Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/335513
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Fenômenos isomórfico (de Koebner), pseudo-isomórfico (pseudo-Koebner), isotópico (de Wolf), isopático e distrito imunocomprometido cutâneo : revisão sistemática
Title Alternative: Isomorphic responses (of Koebner), pseudo-isomorphic (pseudo-Koebner), isotopic (of Wolf), isopathic and immunocompromised cutaneous district : systematic review
Author: Tabosa, Gabriel Villas-Bôas dos Santos, 1992-
Advisor: Cintra, Maria Letícia, 1951-
Abstract: Resumo: Introdução: o fenômeno isomófico de Koebner refere-se ao surgimento, em áreas cutâneas sãs que sofreram algum tipo de trauma, de lesões semelhantes a dermatoses não infecciosas vigentes. O fenômeno pseudo-isomórfico é similar, mas a dermatose prévia vigente é de natureza infecciosa. Por sua vez, o fenômeno isotópico ou de Wolf dá-se com a ocorrência de nova dermatose (não relacionada) em sítio recuperado de doença cutânea anterior. As principais doenças associadas a esses fenômenos são o vitiligo, a psoríase, o líquen plano, a verruga viral, o molusco contagioso e o herpes zoster. Já o fenômeno isopático ocorre com a emergência da mesma dermatose prévia, em fase inativa, em área cicatrizada, ou em área sã que sofreu algum tipo de trauma posterior. como ocorre na sarcoidose cutânea cicatricial. Em sequência, o distrito imunocomprometido cutâneo de Ruocco (DIC) foi proposto para incluir todos os fenômenos anteriormente descritos sob uma só unidade. A patogênese de tais fenômenos permanece obscura. Como exemplo, apresenta-se o caso de um paciente atendido no ambulatório de dermatologia da Unicamp, com quadro de hanseníase, desenvolvida em área tatuada antiga. A possível interação entre os fenômenos estudados, atuando na gênese da doença, tornou pertinente estudá-los. Objetivo: encontrar elementos que subsidiem uma síntese destes fenômenos, pelo conhecimento de novas evidências sobre a sua patogênese. Metodologia: buscou-se revisar, de forma sistemática e atualizada, os fenômenos acima abordados, sob as diretrizes do protocolo de principais itens para relatar revisões sistemáticas e metanálises (PRISMA-p), em sete bases de dados biomédicas virtuais, entre os anos de 1996 a 2018. Após a aplicação dos termos descritores padronizados e do período de estudo, foram identificados, inicialmente, 3270 trabalhos. Depois da exclusão de estudos duplicados e da aplicação individual dos critérios de elegibilidade, 53 trabalhos foram selecionados para a análise completa final. Conclusão: o DIC é a melhor definição para unir os fenômenos aqui revisados, pois, independentemente do elemento causador da imunossupressão local inicial, todos podem convergir para três elementos patogênicos atuando de forma isolada ou sinérgica: a) lesão neural central ou segmentar; b) linfedema crônico e c) polissomia genética

Abstract: Introduction: Koebner's isomorphic phenomenon refers to the appearance, in healthy skin areas that have suffered some type of trauma, of lesions like existing non-infectious dermatoses. The pseudo-isomorphic phenomenon is similar, but the preexisting dermatosis is infectious in nature. In turn, the isotopic or Wolf phenomenon occurs with the occurrence of new (unrelated) dermatosis in a site recovered from previous cutaneous disease. The main diseases associated with these phenomena are vitiligo, psoriasis, lichen planus, viral wart, molluscum contagiosum, and herpes zoster. Isopathic phenomenon occurs with the emergence of the same dermatosis, in an inactive phase, in a scar, or in a healthy area that has recently suffered some type of trauma. as occurs in cutaneous scar sarcoidosis. Subsequently, Ruocco's immunocompromised cutaneous district (DIC) was proposed to include all phenomena previously described under a single unit. The pathogenesis of such phenomena remains obscure. As an example, we present the case of a leprosy patient, attended at the dermatology clinic of Unicamp, whose manifestation was exuberant in an old tattooed area. The possible interaction between the studied phenomena, acting in the genesis of the disease, made pertinent study them. Objective: to find elements that base a synthesis of these phenomena, by the knowledge of new evidences about its pathogenesis. Methods: we searched systematically and updated the phenomena discussed above, under the Preferred Reporting Items for Systematic review and Meta-Analysis Protocols (PRISMA-P), in seven virtual biomedical databases, between the years from 1996 to 2018. After applying the standardized descriptors and the study period, 3270 articles were initially identified. After exclusion of duplicate studies and individual application of the eligibility criteria, 53 studies were selected for the final complete analysis. Conclusion: DIC is the best definition to unite the phenomena reviewed here, since, independently of the causative element of the initial local immunosuppression, all can converge to three pathogenic elements acting in an isolated or synergic way: a) central or segmental neural lesion; b) chronic lymphedema and c) genetic polysomy
Subject: Revisão
Fenômeno de Wolf
Koebner
Fenômeno isopático
Distrito imunocomprometido cutâneo
Linfedema
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: TABOSA, Gabriel Villas-Bôas dos Santos. Fenômenos isomórfico (de Koebner), pseudo-isomórfico (pseudo-Koebner), isotópico (de Wolf), isopático e distrito imunocomprometido cutâneo: revisão sistemática. 2019. 1 recurso online (102 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tabosa_GabrielVillas-BoasDosSantos_M.pdf4.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.