Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/341903
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: Andrea Fernandes Eloy da Costa Françapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado profissional) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.format.extent1 recurso online (82 p.) : il., digital, arquivo PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relation.requiresRequisitos do sistema: Software para leitura de arquivo em PDFpt_BR
dc.typeDISSERTAÇÃO DIGITALpt_BR
dc.titleEnsino em saúde e conhecimento sobre hanseníase entre os profissionais de saúde da atenção básicapt_BR
dc.title.alternativeHealth education and knowledge about leprosy among health carept_BR
dc.contributor.authorBaldim, Letícia Botigeli, 1993-pt_BR
dc.contributor.advisorFrança, Andréa Fernandes Eloy da Costa, 1977-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Ciência Aplicada à Qualificação Médicapt_BR
dc.subjectHanseníasept_BR
dc.subjectEducação em saúdept_BR
dc.subjectAtenção primária à saúdept_BR
dc.subject.otherlanguageLeprosyen
dc.subject.otherlanguageHealth educationen
dc.subject.otherlanguagePrimary health careen
dc.description.abstractResumo: INTRODUÇÃO: A hanseníase ou moléstia de Hansen é uma doença crônica, infectocontagiosa, causada pelo Mycobacterium leprae. Acomete pele e nervos periféricos, sendo essas características as responsáveis pelas incapacidades e grave impacto psicossocial conferidas pela doença. Persiste como problema de saúde pública no Brasil, visto não ter sido atingida até então a meta de eliminação determinada pela Organização Mundial de Saúde. A capacitação e a integração das ações de controle na Atenção Básica são essenciais para fortalecer o diagnóstico precoce e o tratamento adequado dos casos. OBJETIVOS: Elaborar e validar um instrumento para desenvolver ações de Educação em Saúde em hanseníase com profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes de saúde) da atenção básica do município de Campinas, São Paulo, enfatizando a temática Hanseníase, bem como, avaliar o conhecimento e a prática destes profissionais em relação ao acolhimento, diagnóstico, tratamento e à prevenção de incapacidades na hanseníase. METODO: A pesquisa foi dividida em duas etapas:Na primeira etapa, foi elaborado um instrumento tipo questionário para coleta de dados de profissionais de saúde do município de Campinas acerca da hanseníase e o mesmo foi submetido à validação por peritos. Na segunda etapa, após validação dos peritos, o questionário foi aplicado aos sujeitos do estudo, por meio de plataforma online, e foram obtidos dados acerca do perfil dos profissionais e conhecimentos específicos sobre a hanseníase. RESULTADOS: O instrumento foi validado após duas etapas de avaliações por peritos na área, constituindo o questionário final de 55 questões. O estudo observou o desempenho geral dos médicos e enfermaeiros foi consiederado bom, com desempenho ruim nas áreas de tratamento e reabilitação, respectivamente. Já os profissionais de nível técnico e médio (agentes de saúde e técnicos de enfermagem) apresesentaram desempenho muito ruim na maioria das categorias. Também observou-se que , na população estudada, ainda existe muito desconhecimento em relação a aspectos-chave da hanseníase, como modo de transmissão e evolução da doença. A maioria dos participantes não tiveram contato em sua carreira com pacientes com o hanseníase e não houve predileção pelo método de capacitação presencial, o que ressalta o papel das capacitações em localidades de baixa endemia, especialmente através de metodologia online. CONCLUSÃO: O estudo permitiu, na população estudada, levantar dificuldades encontradas pelos profissionais em relação ao tema e propor estrategias de educação em saúde efetivas que permitam a educação continuada e reflita em melhora do cenário do cuidado ao paciente com hanseníasept
dc.description.abstractAbstract: INTRODUCTION: Leprosy or Hansen's disease is a chronic infectious disease caused by Mycobacterium leprae. It affects the skin and peripheral nerves, and these characteristics are responsible for the disabilities and severe psychosocial impact conferred by the disease. It persists as a public health problem in Brazil, since the elimination target determined by the World Health Organization has not been reached so far. Training and integration of control actions in Primary Health Care are essential to strengthen early diagnosis and proper treatment. OBJECTIVES: To elaborate and validate an instrument to develop health education actions in leprosy with health professionals (doctors, nurses, nursing technicians and health agents) of primary health care in the city of Campinas, São Paulo, emphasizing the theme Leprosy, as well as to evaluate the knowledge and practice of these professionals regarding the reception, diagnosis, treatment and prevention of disabilities in leprosy. METHOD: The research was divided into two stages: In the first stage, a questionnaire-like instrument was developed to collect data from health professionals in the city of Campinas about leprosy and it was subjected to validation by experts. In the second stage, after validation by the experts, the questionnaire was applied to the study subjects through an online platform, and data about the professionals' profile and specific knowledge about leprosy were obtained. RESULTS: The instrument was validated after two stages of evaluations by experts in the area, constituting the final questionnaire of 55 questions. The study noted that the general performance of doctors and nurses was considered good, with poor performance in the areas of treatment and rehabilitation, respectively. The technical and medium level professionals (health agents and nursing technicians) performed very poorly in most categories. It was also observed that, in the studied population, there is still a lot of ignorance regarding key aspects of leprosy, as a mode of transmission and evolution of the disease. Most of the participants had no contact in their career with leprosy patients and there was no predilection for the face-to-face training method, which highlights the role of training in low-endemic locations, especially through online methodology. CONCLUSION: The study allowed, in the studied population, to raise difficulties encountered by professionals in relation to the theme and to propose effective health education strategies that allow continuing education and reflect on improving the scenario of care for leprosy patientsen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.citationBALDIM, Letícia Botigeli. Ensino em saúde e conhecimento sobre hanseníase entre os profissionais de saúde da atenção básica. 2020. 1 recurso online (82 p.) Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.pt_BR
dc.description.degreelevelMestradopt_BR
dc.description.degreedisciplineQualificação dos Processos Assistenciaispt_BR
dc.description.degreenameMestra em Ciênciaspt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameSouto, Bernardino Geraldo Alvespt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameVelho, Paulo Eduardo Neves Ferreirapt_BR
dc.date.defense2020-02-14T00:00:00Zpt_BR
dc.date.available2020-05-21T13:32:16Z-
dc.date.accessioned2020-05-21T13:32:16Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2020-05-21T13:32:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Baldim_LeticiaBotigeli_M.pdf: 3354446 bytes, checksum: 1630c1c8f4a23feb958db8e4b210e315 (MD5) Previous issue date: 2020en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/341903-
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Baldim_LeticiaBotigeli_M.pdf3.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.