Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332829
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: David Dobrigkeit Chinellatopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghinpt_BR
dc.format.extent1 recurso online (67 p.) : il., digital, arquivo PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relation.requiresRequisitos do sistema: Software para leitura de arquivo em PDFpt_BR
dc.typeDISSERTAÇÃO DIGITALpt_BR
dc.titleEstudo da influência das condições iniciais em colisões nucleares ultrarrelativísticaspt_BR
dc.title.alternativeStudying the influence of the initial conditions in ultrarelativistic nuclear collisionspt_BR
dc.contributor.authorBorcsik, Fernando Sartoreli, 1993-pt_BR
dc.contributor.advisorChinellato, David Dobrigkeit, 1983-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Instituto de Física Gleb Wataghinpt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Físicapt_BR
dc.subjectColisões entre íons pesadospt_BR
dc.subjectGlauber, Modelo dept_BR
dc.subjectGrande Colisor de Hádrons (França e Suiça)pt_BR
dc.subjectFenomenologia de íons pesadospt_BR
dc.subject.otherlanguageHeavy ion collisionsen
dc.subject.otherlanguageGlauber modelen
dc.subject.otherlanguageLarge Hadron Collider (France and Switzerland)en
dc.subject.otherlanguageHeavy ion phenomenologyen
dc.description.abstractResumo: Neste trabalho foi estudado um modelo fenomenológico que pretende correlacionar as condições iniciais de um espalhamento nuclear com a multiplicidade de partículas produzidas. O modelo interpreta um espalhamento nuclear como uma sobreposição de espalhamentos núcleon-núcleon, usando como input valores reais de multiplicidade pp combinados com resultados de simulações geométricas Glauber Monte Carlo na caracterização das condições iniciais. Considerar simplesmente cada par de núcleons participantes como um sistema pp se mostrou incompatível na comparação da multiplicidade obtida com dados reais. Porém, incluindo-se a contribuição do número de colisões binárias entre núcleons na densidade da colisão, o modelo obteve valores de cidade compatíveis com resultados experimentais. No sistema intermediário p-Pb 5.02 TeV não houve correlação significativa entre os valores obtidos pelo modelo e dados experimentais. Foi investigado também Xe-Xe em 5.44 TeV, um sistema estudado pela colaboração ALICE recentemente. Adicionalmente, é possível mostrar a partir do modelo que não há relação inequívoca entre definir-se centralidade via parâmetro de impacto, uma grandeza puramente geométrica, ou determiná-la via multiplicidade de partículas carregadas, uma grandeza que é de fato experimentalmente acessível. Na mesma energia (5.02 TeV), os intervalos de centralidade onde há equivalência entre suas duas determinações dentro de 5% foram 0-76% em Pb-Pb, 0-72% em Xe-Xe, 2-68% em Cu-Cu, 4-68% em Ca-Ca e 6-60% em O-O, indicando que o tamanho do sistema influencia os critérios a serem usados em sua análisept
dc.description.abstractAbstract: In this work a phenomenological model that intends to correlate the initial conditions of a an ultra-relativistic heavy-ion collision with its particle production multiplicity was studied. The model interprets a nuclear scattering as a superposition of nucleon nucleon scatterings, using real pp multiplicity values as input, combined with Glauber Monte Carlo geometrical simulations results. The simple assumption that each pair of participating nucleons could be considered as a pp system was shown to be incompatible by comparing the multiplicity obtained with the model to real data. Nevertheless, once the influence of the number of binary collisions in the collision density is considered, the model obtained results comparable to real data. There was no expressive correlation between the multiplicity obtained with the model and experimental data in the intermediary system p-Pb 5.02 TeV. Xe-Xe 5.44 TeV, a system recently studied by the ALICE collaboration, was also investigated. Additionally, the model reveals that there is no unambiguous relation between de ning centrality using the impact parameter, a purely geometrical quantity, and determining it using charged particle multiplicity, a quantity that is in fact experimentally accessible. At the same energy (5.02 TeV), the centrality ranges where both determinations are equivalent withing 5% were 0-76% in Pb-Pb, 0-72% in Xe-Xe, 2-68% in Cu-Cu, 4-68% in Ca-Ca and 6-60% in O-O, which indicates that the size of the system may in uence the criteria to be used for analysisen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.citationBORCSIK, Fernando Sartoreli. Estudo da influência das condições iniciais em colisões nucleares ultrarrelativísticas. 2018. 1 recurso online (67 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghin, Campinas, SP.pt_BR
dc.description.degreelevelMestradopt_BR
dc.description.degreedisciplineFísicapt_BR
dc.description.degreenameMestre em Físicapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameLuzum, Matthew Williampt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameSanchez, Flávia Sobreirapt_BR
dc.date.defense2018-08-14T00:00:00Zpt_BR
dc.description.sponsordocumentnumber131958/2016-0pt_BR
dc.date.available2018-11-28T18:36:27Z-
dc.date.accessioned2018-11-28T18:36:27Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-11-28T18:36:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Borcsik_FernandoSartoreli_M.pdf: 7367164 bytes, checksum: bd9466f7e784163474585ac764ddf3cc (MD5) Previous issue date: 2018en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332829-
dc.description.sponsorCNPQpt_BR
Appears in Collections:IFGW - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Borcsik_FernandoSartoreli_M.pdf7.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.