Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/332083
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Desenvolvimento de micropartículas contendo óleo de sacha inchi ("Plukenetia volubilis L.") através de gelificação iônica
Title Alternative: Development of microparticles containing sacha inchi oil ("Plukenetia volubilis L.") by ionic gelation
Author: Silva, Klycia Fidélis Cerqueira e, 1992-
Advisor: Hubinger, Miriam Dupas, 1957-
Abstract: Resumo: O óleo de sacha inchi (Plukenetia volubilis L.), nativo da Amazônia peruana, é caracterizado predominantemente por elevados níveis de ácidos graxos poliinsaturados (PUFAs). Em virtude desta alta concentração de PUFAs, este óleo apresenta instabilidade à temperatura ambiente, o que dificulta e limita a sua utilização devido a sua maior predisposição à oxidação lipídica quando exposto a condições adversas. O presente trabalho teve como o objetivo desenvolver micropartículas de alginato contendo óleo de sacha inchi através da técnica de gelificação iônica combinada ao processo de interação eletrostática com quitosana. Este processo de encapsulação foi utilizado visando a proteção deste óleo, bem como ampliar a sua aplicação industrial. Para isso estudou-se a formação das emulsões com e sem adição de surfactante não iônicos (Tween 20 e 80) com 45, 60, e 75% de óleo de sacha inchi (OSI) em relação a sólidos totais. As emulsões foram caracterizadas em relação à estabilidade, diâmetro médio e distribuição de gotas, microscopia óptica, comportamento reológico, densidade de carga superficial e a tensiômetria interfacial. Diante dos resultados de caracterização das emulsões, as formulações constituídas de Tween 20 a 1% foram selecionadas para a produção de micropartículas. As micropartículas contendo 45, 60 e 75% de OSI, em relação a sólidos totais, obtidas por extrusão foram caracterizadas em relação à eficiência de encapsulação, teor de umidade, atividade de água, diâmetro médio e distribuição das partículas, estrutura morfológica e estabilidade oxidativa. As partículas úmidas apresentaram valores superiores a 80% e 0,99 para o conteúdo de umidade e atividade de água, respectivamente. As micropartículas exibiram distribuição monomodal com diâmetros variando entre 355 a 454 µm, sendo os menores diâmetros observados para as formulações que foram recobertas com quitosana. As micropartículas úmidas exibiram eficiência de encapsulação superior a 99%, bem como melhoria na estabilidade oxidativa com valores de índice de peróxido inferiores aos encontrados no óleo de sacha inchi livre

Abstract: The sacha inchi oil (Plukenetia volubilis L.), native to the Peruvian Amazon, is predominantly characterized by high levels of polyunsaturated fatty acids (PUFAs). As a result of this high concentration of PUFAs, this oil presents instability at room temperature, which hampers and limits its use due to its greater predisposition to lipid oxidation when exposed to adverse conditions. The present work had the objective of developing alginate microparticles containing sacha inchi oil (SIO) through the ionic gelation technique combined with the electrostatic interaction process with chitosan. This process of encapsulation was used to protect this oil, as well as to extend its industrial application. For this, the formulations of the emulsions were studied with and without addition of nonionic surfactant (Tween 20 and 80) with 45, 60, and 75% SIO in relation to total solids. Emulsions were characterized in relation to stability, droplet size distribution, optical microscopy, rheological behavior, ?-Potential measurements and interfacial tension. Considering the results of characterization of the emulsions, the formulations consisting of 1% Tween 20 were selected for the production of microparticles. The microparticles containing 45, 60 and 75% SIO in relation to total solids obtained by extrusion were characterized in relation to encapsulation efficiency, moisture content, water activity, particle mean diameter, microstructure and lipid oxidation. The wet particles presented values higher than 80% and 0.99 for the moisture content and water activity, respectively. The microparticles showed monomodal distribution with diameters particle that ranging from 355 to 454 µm, being the smallest diameters observed for the formulations that were coated with chitosan. The wet microparticles exhibited encapsulation efficiency greater than 99% as well as improved oxidative stability with lower peroxide values than those found in free inchi oil
Subject: Plukenetia volubilis
Ácidos graxos insaturados
Gelificação ionotrópica
Alginato de sódio
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Klycia Fidélis Cerqueira e. Desenvolvimento de micropartículas contendo óleo de sacha inchi ("Plukenetia volubilis L.") através de gelificação iônica. 2018. 1 recurso online (88 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Campinas, SP.
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_KlyciaFidelisCerqueiraE_M.pdf3.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.