Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334670
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Geocronologia das coberturas superficiais nos baixos terraços fluviais e aluviões recentes no médio curso da bacia hidrográfica do rio Itapicuru (Bahia-Brasil)
Title Alternative: Geocronology of surface coverings in the low fluvial terraces and recent alluvium in the middle course of the Itapicuru drainage basin (Bahia-Brazil)
Author: Góes, Liliane Matos, 1985-
Advisor: Perez Filho, Archimedes, 1947-
Abstract: Resumo: Os terraços fluviais e os aluviões recentes constituem-se em feições geomorfológicas que armazenam em suas coberturas superficiais informações pretéritas de episódios paleoclimáticos, portanto, ao serem submetidos à técnica de datação por Luminescência Opticamente Estimulada (LOE), consolidada na geomorfologia, permitem inferir se as pulsações climáticas foram secas ou úmidas. Devido à escassez e, muitas vezes, ausência de conhecimento científico sobre a precisão e acurácia da idade geológica dessas feições geomorfológicas cumulativas nos sistemas fluviais do Estado da Bahia, adotou-se a técnica de datação absoluta para identificar quando, especificamente, ocorreram os processos deposicionais indicadoras das ocorrências de pulsações climáticas pretéritas. Diante do exposto, a presente tese objetiva correlacionar os dados geocronológicos de coberturas superficiais de terraços fluviais e aluviões recentes do médio curso da Bacia Hidrográfica do Rio Itapicuru com as pulsações climáticas ocorridas no quaternário continental por intermédio da técnica LOE. O delineamento metodológico da pesquisa enquadra-se numa abordagem quantitativa classificada como não-experimental transversal, com alcance descritivo e correlacional, como também adotou o modelo quantitativo experimental com abrangência explicativa ou causal. As etapas da investigação científica foram compartimentadas da seguinte forma: pesquisa bibliográfica, pesquisa documental, pesquisa de campo e de laboratório. A delimitação espacial para coleta das coberturas superficiais no médio curso da bacia hidrográfica ocorreu no trecho Jorrinho, com o recolhimento de cinco amostras; trecho Queimadas, coleta de quatro amostras, e o trecho Gonçalo com duas amostras. As amostras das coberturas superficiais coletadas na pesquisa de campo foram encaminhadas para análise granulométrica, como também para datação absoluta por meio da técnica de LOE em laboratório. Os resultados alcançados por intermédio de modernos métodos adotados na geomorfologia fluvial indicaram que as coberturas superficiais dos três trechos analisados armazenam informações do período Quaternário. Constatou-se que as idades dos aluviões recentes e dos terraços fluviais datam predominantemente da época holocênica, em específico, do Holoceno Superior, porém, também foi verificado um alto terraço fluvial com idade que abrange o Pleistoceno superior. Conclui-se que as análises das coberturas superficiais contribuem substancialmente para os estudos de geomorfologia fluvial do quaternário continental, pois preenchem lacunas e disponibilizam respostas sobre os inputs energéticos originados pelas pulsações climáticas ocorridas no Quaternário, portanto, as coberturas superficiais dos terraços fluviais e dos aluviões recentes constituem-se em chaves de interpretação da história geológica do semiárido brasileiro

Abstract: Fluvial terraces and recent alluvium constitute geomorphological features that store in their surface previous information of paleoclimatic episodes, therefore, when subjected to the technique of dating by Optically Stimulated Luminescence (OSL), consolidated in the geomorphology, allow to infer if the climatic pulsations were dry or humid. Due to the scarcity and often lack of scientific knowledge about the accuracy of the geological age of these cumulative geomorphological features in the river systems of the State of Bahia, the technique of absolute dating was adopted to identify when, specifically, the depositional processes indicators of the occurrences of previous climatic pulsations had occurred. In view of the above, this thesis aims to correlate the geochronological data of surface coverings of fluvial terraces and recent alluvium of the middle course of the Itapicuru Drainage Basin with the climatic pulsations that occurred in the continental quaternary through the OSL technique. The methodological design of the research is based on a quantitative approach classified as non-experimental transversal, with descriptive and correlational scope, as well as the experimental quantitative model with explanatory or causal coverage. The stages of scientific research were compartmentalized as follows: bibliographic research, documentary research, field and laboratory research. The spatial delimitation for collecting the surface coverings in the middle course of the drainage basin occurred in the Jorrinho section, with the collection of five samples; Queimadas section, collection of four samples; and the Gonçalo section with two samples. Samples of the surface coverings collected in the field survey were sent for granulometric analysis, as well as for absolute dating using the OSL technique in the laboratory. The results obtained by means of modern methods adopted in fluvial geomorphology indicated that the surface coverings of the three sections analyzed store information from the Quaternary period. It was found that the ages of the recent alluvium and the fluvial terraces date predominantly from the Holocene era from the Upper Holocene; however, a high fluvial terrace of the upper Pleistocene age was also observed. It is concluded that the analyzes of the surface coverings contribute substantially to the studies of fluvial geomorphology of the continental quaternary, since they fill gaps and provide answers on the energy inputs originated by the climatic pulsations that occurred in the Quaternary, therefore, the superficial coverings of fluvial terraces and alluvium are the keys to interpretation of the geological history of the Brazilian semi-arid region
Subject: Terraços fluviais
Geomorfologia fluvial
Bacias hidrográficas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GÓES, Liliane Matos. Geocronologia das coberturas superficiais nos baixos terraços fluviais e aluviões recentes no médio curso da bacia hidrográfica do rio Itapicuru (Bahia-Brasil). 2019. 1 recurso online (125 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Goes_LilianeMatos_D.pdf5.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.