Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/321271
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Uma reflexão colaborativa sobre representações sociais da educação ambiental = A collaborative reflection about environmental education social representations
Title Alternative: A collaborative reflection about environmental education social representations
Author: Luz, Wagner Coelho da, 1983-
Advisor: Tonso, Sandro, 1961-
Abstract: Resumo: A educação ambiental pode ser entendida como um campo social que congrega diversos atores e instituições. Como um campo social, é marcada por uma diversidade de concepções e perspectivas que buscam uma legitimidade de seus discursos em meio aos demais. A educação ambiental atrai professores e coordenadores pedagógicos que veem sentido na discussão ambiental como meio para enriquecer as atividades escolares com práticas alternativas às realizadas tradicionalmente nas aulas em sala. A escola, por sua vez, é uma instituição constituída historicamente e está inserida em uma sociedade que espera que a instituição escolar cumpra certas funções. Os professores são os responsáveis por levar adiante as atividades de educação ambiental, em contato direto com os demais atores e, principalmente, com os alunos. Há um conjunto de imagens e representações sobre a educação ambiental que chegam aos professores e formam suas noções sobre o que é, como deve ser feita, a que fins se orienta, etc. As representações sociais que os professores constroem e reconstroem compõem suas referências para a ação na realidade. Assim, serão objetivadas no mundo por meio das mais variadas formas e meios pedagógicos que estão em torno da interface entre a educação ambiental e a escola. Deste modo, quais as representações sociais dos docentes sobre a educação ambiental? Para responder a esse questionamento, realizamos um trabalho com o objetivo de reconhecer e discutir as representações sociais da educação ambiental entre um grupo de professores de uma escola estadual. Em um primeiro momento há a apresentação das correntes que se formam internamente ao campo da educação ambiental, distinguindo-as. Em seguida apresentamos algumas pesquisas de estado da arte em educação ambiental de modo a visualizar algumas discussões presentes em aspectos ligados ao conceito de educação ambiental crítica, aos projetos de educação ambiental nas escolas e o trabalho com a dimensão dos valores na formação de professores em assuntos relacionados ao campo ambiental, segundo pesquisas do campo A Teoria das Representações Sociais de Serge Moscovici vem compor uma reflexão sobre como o conjunto de imagens, hábitos recordações, categorias sociais e lugares comuns herdados por nós se juntam para fazer a realidade tal qual nós a percebemos. Abordamos as representações sociais entendendo sua natureza, as finalidades e seus componentes. Partindo da perspectiva que os professores são os atores centrais da ação educativa, apoiamos a abordagem metodológica desta investigação na pesquisa colaborativa de Serge Desgagné e constituímos um grupo de oito professores de uma mesma escola que produziu reflexões em encontros colaborativos e por meio de entrevistas individuais. As informações coletadas foram analisadas mediante uma interpretação do material transcrito das entrevistas em sua totalidade e na transcrição de trechos em que houve debates e reflexões nos encontros colaborativos. Os enunciados foram organizados em categorias criadas a partir do conteúdo analisado. Por fim, os enunciados foram discutidos à luz dos elementos sobre a educação ambiental. As conclusões apontam para uma visão naturalista da educação ambiental voltada para a apresentação de resultados e o preparo dos alunos para sua inserção no mercado de trabalho. Podemos entender que as representações deste grupo de professores se aproxima da definição de uma educação ambiental pragmática

Abstract: Environmental education can be understood as a social field that brings together various actors and institutions. As a social field, it is marked by a diversity of views and perspectives that seek legitimacy of his speeches among others. Environmental education attracts teachers and coordinators who see sense in environmental discussion as a means to enrich school activities with practical alternatives to traditionally held in classroom lessons. The school, in turn, is a historically constituted institution and is inserted in a society that expects the school institution fulfills certain functions. Teachers are responsible for carrying forward the environmental education activities, in direct contact with the other actors, and especially with students. There is a set of images and representations of environmental education that reach teachers and form their notions about what it is, how it should be done, to what purpose is oriented, etc. Social representations that teachers construct and reconstruct make up their references to action in reality. So, they are objectified in the world through various forms and educational resources that are around the interface between environmental education and school. Thus, what the social representations of teachers on environmental education? To answer this question, we conducted a study with the aim to recognize and discuss the social representations of environmental education among a group of teachers from a state school. At first there is the presentation of the currents that form inside the field of environmental education, distinguishing them. Following are some state of the art research in environmental education in order to view some present discussions on aspects related to the concept of critical environmental education, environmental education projects in schools and working with the scale of values ??in teacher training in subjects related to the environmental field, the second field of research Theory of social Representations of Serge Moscovici has composed a reflection on how the set of images, habits, memories, social categories and common inherited places we come together to make the reality as we perceive it . We address the social representations understanding their nature, purposes and its components. From the perspective that teachers are the key players in educational activities, we support the methodological approach of this research in collaborative research Serge Desgagné and constitute a group of eight teachers from the same school that produced reflections on collaborative meetings and through individual interviews. The data were analyzed by an interpretation of the material transcribed the interviews in their entirety and transcript excerpts in which there was debate and reflection in collaborative meetings. The statements were organized into categories created from the analyzed content. Finally, the statements were discussed in the light of the elements of environmental education. The findings point to a naturalistic view of environmental education geared to the presentation of results and preparation of students for their insertion in the labor market. We can understand that the representations of tis group of teachers approaches the definition of a pragmatic environmental education
Subject: Educação ambiental
Processo colaborativo
Representações sociais
Concepções
Escolas
Editor: [s.n.]
Citation: LUZ, Wagner Coelho da. Uma reflexão colaborativa sobre representações sociais da educação ambiental = A collaborative reflection about environmental education social representations. 2016. 1 recurso online (105 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Física Gleb Wataghin, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/321271>. Acesso em: 31 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IFGW - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Luz_WagnerCoelhoda_M.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.