Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331730
Type: TESE DIGITAL
Title: Naproxeno encapsulado em carreadores lipídicos nanoestruturados para administração parenteral = do preparo aos testes farmacológicos = Naproxen encapsulated in nanostructureted lipid carries for parenteral administration : from preparation to pharmacological tests
Title Alternative: Naproxen encapsulated in nanostructureted lipid carries for parenteral administration : from preparation to pharmacological tests
Author: Guilherme Damasio, Viviane Aparecida, 1983-
Advisor: Paula, Eneida de, 1963-
Abstract: Resumo: O presente trabalho descreve o desenvolvimento de uma formulação capaz de prolongar a ação do anti-inflamatório não esteroidal naproxeno (NPX) em modelo animal. O desenvolvimento das formulações de carreadores lipídicos nanoestruturados (CLN) foi feito com base em um estudo fatorial 24 que teve como fatores, a proporção entre lipídios sólidos (palmitato de cetila) e líquidos (triglicerídeos de ácido cáprico/caprílico), o tensoativo (Pluronic F-68) e a concentração de NPX. As respostas da análise fatorial foram: tamanho, polidispersidade (PDI) e potencial Zeta das nanopartículas. As formulações que apresentaram menor tamanho e PDI foram selecionadas para os demais estudos físico-químicos e de estabilidade, nos quais as formulações apresentaram-se estáveis por 12 meses. A caracterização do material foi realizada através de ensaios de calorimetria diferencial de varredura (DSC), de espectroscopia no infra-vermelho com reflectância total atenuada (FTIR-ATR) e microscopia eletrônica de transmissão (MET). A quantificação da porcentagem de encapsulação (%EE) mostrou que mais de 99% do fármaco foi encapsulado na matriz lipídica, ensaios de cinética de liberação in vivo mostraram perfil de liberação sustentada do NPX encapsulado nas CLN. Estudos de viabilidade celular, com uso de fibroblastos (3T3) de camundongos Balb-c expostos por 72 horas, revelaram toxicidade menor do NPX encapsulado, em comparação ao fármaco livre. A formulação contendo razão de 70% entre lipídios sólidos e líquidos, 2% de Pluronic F68 e 3% de naproxeno foi selecionada para os testes farmacológicos, com animais. A efetividade da formulação foi avaliada em modelo de inflamação da articulação temporomandibular (ATM) induzida por carragenina. A formulação mostrou efeito anti-inflamatório por mais de uma semana, evidenciados pelo baixo nº de leucócitos e baixos níveis das citocinas pró-inflamatórias TNF-alfa e IL-1beta da ATM. A partir dos resultados obtidos, concluiu-se que a formulação desenvolvida apresentou alta eficiência de encapsulação para naproxeno, diminuiu sua toxicidade, induziu efeito anti-inflamatório por mais de uma semana e apresentou estabilidade por até 12 meses de armazenamento

Abstract: The present work presents the development of a formulation capable to prolong the action of the non-steroidal anti-inflammatory drug naproxen (NPX) in an animal model. The development of nanostructured lipid carrier (CLN) formulations was based on a 24 factorial design, which variables were: the ratio between solid (cetyl palmitate) and liquid (caprylic / caprylic acid triglycerides) lipids, surfactant (Pluronic F-68) and NPX concentrations. The analyzed responses were: size, polydispersity (PDI) and Zeta potential of the nanoparticles. The formulations that presented smaller size and PDI were selected for futher physical-chemical and stability studies, in which the formulations were found stable for 12 months. The characterization of the material was carried out by differential scanning calorimetry (DSC), infra-red spectroscopy with attenuated total reflectance (FTIR-ATR) and transmission electron microscopy (TEM). Encapsulation efficiency (% EE) measurements showed that more than 99% of NPX got encapsulated in the lipid matrix; In vitro release kinetics experiments revealed a sustained release profile for encapsulated NPX. Cell viability studies using Balb-c mice fibroblasts (3T3) treated for 72-hour showed lower toxicity for encapsulated NPX in comparison to the free drug. The formulation containing 70% solid:liquid lipid ratio, 2% Pluronic F68 and 3% naproxen was selected for animal testing. Pharmacological tests performed temporomandibular joint (TMJ) inflammatory model induced by carrageenan showed the significant anti-inflammatory effect of encapsulated NPX, for more than a week, after evaluation of the number of leukocytes and levels of the proinflammatory cytokines TNF-alpha and IL -1beta. From the results it was concluded that the formulation developed showed high efficiency of encapsulation for naproxen, decreased its intrinsic toxicity, and elicited an anti-inflammatory effect for more than a week, being stable for up to 12 months of storage
Subject: Naproxeno
Carreadores lipídicos nanoestruturados
Liberação controlada de fármacos
Sobrevivência celular
Inflamação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GUILHERME DAMASIO, Viviane Aparecida. Naproxeno encapsulado em carreadores lipídicos nanoestruturados para administração parenteral: do preparo aos testes farmacológicos = Naproxen encapsulated in nanostructureted lipid carries for parenteral administration : from preparation to pharmacological tests. 2017. 1 recurso online ( 106 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/331730>. Acesso em: 3 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Damasio_VivianeAparecidaGuilherme_D.pdf4.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.