Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333551
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: O cuidado em saúde na unidade psiquiátrica de hospital geral : percepções de pacientes e familiares
Title Alternative: Health care in the psychiatric unit of general hospital : perceptions of patients and family
Author: Sobral, Fernanda Ribeiro, 1980-
Advisor: Campos, Claudinei José Gomes, 1963-
Abstract: Resumo: A Reforma Psiquiátrica levou a um novo modelo de assistência em saúde mental que colocou as unidades psiquiátricas em hospitais gerais como um dos equipamentos substitutivos aos hospitais psiquiátricos tradicionais. Estas unidades são importantes para o tratamento especializado e intensivo dos pacientes quando se esgotam todas as alternativas de atendimento na rede substitutiva ao manicômio. Os objetivos deste estudo foram: compreender a percepção de cuidado em saúde dos pacientes internados numa unidade psiquiátrica e de seus familiares sobre o cuidado recebido; conhecer e analisar as percepções dessa população sobre suas necessidades de saúde. Esta é uma pesquisa clínico-qualitativa. O local de estudo foi uma Unidade de Internação Psiquiátrica de Hospital Geral, situada no interior do estado de São Paulo. A população foi composta por pacientes internados e por familiares. A amostra foi intencional e definida por saturação dos dados. Participaram deste estudo 15 sujeitos, sendo oito pacientes e sete familiares. A coleta foi realizada de fevereiro a junho de 2016. Foram realizadas entrevistas semidirigidas individuais e utilizou-se a análise de conteúdo temática. O referencial teórico foi baseado nos conceitos psicanalíticos básicos e no modelo teórico da Psicologia Médica e Psicossomática. A coleta de dados também incluiu a observação participante e a busca por informações adicionais no prontuário dos pacientes. Os resultados mostraram três categorias principais. A primeira, denominada "Percepções sobre o cuidado na unidade psiquiátrica", aborda os entendimentos dos participantes sobre a perda do padrão de normalidade e sobre a perda do sentimento de liberdade ¿ ambas manifestadas nas características do ambiente e na sensação de dependência em relação ao outro. A segunda categoria, nomeada "Percepções sobre a equipe de saúde", apresenta como os participantes veem o trabalho da equipe e como estas ações correspondem às suas expectativas sobre o cuidado em saúde; mostra também a visão negativa do cuidado realizado, evidenciando as relações de poder presentes no relacionamento interpessoal. A terceira categoria, chamada "Percepções sobre as relações humanas num ambiente de dor", mostra as relações estabelecidas num cenário marcado pelo sofrimento, destacando as ações solidárias entre pacientes e familiares e expondo as ações de cuidado recebidas da equipe de saúde e entendidas pelos sujeitos como práticas diferenciadas e libertadoras. Concluiu-se que são muitos os fatores que influenciam o cuidado de saúde e as necessidades de saúde dos pacientes e familiares numa unidade psiquiátrica. Contudo, a forma como estas necessidades, manifestadas ou desejadas, são recebidas e trabalhadas pelos profissionais precisa estar em discussão contínua, visando a renovação e o aperfeiçoamento das melhores maneiras de conduzir as práticas de cuidado e o tratamento das pessoas em sofrimento psíquico. Espera-se que a compreensão da percepção de pacientes e familiares sobre o cuidado recebido e o conhecimento sobre suas necessidades possam subsidiar o planejamento da assistência em enfermagem psiquiátrica, individuais ou coletivos, aprimorando o atendimento em saúde mental realizado nas unidades psiquiátricas de hospitais gerais

Abstract: The psychiatric reform prompted a new model of mental health care in which puts psychiatric units in general hospitals therefor replacing traditional psychiatric hospitals. These units are important for the specialized and intensive treatment of patients when all the alternatives of care in the substitute asylum network are exhausted. The objectives of this study were: to understand the perception of care at health of the hospitalized patients and their relatives in a psychiatric unit about the care received; to know and analyze their perceptions about their health needs. This is a clinical-qualitative research. The study site was a psychiatric hospitalization unit of a general hospital, located within the state of São Paulo. The population was composed of inpatients and relatives. The sample was intentional and defined by data saturation. Fifteen subjects participated in this study, eight patients and seven family members. Data collection was performed from February to June 2016. Individual semi-directed interviews were conducted and thematic content analysis was used. The theoretical framework was based on basic psychoanalytic concepts and in the theoretical model of Medical Psychology and Psychosomatic. Data collection also included participant observation and the search for additional information in patients' records. Results showed three main categories. The first one called "Perceptions about care in the psychiatric unit" which addresses the participants' understandings about the loss of a normality pattern, loss of the feeling of freedom manifested in the characteristics of the environment and the feeling of dependence on the other. The second category named "Perceptions about the health staff" shows how the participants see the work of the team and how these actions correspond to their expectations about health care and also shows the negative view of the care evidencing the relations of power present in the interpersonal relationship. And the third category called "Perceptions about human relations in an environment of pain" shows the relationships established in a scenario marked by suffering, highlighting the solidarity actions between patients and their families and exposing the care actions received from the health staff and understood by the subjects as differentiated and liberating practices. It was concluded that there are many factors that influence health care and the health needs of patients and their families in a psychiatric unit. However, how these desired or expressed needs are received and worked by professionals need to be in continuous discussion, aiming at the renewal and improvement of the best ways of conducting care practices and the treatment of people in psychological distress. It is expected that understanding the perception of patients and family members about care received and knowledge about their needs may support the planning of care in individual or collective psychiatric nursing, therefor improving the mental health care performed in the psychiatric units of general hospitals
Subject: Cuidados de enfermagem
Saúde mental
Hospitais gerais
Enfermagem psiquiátrica
Saúde da família
Enfermagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SOBRAL, Fernanda Ribeiro. O cuidado em saúde na unidade psiquiátrica de hospital geral: percepções de pacientes e familiares. 2017. 1 recurso online (295 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sobral_FernandaRibeiro_D.pdf2.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.