Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321636
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Ser mulher, sentir a violência, enunciar os sentimentos : um olhar discursivo sobre a humilhação na condição de violência conjugal
Title Alternative: Being a woman, feeling the violence, enunciating sentiments : a discoursive view on humilhation as marital violence
Author: Peron, Ana Paula, 1980-
Advisor: Zoppi-Fontana, Mónica, 1961-
Abstract: Resumo: Sob a perspectiva teórica da Análise de Discurso de vertente materialista, a proposta desta pesquisa é realizar um gesto de leitura sobre a enunciação dos sentimentos no discurso da violência conjugal. Para tanto, o material de análise é constituído de relatos orais de mulheres que sofre(ra)m violência conjugal e busca(ra)m atendimento em um Núcleo de Defesa e Convivência da Mulher, situado em um bairro de periferia na cidade de São Paulo. Ao debruçar-me sobre esses relatos, o que busco é observar, em sua materialidade, como os sentimentos são discursivizados na enunciação ¿ dita e mostrada ¿ de uma condição de violência na conjugalidade. O foco dessa pesquisa é, assim, ver como os sentimentos se formulam, no discurso, enquanto parte constitutiva de uma posição-sujeito. Para trilhar um caminho que me possibilite compreender discursivamente o sentimento e as mulheres na condição de violência, esta reflexão passa, primeiramente, pelos relatos e sua enunciação e também pelos discursos sobre violência contra a mulher e a instituição de defesa da mulher. Em seguida, faço um percurso pelos trajetos imaginários e os sentidos estabilizados da posição-sujeito que nomeei de "mulher em condição de violência conjugal", porque é em virtude desses sentidos e dessas imagens recortadas por essa posição que os sentimentos são enunciados nos relatos, caracterizando-se como elementos constitutivos do sujeito mulher naquela posição. Por fim, volto o meu olhar sobre o processo de subjetivação da mulher pelos sentimentos, naquela posição-sujeito, e trabalho com a discursivização dos sentimentos por meio da enunciação que se materializa, pela voz, nas palavras e nos silêncios existentes nas formulações. Enfatizo, com particular relevância e como objeto analítico, o sentimento da humilhação, que, por determinações sócio-históricas, eclode nessa posição-sujeito e toca a constituição da mulher no que se refere àquelas identificações imaginárias recortadas pela referida posição

Abstract: From the theoretical perspective of the Discourse Analysis under the materialistic strand, the purpose of this research is to perform a reading gesture on the enunciation of the feelings in the discourse of domestic violence. For this purpose, the material under analysis consists of oral reports of women who suffer or had suffered marital violence and seek(ed) care and support in a Conviviality and Defense Center of Women, located on the outskirts of São Paulo. While analyzing the reports, I concentrated in observing how feelings, in their materiality arise through enunciation ¿ said and shown ¿ of a marital violence condition. The focus of this research is thus to understand how feelings are formulated into discourse, as a constituent part of a subject position. In order to understand discursively the feeling and the women in a violence condition, firstly, this reflection goes through the reports and their enunciation and goes through discourses about violence against women and the women defense establishment. After that, I reflect about the imaginary routes and the stabilized senses from the subject position which I nominated "women in domestic violence condition", because it is due to these senses and these cutout images for this position that feelings are set out in the reports, characterizing themselves as constituent elements of the subject woman in that position. Finally, I cast my eye back over the women subjectivation process by feelings on that subject position, and I work with discursivization of feelings through the enunciation which materializes, through the voice, in words and in the existing silences in formulations. I emphasize, with particular relevance and as an analytical object, the feeling of humiliation, which in socio-historical determinations, breaks out in that subject position, and touches the constitution of women in relation to those imaginary identifications cut by that position
Subject: Análise do discurso
Sujeito (Analise do discurso)
Violência contra a mulher
Violência conjugal - São Paulo (SP)
Enunciação (Linguística)
Humilhação
Editor: [s.n.]
Citation: PERON, Ana Paula. Ser mulher, sentir a violência, enunciar os sentimentos: um olhar discursivo sobre a humilhação na condição de violência conjugal. 2016. 1 recurso online (140 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/321636>. Acesso em: 31 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Peron_AnaPaula_D.pdf1.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.