Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/322017
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Uma experiência de assessoria pedagógica em contexto editorial : letramento do professor para o local de trabalho
Title Alternative: An experience of educational consulting in editorial context : teacher's literacy in workplace
Author: Vianna, Carolina Assis Dias, 1984-
Advisor: Kleiman, Angela, 1945-
Abstract: Resumo: O presente trabalho de pesquisa tem como principal objetivo descrever uma experiência de assessoria pedagógica em contexto editorial, e visa identificar quais características dessa atividade podem dar subsídios para se (re)pensarem questões sobre a formação continuada de professores. Para tanto, adoto a perspectiva teórica sociocultural dos Estudos de Letramento (cf. HEATH, 1982; STREET, 1984; KLEIMAN, 1995) e a concepção dialógica de linguagem do Círculo de Bakhtin. Em termos metodológicos, realizo um estudo de caso de caráter qualitativo-interpretativista, narrando em primeira pessoa a experiência vivida descrita na tese, o que confere ao texto também um cunho autobiográfico. Os registros que deram origem aos dados analisados foram gerados no contexto de minha atuação como assessora pedagógica em uma grande editora do País, e consistem, entre outros, em relatórios, mensagens de email, questionário, fichas de avaliação, gravações em áudio. Um breve levantamento bibliográfico mostrou que há poucas e esparsas pesquisas acadêmicas investigando o contexto da assessoria pedagógica, menos ainda no cenário de editora, daí ter me dedicado a descrever mais detalhadamente o campo e suas características, a fim de produzir um texto do estado da arte. As análises dos dados de minha atuação como assessora pedagógica durante o período pesquisado (2010 ¿ 2014) mostram que, justamente devido à pouca divulgação do serviço de assessoria pedagógica de editora, professores e coordenadores constroem representações sociais (JODELET, 2001; MOSCOVICI, 2001, 2015) divergentes sobre as funções de um assessor pedagógico de editora. Tais representações, por sua vez, influenciam diretamente nos tipos de eventos de assessoria a serem realizados nas escolas e em órgãos públicos, bem como interferem nos posicionamentos (LANGENHOVE E HARRÉ, 1999) e na construção e preservação das faces (GOFFMAN, 1980, 2002) da assessora e dos demais participantes nas interações realizadas nesses eventos. Em relação ao meu discurso como assessora, foi possível perceber que se trata de um discurso próximo dos padrões do discurso de divulgação científica (LOFFLER-LAURIAN, 1983, 1984; AUTHIER-REVUZ, 1998, 1999; GRILLO, 2006, entre outros), tendo em vista as estratégias utilizadas para transformar o discurso acadêmico e torná-lo mais adequado às demandas do letramento do professor para o seu local de trabalho (KLEIMAN, 2001; SANTOS E ORGE, 2010). As análises propostas levam-me a considerar que seja útil pensar na ideia de se promover uma postura culturalmente sensível (ERICKSON, 1982; BORTONI, 2004) e uma abordagem intercultural (MAHER, 2007) também nos cursos de formação continuada de professores de língua materna. Assim, tal formação pode se mostrar mais profícua e contribuir de fato para que formadores constituam-se em agentes de letramento (KLEIMAN, 2009), isto é, profissionais que mobilizam os recursos necessários para atuar na formação docente de forma compreender a visão dos professores, a fim de atendê-los em suas necessidades específicas. Isso porque, para realizar um trabalho bem sucedido em sala de aula, não é necessário que um professor domine práticas essencialmente acadêmicas, ou o letramento acadêmico, mas sim que seja capaz de mobilizar alguns conceitos em favor de sua prática pedagógica; em outras palavras, um letramento para o seu local de trabalho

Abstract: The present research aims to describe my experience as educational consultant in an editorial context, specifically identifying which characteristics of this activity can help (re)think issues that affect continuing teacher education efforts. To that end, I adopt the sociocultural theoretical perspective of New Literacy Studies (HEATH, 1982; STREET, 1984; KLEIMAN, 1995) and the dialogical conception of language of Bakhtin¿s Circle. From a methodological perspective, I make a qualitative-interpretative case study, where I narrate, from firsthand knowledge, the personal experience described in this thesis, thus giving the text an autobiographical and testimonial character. The data were generated in the context of my role as an educational consultant of a large publishing house in Brazil, and consist of, among other instruments, reports, e-mail messages, questionnaire, evaluation sheets and audio recordings. A bibliographical survey showed that there is little and sparse academic research investigating the context of educational consulting, still less in the publishing scene, hence my emphasis in describing in more detail the field and its characteristics, in order to produce a document that works as a state of the art text in the area of continuing, or in-service teacher education. My analysis of my actual experiences as pedagogic consultant during the period researched (2010 ¿ 2014) shows that because of the recent origin of educational consultant services offered by editing houses that publish school texts, and the consequent lack of public dissemination of these services, school teachers, coordinators and principals build diverse social representations (JODELET, 2001; MOSCOVICI, 2001, 2015) about educational consultant functions in the school that directly influence the types of advisory events to be carried out in those schools. These social representations also interfere in the positioning (LANGENHOVE and HARRÉ, 1999) and face (GOFFMAN, 1980, 2002) of all participants in the interactions that emerge in the consulting events. In relation to my discourse as an educational consultant, I argue that it is closely related to scientific dissemination discourse (LOFFLER-LAURIAN, 1983, AUTHIER-REVUZ, 1998, 1999, GRILLO, 2006, among others), characterized by the use of strategies that transform academic discourse in order to make it more suited to the demands of teacher's literacy needs in their workplace (KLEIMAN, 2001; SANTOS AND ORGE, 2010). The search for facilitated discourse is sustained, in my view, by the idea of promoting a culturally relevant pedagogy (ERICKSON, 1982; BORTONI, 2004) and an intercultural approach (MAHER, 2007) in formative events, in much the same way as that suggested for teachers in school literacy events. Such continuing education programs may, in fact, help teachers, academic tutors, and consultants to become literacy agents (KLEIMAN, 2009): that is, professionals who mobilize the necessary resources in teacher continuing education literacy events in order to understand the teachers' perspective. This is because, in order to perform successfully in the classroom, it is not necessary for a teacher to master academic practices or academic literacy, but rather to be able to mobilize concepts relevant for his pedagogical practice; that is, for workplace literacy
Subject: Sistemas de ensino - Brasil
Editores e edição - Brasil
Publicações educacionais
Professores - Formação - Brasil
Professores - Educação (Educação permanente) - Brasil
Letramento - Estudo e ensino (Educação permanente) - Brasil
Editor: [s.n.]
Citation: VIANNA, Carolina Assis Dias. Uma experiência de assessoria pedagógica em contexto editorial: letramento do professor para o local de trabalho. 2017. 1 recurso online (254 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/322017>. Acesso em: 1 set. 2018.
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vianna_CarolinaAssisDias_D.pdf7.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.