Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332433
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: A noção de relação na teoria cognitiva de Durandus de St. Pourçain
Title Alternative: The notion of relation in the cognitive theory of Durand of St.-Pourçain
Author: Silva, Maria Clara Pereira e, 1994-
Advisor: Custódio, Márcio Augusto Damin, 1970-
Abstract: Resumo: Esta dissertação tem por escopo analisar a noção de relação no interior da teoria cognitiva de Durandus de St. Pourçain, no Comentário às Sentenças de Pedro Lombardo I, d. 3, q. 5 e II, d. 3, q. 5. Para Durandus, quando o intelecto opera por meio de um ato cognitivo, nenhuma entidade absoluta é adicionada a ele. A cognição, ou pensamento, é tratada pelo autor como uma entidade relativa e não como algo que o intelecto possui, ou que é adicionado a ele de maneira real. Nessa medida, a cognição é entendida como o modo pelo qual o poder cognitivo se relaciona com outras coisas que não ele mesmo. Ao determinar sua noção de relação, Durandus sustenta um processo cognitivo independente das noções de espécies inteligíveis, universais e intelecto agente. A presente investigação visa apresentar a maneira pela qual Durandus nega os pressupostos necessários para a sustentação de uma teoria cognitiva baseada no processo abstrativo e sustenta sua própria teoria cognitiva por meio da sua noção de relação

Abstract: This thesis aims to analyze the notion of relation inside of the cognitive theory of Durand¿ of St. Pourçain Commentary on the Sentences of Peter Lombard I, d. 3, q. 5 e II, d. 3, q. 5 [A] e [C]. For Durand, when the intellect acts by a cognitive act, no absolute entity is added to it. The cognition, or thought, is treated by the author as a relative entity, not as something that belongs to the intellect, or as something that is really added to it. Therefore, the cognition is understood as the way through which the cognitive power relates with other things different from itself. Determining his notion of relation, Durand sustains a cognitive process independent from the notions of intelligible species, universals and agent intellect. This investigation aims to present the manner in which Durand denies the assumptions needed to sustain a cognitive theory based on the abstract process and sustain his own cognitive theory through his notion of relation
Subject: Abstração
Cognição
Relação (Filosofia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Maria Clara Pereira e. A noção de relação na teoria cognitiva de Durandus de St. Pourçain. 2018. 1 recurso online (136 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_MariaClaraPereiraE_M.pdf1.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.