Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334764
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Variabilidade, distribuição e concentração da precipitação na bacia hidrográfica do rio Paraná
Title Alternative: Variability, distribution and concentration of precipitation in the hydrographic basin of the Parana river
Author: Siqueira, Beatriz, 1990-
Advisor: Nery, Jonas Teixeira, 1952-
Abstract: Resumo: O presente trabalho traz como foco primordial de análise a variabilidade da precipitação na bacia hidrográfica do rio Paraná, uma extensa área do território brasileiro, com aproximadamente 1,1 milhões de quilômetros quadrados e significativa diversidade climática, uma vez que contempla três regiões distintas do País: Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Procurou-se, ao longo do desenvolvimento do estudo, evidenciar o clima como um parâmetro físico e insumo natural imprescindível à organização do espaço e às funcionalidades do território. A variabilidade da precipitação na referida área de estudo foi estimada para o período de 1970 a 2014, através de 47 postos pluviométricos com dados diários de precipitação em ponto de grade. Os dados em ponto de grade estão organizados no formato NetCDF, disponíveis para a América do Sul, combinados de forma simples com resolução espacial de 1° e 2,5° de longitude e latitude. A variabilidade da precipitação foi estimada a partir de parâmetros estatísticos básicos, como média, desvio padrão e coeficiente de variação e outros complementares, como o cálculo de anomalias, cálculo e análise de tendências da precipitação e estimativas trimestrais da precipitação diária na área de estudo. Índices de quantificação diária e mensal da precipitação foram aplicados à Climatologia e utilizados na estimativa da variabilidade: o índice de concentração, o índice de precipitação concentrada e o índice padronizado de precipitação. As metodologias empregadas na estimativa e o arcabouço teórico estruturado, possibilitaram uma análise e interpretação precisas sobre a variabilidade, distribuição e concentração da precipitação na bacia hidrográfica do rio Paraná, evidenciando diferenças importantes na concentração das chuvas: no setor norte da bacia as chuvas estão mensalmente concentradas e seguem um padrão de distribuição que obedece à sazonalidade. Os fenômenos meteorológicos de maior incidência são a Zona de Convergência Intertropical e a Frente Polar Atlântica, atuando em consonância com a massa Tropical atlântica, no inverno e com a massa Tropical continental e massa Equatorial continental, no verão; no extremo sul, as chuvas são mais uniformes e bem distribuídas ao longo do ano, com elevada concentração diária, que pode esconder extremos de precipitação e acarretar situações de desastres, como inundações e deslizamentos de terra. O principal fenômeno meteorológico atuante nessa área da bacia é o El Niño-Oscilação Sul, responsável pelas elevadas anomalias positivas de precipitação encontradas. Além do El Niño, o regime de chuvas no sul da bacia do Paraná está condicionado, no verão, pela incidência da massa Tropical atlântica e massa Tropical continental; no inverno, pela massa Polar atlântica. O setor mais central da bacia se consubstanciou como uma região de transição, que sofre influência das massas de ar e dos sistemas sinóticos incidentes nas áreas circundantes, como a Frente Polar Atlântica, a massa Polar atlântica e massa Tropical atlântica. Essa área apresentou, em todas as análises, precipitação dentro da "normal" climatológica esperada, com chuvas distribuídas de acordo com as estações do ano, isto é, inverno frio e seco e verão quente e úmido. O trimestre dezembro, janeiro e fevereiro foi o que concentrou mais dias com chuvas e as maiores médias de precipitação pluvial diária, seguido pelo trimestre setembro, outubro, novembro. Em junho, julho e agosto, as médias de precipitação pluvial diária foram mais baixas e os dias com chuva quase inexistentes. A estimativa da variabilidade da precipitação na bacia hidrográfica do rio Paraná foi eficiente e evidenciou a importância do regime das chuvas como um parâmetro físico necessário na organização do espaço, uma vez que interfere, direta ou indiretamente na viabilidade do desenvolvimento das atividades humanas e nos modos como os indivíduos organizam sua própria vida

Abstract: The present work focuses on rainfall variability in the Paraná river basin, an extensive area of Brazilian territory, with approximately 1.1 million square kilometers and significant climatic diversity, since it covers three distinct regions of the Country: Central-West, Southeast and South. During the development of the study, it was sought to show the climate as a physical parameter and natural input essential to the organization of the space and to the functionalities of the territory. The variability of precipitation in this study area was estimated for the period from 1970 to 2014, through 47 pluviometry stations with daily precipitation data in grid point. The grid point data is organized in NetCDF format, available for South America, simply combined with spatial resolution of 1 ° and 2.5 ° longitude and latitude. Precipitation variability was estimated from basic statistical parameters, such as mean, standard deviation and coefficient of variation, and other complementary variables, such as calculation of anomalies, calculation and analysis of precipitation trends, and quarterly estimates of daily precipitation in the study area. Daily and monthly precipitation indices were applied to Climatology and used to estimate the variability: the concentration index, the concentrated precipitation index and the standardized precipitation index. The methodologies used in the estimation and the structured theoretical framework allowed a precise analysis and interpretation on the variability, distribution and concentration of precipitation in the Paraná river basin, evidencing important differences in rainfall concentration: in the northern sector of the basin rainfall is monthly concentrated and follow a distribution pattern that obeys seasonality. The most frequent meteorological phenomena are the Intertropical Convergence Zone and the Atlantic Polar Front, acting in consonance with the tropical Atlantic mass, in the winter and with the Continental tropical mass and continental Equatorial mass, in the summer; in the extreme south, rainfall is more uniform and well distributed throughout the year, with a high daily concentration, which can hide extremes of precipitation and lead to disasters such as floods and landslides. The main meteorological phenomenon in this area of the basin is the El Niño-Southern Oscillation, responsible for the high positive precipitation anomalies found. In addition to El Niño, the rainfall regime in the south of the Paraná basin is conditioned in summer by the incidence of Atlantic tropical mass and continental tropical mass; in winter, by the Atlantic polar mass. The most central sector of the basin became a transition region, influenced by air masses and synoptic systems in the surrounding areas, such as the Atlantic Polar Front, the Atlantic Polar Mass and the Atlantic Tropical Mass. This area presented, in all analyzes, precipitation within the expected "normal" climatological, with rains distributed according to the seasons, cold and dry winter and hot and humid summer. The December, January and February quarter were the one that concentrated the rainiest days and the highest averages of daily rainfall, followed by the September, October, November quarter. In June, July and August, average daily rainfall was lower and rainy days were almost non-existent. The estimation of precipitation variability in the Paraná river basin was efficient and evidenced the importance of the rainfall regime as a necessary physical parameter in the organization of space, since it interferes, directly or indirectly, in the viability of the development of human activities and in the modes how individuals organize their own lives
Subject: Precipitação (Meteorologia)
Precipitação (Meteorologia) - Variabilidade
Condições hidricas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SIQUEIRA, Beatriz. Variabilidade, distribuição e concentração da precipitação na bacia hidrográfica do rio Paraná. 2019. 1 recurso online (176 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Siqueira_Beatriz_D.pdf5.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.