Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332536
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: O ensino do processo de enfermagem em saúde mental : proposta metodológica a partir da psicanálise
Title Alternative: The teaching of the nursing process in mental health : methodological proposal based on psychoanalysis
Author: Garcia, Ana Paula Rigon Francischetti, 1978-
Advisor: Toledo, Vanessa Pellegrino, 1973-
Abstract: Resumo: O presente estudo objetivou-se por desenvolver uma proposta metodológica para o ensino do cuidado de enfermagem na saúde mental partir do processo de enfermagem. Tratou-se de um estudo teórico que utilizou como referencial a psicanálise, a partir dos conceitos de sujeito do inconsciente, transferência, repetição e pulsão e articulou-os a dimensão clínica da enfermagem estabelecido pelo processo de enfermagem na saúde mental, esta dimensão foi caracterizada a partir de uma revisão integrativa da literatura que consolidou os significantes da práxis da enfermagem a articular aos conceitos da psicanálise. A articulação se deu a partir da constituição de uma escrita que respeitou o posicionamento do pesquisador como analisante que por ter se deparado com o furo no saber, constrói uma questão que norteará o contorno deste furo, assim partindo do discurso do analista, em que a verdade não dita totalmente articula o saber que se produz a partir de seu desejo, e pelo trabalho de transferência realizado a partir dos significantes da psicanálise elabora conceitos que permitem circunscrever o real de sua prática. O resultado contou com a delimitação da práxis da psicanálise e da enfermagem, a qual organizou os significantes-conceitos que nortearam a discussão do processo de cuidar em enfermagem na saúde mental: o respeito a individualidade, a relação terapêutica enfermeiro ¿ paciente e o cuidado físico em sua frágil articulação ao psíquico. A partir destes significantes-conceitos uma proposição de cuidado que subverte o processo de enfermagem foi proposto: o cuidado topológico, que respeita a dimensão topológica do sujeito e conta com uma relação delimitada como não-relação que subsidia o deslizamento pela banda de Moebius dos elementos: interrogação-ação, intervenção-interrogação e planejar/não planejado. Estes elementos são dimensionados a partir dos lugares ocupados pelo enfermeiro e paciente a partir do discurso do analista e da histérica respectivamente. O método de ensino proposto, foi desenvolvido a partir da consideração topológica do cuidado, e assim o ensino foi organizado a partir do percurso pessoal do aluno, quando ele ocupa opera seu discurso de aprendizagem em que o dominante é o sujeito do inconsciente que produz um saber sobre o cuidado e pelo percurso impessoal que a partir da construção de caso clínico em psicanálise organiza um lugar para que o aluno possa agora receber o paciente com sujeito dividido e operar o cuidado esvaziado

Abstract: The present study aimed to develop a methodological proposal for the teaching of nursing care in mental health from the nursing process. It was a theoretical study that used as reference the psychoanalysis, from the concepts of subject of the unconscious, transference, repetition and drive and articulated them the clinical dimension of nursing established by the nursing process in mental health, this dimension was characterized from an integrative review of the literature that consolidated the signifiers of the nursing praxis to articulate the concepts of psychoanalysis. The articulation was based on the constitution of a writing that respected the positioning of the researcher as an analyst who having encountered the hole in knowledge, constructs a question that will guide the contour of this hole, thus starting from the discourse of the analyst, in which the truth not totally dictated articulates the knowledge that is produced from its desire, and by the work of transference realized from the signifiers of psychoanalysis elaborates concepts that allow to circumscribe the reality of its practice. The result was the delimitation of the praxis of psychoanalysis and nursing, which organized the signifiers-concepts that guided the discussion of the nursing care process in mental health: respect for individuality, the nurse-patient therapeutic relationship and physical care in its fragile articulation with the psychic. From these significant-concepts a care proposition that subverts the nursing process was proposed: topological care, which respects the topological dimension of the subject and counts on a delimited relationship as non-relation that subsidizes the slip by the Moebius band of the elements : Action-interrogation, intervention-interrogation, and plan / unplanned. These elements are dimensioned from the places occupied by the nurse and patient from the discourse of the analyst and the hysteric respectively. The proposed teaching method was developed from the topological consideration of care, and thus the teaching was organized from the personal course of the student, when he occupies operates his discourse of learning in which the dominant is the subject of the unconscious that produces a to know about the care and the impersonal course that from the construction of clinical case in psychoanalysis organizes a place so that the student can now receive the patient with divided subject and operate the emptied care
Subject: Enfermagem
Saúde mental
Processo de enfermagem
Ensino
Psicanálise
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GARCIA, Ana Paula Rigon Francischetti. O ensino do processo de enfermagem em saúde mental: proposta metodológica a partir da psicanálise. 2017. 1 recurso online (138 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Garcia_AnaPaulaRigonFrancischetti_D.pdf1.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.