Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332609
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: As instituições de ensino superior e a educação ambiental : ambientalização curricular em licenciaturas da área de ciências da natureza = The institutions of higher education and the enviromental education: curricular ambientalization in licenciation degrees of area of nature science
Title Alternative: The institutions of higher education and the enviromental education : curricular ambientalization in licenciation degrees of area of nature science
Author: Castro, Paulo Bussab Lemos de, 1985-
Advisor: Silva, Fernanda Keila Marinho da, 1975-
Abstract: Resumo: Atualmente, reconhece-se a existência de componentes teóricos e legais fixam a Educação Ambiental (EA) em todas as esferas do ensino visando superar a visão instrumental e pragmática rumo a uma prática crítica, cultural e epistemologicamente implicada. Essas iniciativas são recentes e se contrapõem a pouca inserção da Educação Ambiental no ensino e ao pouco conhecimento do que se faz no ensino quando o assunto é a EA. Nesta tese, pretende-se discutir o segundo ponto, na tentativa de refletir acerca da inserção e do entendimento sobre EA no ensino superior e na formação docente, tomando como referência dados de duas instituições públicas do Estado de São Paulo. São objetivos desta proposta: Analisar documentos de diferentes cursos da área de licenciatura em ciências da natureza em duas universidades presentes no Estado de São Paulo com intuito de identificar como e onde a educação ambiental se insere nas licenciaturas investigadas; entender (e com isso divulgar) e problematizar as concepções e estratégias de diferentes instituições de ensino superior (IES) para se trabalhar a EA; apresentar a percepção d@s coordenador@s, estudantes e docentes acerca do papel da Educação Ambiental nos cursos de licenciaturas; e discutir a potencialidade dos cursos de formação docente, tendo como referência os pressupostos da ambientalização curricular. Para isso, analisou-se ementas e projetos pedagógicos, bem como entrevistas semiestruturadas junto a coordenador@s de cursos de licenciatura, professor@s que lecionam disciplinas em EA e alun@s de cada instituto pesquisado. Os dados foram sistematizados a partir da abordagem qualitativa com olhar para a análise de conteúdo, com um aprofundamento na tese de Bardin ¿ inferências, unidades de registro e contexto. A partir da análise, foi possível observar: (1) a existência de vertentes relativas à inserção das proposições oficiais no material analisado: a) uma primeira que entende essas proposições como uma incumbência legal da qual as licenciaturas devem solucionar para o instituto/faculdade, b) a segunda caracteriza a EA como um apêndice da estratégia formativa da própria licenciatura, c) uma terceira que concebe a EA parte estruturante do currículo, ainda que em diferentes escalas dentro das licenciaturas analisadas; (2) a inclusão da EA nas unidades investigadas ocorrem variavelmente através do ensino, da pesquisa e extensão. Do ponto de vista do ensino, a estratégia hegemônica foi adoção da temática na forma de disciplinas obrigatórias, optativas e livres, já a extensão apresentou-se como principal estratégia à pesquisa, mas também como cenário para o desenvolvimento de algumas disciplinas; (3) verificou-se a existência de uma lacuna entre teoria e prática, sendo o alcance da interdisciplinaridade e da transversalidade o principal desafio à institucionalização curricular da EA; (4) por fim, observou-se diante da autonomia proposta às licenciaturas a partir da promulgação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial em Nível Superior de Profissionais do Magistério para a Educação Básica, uma oportunidade para o estabelecimento de núcleos multidisciplinares/interdisciplinares que envolvam um conjunto de disciplinas que visem promover um abrandamento dessa perspectiva fortemente disciplinarizada presente nas licenciaturas. Foi possível conferir que a EA, enquanto perspectiva da ambientalização curricular, embora relativamente nova, tem avançado a passos largos rumo à abordagem crítica nas licenciaturas analisadas, apesar do fator interdisciplinar e transdisciplinar apresentarem-se como uma imponente barreira à sua plena realização. Considera-se, com base no investigado, que a abordagem disciplinarizada, apesar de não consensual, configura-se como uma notável estratégia de ensino no contexto da formação inicial docente, pois congrega um espaço para discussões metodológicas voltadas aos vários contextos educativos

Abstract: Currently, it is recognized the existence of theoretical and legal components set the Environmental Education (EE) in all spheres of teaching aiming to overcome the instrumental and pragmatic view heading towards a critical, cultural and epistemologically involved practice. These initiatives are recent and are counterpose to the low insertion of Environmental Education in teaching and the lack of knowledge of what is done in teaching when it comes to EE. In this thesis, it is intended to discuss the second point, in an attempt to reflect on the insertion and understanding of EA in higher education and in teacher education, taking as reference the data from two public institutions in the State of São Paulo. The objectives of this proposal are: To analyze documents of different licenciation courses in the area of nature sciences in two universities present in the State of São Paulo with the purpose of identifying how and where the enviromental education are insert in the licenciation couses investigated; understand (and whit this divulgate) and problematize the conceptions and strategies of different higher education institutions (HEI) to work whit in EA; present the perception of the coordinators, students and teachers about the role of Environmental Education in licenciation courses; and to discuss the potential of teacher training courses, based on the assumptions of curricular ambientalization. The data were systematized from the qualitative approach with a look for the content analysis, with a deepening in the Bardin thesis - inferences, record units and context. From the analysis, it was possible to observe: (1) the existence of strands related to the insertion of official propositions in the analyzed material: a) a first one that understands these propositions as a legal incumbency in which the licenciations must solve for the institute/college b) the second characterizes the EE as an appendix of the formative strategy of the licenciation itself, c) a third that conceives the EE as a structuring part of the curriculum, though in different scales within the licenciation courses analyzed; (2) the inclusion of EE in the investigated units occurs variably through teaching, research and extension. From a teaching point of view, the hegemonic strategy was the adoption of the thematic in the form of compulsory, elective and free subjects, already the extension is presented as the main strategy for the research, but also as a scenario for the development of some disciplines; (3) it was verified a gap between theory and practice, being the reach of interdisciplinarity and transversality the main challenge to the curricular institutionalization of EE; (4) Finally, it was observed facing the autonomy proposed to the graduation degrees, from the promulgation of the "Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial em Nível Superior de Profissionais do Magistério" (an specific brazilian curricular guide for initial and continuous formation), an opportunity for the establishment of multidisciplinary / interdisciplinary cores that involve a set of disciplines that aim to promote a relaxation of this highly disciplined perspective present in licenciations degrees. It was possible to verify that the EE, as a perspective of the curricular ambientalization, although relatively new, has been advancing towards the critical approach in the licenciations courses analyzed, although the interdisciplinary and transdisciplinary factor presents itself as an imposing barrier to its full realization. It is considered, based on the researched, that the disciplinary approach, although not consensual, is configured as a remarkable teaching strategy in the context of initial teacher training, because it congregate a space for methodological discussions focused on the various educational contexts
Subject: Educação ambiental
Ensino superior
Educação ambiental - Formação de professores
Ambientalização curricular
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CASTRO, Paulo Bussab Lemos de. As instituições de ensino superior e a educação ambiental: ambientalização curricular em licenciaturas da área de ciências da natureza = The institutions of higher education and the enviromental education: curricular ambientalization in licenciation degrees of area of nature science. 2018. 1 recurso online (274 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghin, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IFGW - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Castro_PauloBussabLemosDe_D.pdf4.94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.