Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332227
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Abordagens de saúde em livros didáticos de ciências dos anos finais do ensino fundamental : Health education approaches in science textbooks of secondary school
Title Alternative: Health education approaches in science textbooks of secondary school
Author: Barbi, Juliana Silva Pedro, 1982-
Advisor: Megid Neto, Jorge, 1958-
Abstract: Resumo: Considerando a relevância do livro didático como um dos materiais mais presentes nas escolas do país, sabermos quais as abordagens de saúde prevalentes nestes materiais pode contribuir em muito para a discussão sobre Educação em Saúde (ES). No contexto escolar, a saúde se faz presente nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) como tema transversal e como eixo temático da disciplina de Ciências (Ser Humano e Saúde). Estudos acadêmicos apontam para a predominância de abordagens parciais de saúde, sendo a biomédica a mais conhecida delas. Nesse sentido, a presente pesquisa tem como objetivo analisar coleções didáticas de Ciências dos anos finais do Ensino Fundamental aprovadas pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), edição de 2017, buscando avaliar qual a sintonia da abordagem de saúde nessas coleções com respeito aos documentos curriculares oficiais e pesquisas acadêmicas da área de Educação em Saúde e Ensino de Ciências. Como aporte metodológico desenvolvemos uma pesquisa documental com base na análise de conteúdo, em busca de núcleos de sentido que nos remetessem a tema/conteúdos de saúde. Foi elaborado um quadro de descritores de saúde em LD, contendo descritores que remetem à contextualização histórica da saúde, foco das orientações (individual ou coletivo), alguns determinantes de saúde, atividades solicitadas e recursos presentes nos LD. Após a leitura dos volumes do 6º ao 9º ano de seis coleções aprovadas no PNLD 2017, correspondentes a 68,9% das coleções didáticas distribuídas pelo programa, constatamos a predominância da abordagem biomédica de saúde em relação a abordagens ampliadas da saúde como a socioambiental e a socioecológica. Tal fato se fez comprovar através da falta de indícios de problematização explícita de fatores holísticos em relação aos temas/conteúdos de saúde nos livros didáticos. Além disso, consideramos que as informações sobre saúde nas coleções estão mais relacionadas a um modelo de ES tradicional do que a um modelo de ES crítico. Determinantes de saúde-doença que fogem aos fatores biológicos são pouco trabalhados, fato que contraria algumas das orientações curriculares para o tema. Salientamos a carência de diretrizes para a ES em documentos curriculares e para a elaboração de livros didáticos. Entretanto, entendemos que há uma melhora paulatina na qualidade dos livros didáticos e, mesmo que a saúde ainda seja vista, na maioria dos casos, pelo seu caráter biológico, há a presença de elementos problematizadores em todas as coleções analisadas. Sendo assim, acreditamos nas potencialidades destes materiais para a construção da ES numa perspectiva crítica

Abstract: Considering the textbook one of the most present materials in the schools of the country, knowing the health approach contained in these materials can contribute a lot to the discussion about Health Education (HE). Health is currently present in the National Curricular Parameters as a cross-cutting theme and as the thematic axis of the science discipline (human being and health). Studies pointing to the predominance of restricted health approaches, like biomedical¿s model. In this sense, the present study analyze a portion of the didactic collections of science in the final years of elementary school approved by the National Program of Didactic Book (PNLD / 2017) in order to relate the approaches found with the curricular documents that version the health. As a methodological contribution, we used content analysis seeking meaning¿s nuclei of that referred us to the health education. To assist in this process, a framework of health descriptors was elaborated, containing elements that we considered pertinent in our analysis, such as historical contextualization of health, activities, the guideline¿s focus, etc. After reading all the 4 volumes of that collections correspond to 68.9% of the textbooks distributed by PNLD 2017, we note the predominance of the biomedical health approach in relation to expanded health approaches such as socio-environmental and socio-ecological. This fact was evidenced by the lack of evidence of explicit problematization of holistic factors in textbooks. In addition, we consider that health information from collections is more related to a traditional¿s Health Education than to a critical reflex HE model. Determinants of health-disease that flee to the biological factors not little worked. This fact contradicts some of the curricular guidelines for the subject. We emphasize the lack of guidelines for HE. However, we understand that there is a gradual improvement in the quality of LD and even if, in general, health is still seen, in most cases, by its biological determinants there is the presence of problematizing elements in all the analyzed collections. Therefore, we consider the potential of these materials for the construction of ES in the Critical perspective
Subject: Educação em saúde
Ensino de ciências
Livros didáticos
Ensino fundamental
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BARBI, Juliana Silva Pedro. Abordagens de saúde em livros didáticos de ciências dos anos finais do ensino fundamental: Health education approaches in science textbooks of secondary school. 2018. 1 recurso online (96 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghin, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:IFGW - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbi_JulianaSilvaPedro_M.pdf3.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.