Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/333288
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Brincar e investigar fenômenos com água na educação infantil
Title Alternative: Play and investigate phenomena with water in early childhood education
Author: Fernandes, Karina Luiza da Silva, 1987-
Advisor: Megid Neto, Jorge, 1958-
Abstract: Resumo: A Educação Infantil, primeira etapa da Educação Básica, tem por finalidade a formação integral da criança e o desenvolvimento de propostas educativas através da interação e brincadeiras. Ao mesmo tempo, pode-se iniciar processos de exploração de fenômenos das mais diversas naturezas, estimulando gradualmente a aquisição da linguagem e a compreensão do funcionamento do mundo natural e social. Contudo, as políticas curriculares e os programas oficiais de melhoria da educação escolar voltada para a infância têm privilegiado o letramento em língua materna e matemática, em detrimento de abordagens interdisciplinares com participação de várias áreas de conhecimento, como ciências da natureza, história, geografia, arte entre outras. Nesse contexto, esta pesquisa buscou oportunizar o desenvolvimento sociocognitivo de crianças da educação infantil, tendo por objetivo elaborar, desenvolver e avaliar um conjunto de atividades envolvendo a exploração de fenômenos com água de modo lúdico, investigativo e interdisciplinar. Buscamos tratar o seguinte problema de pesquisa: qual a potencialidade de brincadeiras e de explorações de fenômenos com água para o desenvolvimento sociocognitivo de crianças da educação infantil? O trabalho foi realizado com 30 crianças de 3 a 5 anos, de uma escola pública da Rede Municipal da cidade de Campinas. Consistiu em uma pesquisa de natureza interventiva, em que a professora-pesquisadora interfere propositalmente nas práticas pedagógicas realizadas com um grupo de crianças. A sequência de ensino envolveu diferentes fenômenos relacionados à água (flutuação, fontes e usos da água, ciclo da água, filtração entre outros) e foi planejada gradualmente ao longo do processo, levando em consideração os interesses e resultados que as crianças foram manifestando no decorrer do trabalho. Dessa forma, a abordagem do tópico água aconteceu de modo a integrar diferentes áreas de conhecimento e em perspectiva múltipla (social, cultural e histórica). Através de uma situação fictícia iniciamos o projeto de ensino, que envolveu a exploração de objetos na água, brincadeiras e o incentivo a pensar sobre o ambiente e a água, bem como sobre a água e nossa relação com este elemento em diferentes épocas. Tais propostas aconteceram por meio de rodas de conversa, leituras, desenhos, atividades experimentais exploratórias e investigativas, imagens, música, escrita coletiva e comunicação com a comunidade escolar. Os dados foram coletados por intermédio de diário de campo, filmagem, fotografia e desenhos elaborados pelas crianças. Elencamos enquanto categorias de análise a "brincadeira", o "conhecimento" e a "interação/mediação" a partir das explorações sobre fenômenos com água. Consideramos que as atividades desenvolvidas favoreceram: a argumentação das crianças; a interação criança-criança e crianças-professora; situações lúdicas, de brincadeira, em que notamos o envolvimento interessado e curioso das crianças, a investigação, a imaginação, a imitação e a construção de conhecimentos/capacidades como levantar hipóteses, observar, classificar, comunicar, investigar, ouvir, além de preconceitualizações sobre os fenômenos estudados. Numa perspectiva interdisciplinar, as atividades envolveram assuntos de Ciências da Natureza, História, Arte, Português, Geografia, Matemática e Educação Ambiental

Abstract: Early Childhood Education, the first stage of Basic Education, aims at the integral formation of the child and the development of educational purposes through interaction and play. At the same time, one can begin processes of exploration of phenomena of the most diverse natures, gradually stimulating the acquisition of language and the understanding of the functioning of the natural and social world. However, curricular policies and official programs for the improvement of school education directed towards children have privileged literacy in the mother tongue and mathematics, to the detriment of interdisciplinary approaches with the participation of several areas of knowledge, such as Natural Sciences, History, Geography, Art, among others. In this context, this research sought to promote the socio-cognitive development of children in early childhood education, aiming to elaborate, develop and evaluate a set of activities involving the exploration of phenomena with water in a playful, investigative and interdisciplinary way. We sought to address the following research problem: what is the potential for play and exploration of phenomena with water for the socio-cognitive development of children in early childhood education? The study was carried out with 30 children aged 3 to 5 years, from a public school of the Municipal Network of the city of Campinas. It consisted of a research of an interventional nature, in which the teacher-researcher intencionally interferes in the pedagogical practices carried out with a group of children. The teaching sequence involved different phenomena related to water (flotation, water sources and uses, water cycle, filtration among others) and was planned gradually throughout the process, taking into account the interests and results that the children were manifesting during the course of work. Thus, the approach to the topic "water" happened in order to integrate different areas of knowledge and in multiple perspective (social, cultural and historical). Through a fictitious situation we started the teaching project, which involved the exploration of objects in the water, jokes and the incentive to think about the environment and water, as well as about water and our relationship with this element in different times. Such proposals took place through "circle moments" on the floor, readings, drawings, experimental exploratory and investigative activities, images, music, collective writing and communication with the school community. Data were collected through field diary, filming, photography and drawings elaborated by the children. We classify as categories of analysis the "joke", the "knowledge" and the "interaction / mediation" from the explorations on phenomena with water. We consider that the activities developed favored: children's arguments; the interaction child-child and child-teacher; playful situations, in which we noted the interested and curious involvement of the children, the investigation, the imagination, the imitation and the construction of knowledge / abilities as hypotheses, observe, classify, communicate, investigate, listen, as well as preconceptions about the studied phenomena. From an interdisciplinary perspective, the activities involved subjects related to Natural Sciences, History, Art, Portuguese, Geography, Mathematics and Environmental Education
Subject: Educação infantil
Brincadeiras
Ensino de Ciências
Agua - Estudo e ensino
Ensino por investigação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FERNANDES, Karina Luiza da Silva. Brincar e investigar fenômenos com água na educação infantil. 2018. 1 recurso online (176 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fernandes_KarinaLuizaDaSilva_M.pdf4.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.