Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333676
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Léxico, alofonia e percepção de fala na fonologia articulatória
Title Alternative: Lexicon, allophony and speech perception in articulatory
Author: Oliveira, Leonardo Couto Franco de, 1977-
Advisor: Albano, Eleonora Cavalcante, 1950-
Abstract: Resumo: A variante posicional de um fonema é chamada de alofonia. Geralmente considerada como processo fonético de aplicação automática e não consciente para os falantes da língua. No entanto, resultados preliminares da literatura indicam que variantes alofônicas podem ser percebidas diferentemente em palavras e não palavras. Seria, portanto, possível, que um fenômeno fonético como a alofonia poderia ser influenciado pelo status lexical? Para testar essa hipótese, realizaram-se dois experimentos perceptuais com a alofonia de /a/ no português do Brasil em posição acentuada e pós-acentuada. Foram coletados dados de tempo de reação e taxa de acerto em paradigma de discriminação ABX. Os estímulos foram com vogais naturais e manipuladas para os contextos acentuais. Os contextos de vizinhança lexical, freqüência de ocorrência e probabilidade fonotática foram controlados no segundo experimento. No total, foram coletados dados de 18 falantes nativos do português do Brasil. Os resultados do experimento sugerem que há mais facilidade na discriminação dos alofones a depender da lexicalidade e do contexto acentual, na direção da hipótese inicial. Os resultados são discutidos à luz das Teorias da Fonologia Articulatória Fonologia e da Teoria de Exemplares

Abstract: The positional variant of a phoneme is known as allophony. It is usually considered a phonetic process of automatic and unconscious execution by speakers of a language. However, preliminary results indicate that allophonic variants can be perceived differently in words and non-words. Would it, then, be possible, that a phonetic phenomenon, such as allophony, could be influenced by lexical status? In order to test this hypothesis, two perceptual experiments with vowel /a/ allophony in stressed and post-stressed position in Brazilian Portuguese were performed. The collected data consisted of reaction time and correct response rate in an ABX discrimination paradigm. The stimuli consisted of naturally produced and modified vowels to match stress context. Lexical neighborhood, frequency of occurrence e phonotactical probability were also controlled for the second experiment. In total, data from 18 native speakers of Brazilian Portuguese subjects were collected. The results suggest it is easier to distinguish allophones depending on lexical status and stress context, as per the initial hypothesis. Results are discussed under the viewpoint of the theories of Articulatory Phonology and Exemplar Theory
Subject: Fonologia
Percepção da fala
Alofones
Lexicologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: OLIVEIRA, Leonardo Couto Franco de. Léxico, alofonia e percepção de fala na fonologia articulatória. 2003. 1 recurso online (68 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_LeonardoCoutoFrancoDe_M.pdf2.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.