Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333724
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Objetividade subjetivada : forma e comunicação na poesia de Régis Bonvicino
Title Alternative: Subjectified objectivity : form and communication in Régis Bonvicino 's poetry
Author: Silva, Jhenifer Thaís da, 1986-
Advisor: Sterzi, Eduardo, 1973-
Abstract: Resumo: O cenário da poesia brasileira da década de 1970 é marcado, na história literária, pelo movimento de poesia marginal que se estruturou sobretudo como reação opositora à rigidez dos movimentos de vanguarda, especialmente o da poesia concreta. Nessa época, contudo, é possível identificar uma produção que não se funda em um projeto coletivo e transformador como almejou a geração mimeógrafo. Ao contrário, essa poesia é marcada por projetos individuais que integram preceitos distintos e até mesmo supostamente opostos, conformando uma das características que definem um cenário esquivo com relação tanto à poesia marginal quanto à poesia concreta, na elaboração de versos do Brasil a partir da década de 1980. Esses projetos particulares, embora não tenham se organizado coletivamente, são norteados por questões comuns como, por exemplo, o questionamento acerca do lugar e da função do poeta e da poesia no momento posterior ao da rigidez cultural vanguardista. Dentre os autores que se destacaram nesse cenário esquivo, Régis Bonvicino apresenta-se como nome expressivo. Herdeiro assumido da poesia concreta, herda, também, uma cultura política marcada, no âmbito nacional, pela experiência da ditadura e, no âmbito internacional, pela Guerra Fria e a vitória do capitalismo. Esses aspectos colaboram para que sua obra sintetize problemas importantes para se pensar a continuidade do processo de modernização da poesia brasileira. Sendo assim, este trabalho se dedica a lançar um olhar à formulação da subjetividade poética na trajetória do poeta paulistano até meados da década de 1990, considerando a importância do espaço urbano e do impacto da globalização para sua poesia, de modo a fornecer subsídios críticos para a compreensão do lugar do sujeito lírico na produção poética do tempo presente

Abstract: The Brazilian poetry scene of the 1970s is marked, in literary history, by the movement of marginal poetry, which was mainly structured as an opposition reaction to the rigidity of the avant-garde movements, especially concrete poetry. At that time, however, it is possible to identify a production that is not based on a collective and transformative project as the mimeograph generation wanted. On the contrary, this poetry is marked by individual projects that integrate distinct and even supposedly opposing precepts, conforming one of the characteristics that define an elusive scenario in relation to both marginal poetry and concrete poetry, in the elaboration of the Brazilian verses from the eighties. These particular projects, although not having been organized collectively, are guided by common questions such as the questioning of the place and function of the poet and poetry at the time after the avant-garde cultural rigidity. Among the authors who stood out in this elusive scenario, Régis Bonvicino stands out as an expressive figure. Acknowledged heir of concrete poetry, he also inherits a political culture marked at the national level by the experience of dictatorship and, at the international level, by the Cold War and the victory of capitalism. These aspects collaborate so that his work synthesizes important problems to think about the continuity of the modernization process of Brazilian poetry. Thus, our work focuses on the formulation of poetic subjectivity in the trajectory of the poet of São Paulo until the mid-1990s, considering the importance of urban space and the impact of globalization on his poetry, in order to provide critical subsidies for the understanding of the place of the lyrical subject in the poetic production of our time
Subject: Bonvicino, Régis, 1955- Crítica e interpretação
Poesia brasileira - Séc. XX - História e crítica
Objetividade na literatura
Subjetividade na literatura
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Jhenifer Thaís da. Objetividade subjetivada: forma e comunicação na poesia de Régis Bonvicino. 2016. 1 recurso online (143 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_Jhenifer_ThaisDa_M.pdf1.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.