Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322693
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Expansão urbana e a ocupação de áreas contaminadas : o caso do bairro Mansões Santo Antônio em Campinas, São Paulo
Title Alternative: Urban expansion and the occupation of contaminated areas : the case of Mansões Santo Antonio neighborhood in Campinas, São Paulo
Author: Bonatti, Thiago Fernando, 1986-
Advisor: Carmo, Roberto Luiz do, 1966-
Abstract: Resumo: O presente trabalho busca compreender, sob a ótica dos estudos sobre População e Ambiente, como o processo de expansão urbana e industrial influenciou, no contexto intraurbano, a ocupação, ampliação e a reutilização dos espaços, que em determinado momento foram destinados à atividade industrial, e passaram a receber empreendimentos residenciais, expondo a população residente a potenciais riscos de contaminação, decorrentes das atividades ali anteriormente desenvolvidas. Buscou-se identificar quais são e como atuam os elementos que compõem essa dinâmica de uso e ocupação dos espaços, fazendo com que diferentes camadas sociais ocupem áreas ambientalmente degradadas. A partir da análise bibliográfica sobre os processos de urbanização e industrialização, e da relação destes elementos com os estudos sobre população e ambiente, buscou-se, através do estudo de caso sobre a contaminação presente no bairro Mansões Santo Antônio, no Município de Campinas, São Paulo, especificamente sobre a área onde ficava a sede da empresa Proquima Produtos Químicos LTDA, e que hoje compreende o Residencial Parque Primavera, observar quais fatores levaram à ocupação e reutilização deste local, e como os problemas decorrentes da contaminação identificada repercutiram junto às diversas instâncias administrativas e gestoras, à população afetada e à opinião pública, e quais medidas vêm sendo tomadas em relação aos danos causados à população e ao ambiente. Verificou-se, dessa maneira, que a ação articulada entre capitais, poder público e demandas populacionais, viabilizada pela fragilidade da legislação inerente aos processos de ocupação dos espaços urbanos, potencializa a ocupação de áreas contaminadas, que têm seu histórico de ocupação ignorados e ganham visibilidade de acordo com sua localização e importância, frente à dinâmica disseminada pelo processo de expansão urbana e industrial. Decorre desse processo, que não apenas as classes desfavorecidas acabem por ocupar áreas expostas aos danos ambientais, mas também camadas médias da população, como o caso presente no bairro Mansões Santo Antônio, que tornou-se uma área pretendida pelo capital imobiliário, em função da viabilidade de sua localização e integração à expansão urbana, mas que teve seu histórico de ocupação e danos ambientais desconsiderados

Abstract: The present work seeks to understand, from the perspective of the studies on Population and Environment, how the process of urban and industrial expansion influenced, in the intra-urban context, the occupation, expansion and reuse of spaces, which at one time were destined to industrial activity, And started to receive residential projects, exposing the resident population to potential contamination risks, resulting from activities previously developed there. The aim was to identify which are and how the elements that compose this dynamic of use and occupation of the spaces act, making different social layers occupy environmentally degraded areas. Based on a bibliographical analysis of the processes of urbanization and industrialization, and the relationship between these elements and the studies on population and environment, a case study was carried out on the contamination present in the Mansões Santo Antônio neighborhood in the city of Campinas, São Paulo, specifically on the area where Proquima Produtos Químicos Ltda was located, and which today comprises the Residencial Parque Primavera, to observe what factors led to the occupation and reuse of this place, and how the problems resulting from the contamination identified reverberated to the various administrative and management bodies, the affected population and public opinion, and what measures have been taken in relation to damage to the population and the environment. It was verified that the articulated action between capitals, public power and population demands, made possible by the fragility of the legislation inherent to the processes of occupation of urban spaces, potentiates the occupation of contaminated areas, which have their history of occupation ignored and gain visibility according to its location and importance, in front of the dynamics disseminated by the process of urban and industrial expansion. The result of this process is that not only the disadvantaged classes end up occupying areas exposed to environmental damage, but also the middle classes of the population, as is the case of the neighborhood Mansões Santo Antônio, characterized by being an area intended by real estate capital, which had disregarded their history of occupation and environmental damages present, due to the feasibility of their location
Subject: Urbanização - Campinas (SP)
Contaminação
População
Espaço
Bairros - Campinas (SP) - História
Mansões Santo Antônio - Campinas (SP) - História
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bonatti_ThiagoFernando_M.pdf13.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.