorbidities, time on hemodialysis, medication use, limb amputation, difficulty in walking, aid in walking, bone mineral disease and frailty). Methods: This is a correlational study, in which 131 adult patients with chronic kidney disease undergoing hemodialysis, over 18 years old, treated at a private nephrology service in the interior of the state of São Paulo, were evaluated. The incidence and factors related to fall were obtained from instruments of socio demographic and clinical characterization, Morse fall scale, Fall Eficacy Scalle and Tilburg Frailty Indicator. Results: From the sample of 131 patients, 49 (37.4%) reported at least one fall in the last year, the average number of falls was 2.02, and one patient reported 10 falls in one year. The risk for falls was presented by 123 individuals (97.7%). Concerning the fear / concern about falling, women, patients with lower educational level, amputees and the frail, (p <0.05), are extremely concerned about falling. Conclusions: It was found that individuals with chronic kidney disease on hemodialysis have a high prevalence of falls and related factors such as diabetes, difficulty or need for walking aid increased the occurrence of falls. The contribution of this study was to identify the high prevalence of falls in this very specific population, which should be treated with international standards of care and prevention of falls, both during hemodialysis sessions and the adoption of strategies to prevent falls in life activities. of these patient
Subject: Enfermagem
Insuficiência renal crônica
Hemodiálise
Acidentes por quedas
Segurança do paciente
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CARVALHO, Thaís Carrera de. Risco de queda e seus fatores relacionados em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise. 2019. 1 recurso online ( 66 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carvalho_ThaisCarreraDe_M.pdf2.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.