Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333401
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Mulheres sem filhos no Brasil : uma análise de características socioeconômicas e demográficas, razões e repercussões
Title Alternative: Childless women in Brazil : an analysis of socio-economic and demographic characteristics, reasons and repercussions
Author: Fujiwara, Joyce Caroline Alecci Meneghim, 1990-
Advisor: Oliveira, Maria Coleta Ferreira Albino de, 1947-
Abstract: Resumo: A ausência de filhos no Brasil cresceu em todos os grupos etários entre 1970 e 2010, principalmente entre as mulheres de 25 a 34 anos. Os efeitos da postergação da maternidade são sentidos nas medidas de período de fecundidade no país desde meados da década de 1990. Este trabalho tem três objetivos. O primeiro é explorar a relação entre a ausência de filhos e as características socioeconômicas e demográficas das mulheres que não têm filhos, definitiva ou temporariamente. O segundo é investigar as razões que fizeram com que estas mulheres deixassem de ter filhos ou adiassem o nascimento destes. O terceiro objetivo, por sua vez, é explorar as repercussões desta condição na vida dessas mulheres. Para o desenvolvimento do trabalho foram utilizadas duas fontes de dados: os censos demográficos de 1970 a 2010 e a Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde (PNDS) de 2006. A metodologia aplicada para exploração de todos os objetivos foi análise descritiva dos dados e, exclusivamente para o primeiro, foram também aplicados modelos de regressão logística. Escolaridade, renda e situação marital são as características socioeconômicas e demográficas que se relacionam mais fortemente à ausência de filhos. Há uma forte indicação que de o avanço da escolaridade feminina vivenciado no Brasil entre 1970 e 2010 tenha uma estreita relação com o aumento da ausência de filhos no mesmo período. Estimou-se a ausência definitiva e involuntária de filhos por razões biológicas em 2% e a ausência voluntária de filhos num intervalo de 2% a 7,5% para as mulheres brasileiras em 2006. As razões mais comumente mencionadas pelas mulheres para não ter filhos antes dos 30 anos são "queria estudar/ter profissão", "queria aproveitar a vida antes de ser mãe", "não quis ter filhos" e "nunca se casou". Por fim, a avaliação geral das mulheres brasileiras quanto à ausência de filhos é bastante positiva no Brasil, principalmente entre aquelas que apenas adiaram a maternidade para após os 30 anos de idade

Abstract: Childlessness increased in all age groups in Brazil between 1970 and 2010, especially among women aged 25 to 34 years. The postponement of maternity has impacted fertility measures in the country since the mid-1990s. This work has three objectives. The first is to explore the relationship between childlessness and women socioeconomic and demographic characteristics. The second is to investigate why these women no longer have children or postpone having them. The third objective is to explore the repercussions of this condition on women¿s lives. Two data sources were used for the development of this study: the demographic censuses from 1970 to 2010 and the National Demographic and Health Survey (PNDS, in Portuguese) of 2006. The methodology used to explore all the objectives was descriptive analysis of the data and, exclusively for the former, logistic regression models were also applied. Education, income, and marital status are the socioeconomic and demographic characteristics that are most strongly related to childlessness. There is a strong indication that the increase in female education in Brazil between 1970 and 2010 is closely related to the increase in childlessness in the country during the same period. Involuntary childlessness for biological reasons was estimated at 2% and the voluntary childlessness in the range of 2% to 7.5% for Brazilian women in 2006. The most common reasons for childlessness are "wanted to study / have a profession", "wanted to enjoy life before becoming a mother", "did not want to have children" and "never married". Finally, the general evaluation of Brazilian women regarding childlessness is quite positive in Brazil, especially among those who have only postponed motherhood after the age of 30
Subject: Casais sem filhos
Anticoncepção
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FUJIWARA, Joyce Caroline Alecci Meneghim. Mulheres sem filhos no Brasil: uma análise de características socioeconômicas e demográficas, razões e repercussões. 2018. 1 recurso online (194 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fujiwara_JoyceCarolineAlecciMeneghim_D.pdf4.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.