Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/334228
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Fatores distintos estão relacionados à aterosclerose de membros inferiores em tabagistas e não tabagistas : Distinct factors are related to lower limbs atherosclerosis in smokers and nonsmokers
Title Alternative: Distinct factors are related to lower limbs atherosclerosis in smokers and nonsmokers
Author: Marques, Edmilson Rocha, 1982-
Advisor: Nadruz Junior, Wilson, 1973-
Abstract: Resumo: O tabagismo aumenta o risco de doença arterial periférica, entretanto os mecanismos envolvidos neste processo ainda não estão bem estabelecidos. Este estudo comparou a associação da tensão circunferencial local (TC), marcadores de remodelamento e rigidez vascular e fatores de risco tradicionais com placas poplíteas e carotídeas entre tabagistas e não tabagistas. Duzentos e cinquenta e dois indivíduos (126 tabagistas e 126 não tabagistas) foram submetidos a análises clínicas, laboratoriais e ultrassonografia de artéria poplítea e carotídea. Medidas de tensão circunferencial local foram calculadas em posição supina e ortostática nas artérias poplíteas e em posição supina nas carótidas. Placas poplíteas foram mais comuns em pacientes tabagistas do que em não tabagistas (39 vs. 19%; P < 0,001). Em tabagistas, placas poplíteas não se relacionaram a diferenças entre fatores de risco vasculares tradicionais. Em modelos ajustados de propensão, medidas de tensão circunferencial local foram associadas com placas locais em tabagistas, mas não entre não tabagistas. A tensão circunferencial sistólica ortostática foi à medida que mostrou maior associação com placas poplíteas (beta ± dp = 0,91 ± 0,28; P = 0,001). Medidas locais de tensão circunferencial de parede também demostraram uma forte associação com espessamento de intima média em tabagistas quando comparadas com não tabagistas. Em não tabagistas, as placas poplíteas foram mais associadas com idade avançada, hipertensão, diabetes e dislipidemia e menor nível de complacência arterial. Placas carotídeas não foram independentemente relacionadas à tensão circunferencial da parede poplítea ou carotídea em tabagistas. Esses achados indicam que fatores de risco para doença arterial periférica podem diferir entre tabagistas e não tabagistas e sugerem que a aterosclerose em artérias de membros inferiores é diretamente relacionada a forças hemodinâmicas em tabagistas

Abstract: Smoking increases the risk of peripheral artery disease (PAD), but the mechanisms are not well established. This study evaluated the association of local circumferential wall tension (CWT), markers of vascular remodeling and stiffness, and traditional risk factors with popliteal and carotid plaques among smokers and non-smokers. Two hundred fifty-two subjects (126 smokers and 126 non-smokers) underwent clinical, laboratory, and popliteal and carotid ultrasound analysis. Popliteal and carotid CWT measures were calculated in supine and orthostatic positions, and supine position, respectively. Popliteal plaques were more common in smokers than non-smokers (39% vs. 19%; p<0.001). Among smokers, popliteal plaques were not related to differences in traditional vascular risk factors. In propensity score-adjusted models, popliteal CWT measures were associated with local plaques in smokers, but not in non-smokers. Peak orthostatic CWT was the measure showing the most significant association with popliteal plaques (Beta±standard error=0.91±0.28; p=0.001). Local CWT measures also showed a stronger association with popliteal intima-media thickness among smokers as compared with non-smokers. By contrast, non-smokers with popliteal plaques were more likely to have older age, hypertension, diabetes and dyslipidemia, and lower arterial compliance among non-smokers. Lastly, carotid plaques were not independently related to local CWT among smokers. These findings indicate that risk factors for PAD may differ between smokers and non-smokers and further suggest that atherosclerosis in lower limb arteries is directly related to local hemodynamic forces among smokers
Subject: Postura corporal
Doença arterial periférica
Artéria poplítea
Hábito de fumar
Espessura íntima-média
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Citation: MARQUES, Edmilson Rocha. Fatores distintos estão relacionados à aterosclerose de membros inferiores em tabagistas e não tabagistas: Distinct factors are related to lower limbs atherosclerosis in smokers and nonsmokers. 2019. 1 recurso online (79 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Marques_EdmilsonRocha_M.pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.