Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/320949
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: The role of South-South cooperation in engendering global trade union solidarity = a case of Ghana = O papel da cooperação Sul-Sul na construção da solidariedade sindical global: o caso de Gana
Title Alternative: O papel da cooperação Sul-Sul na construção da solidariedade sindical global : o caso de Gana
Author: Doe, John, 1986-
Advisor: Dias, Hugo Miguel Oliveira Rodrigues, 1978-
Abstract: Resumo: Os movimentos sindicais e de trabalhadores têm se envolvido, em algum momento no tempo, na governação dos seus países. Eles podem estar em alianças políticas com os governos no poder e em conformidade com os seus interesses políticos. Por outro lado, eles podem ser meros participantes no discurso sobre políticas públicas. Em termos globais, o grau de influência dos sindicatos está de alguma forma relacionado com a influência dos seus Estados dentro do sistema global. A Globalização tem duas faces; uma para o bem e outra para a transmissão dos efeitos adversos do capitalismo neoliberal, manifestada na afronta global sobre os direitos do trabalho. A natureza global deste desafio requer uma resposta igualmente global. Para este fim, é imperativo o desenvolvimento da cooperação entre trabalhadores com vista a forjar a Solidariedade Sindical Global que transcenda as fronteiras políticas de um Estado. Além disso, existem poucas oportunidades, no plano internacional, para os trabalhadores influenciarem coletivamente a tomada de decisão no seio das organizações internacionais e de integração regional. Por conseguinte, o estudo explorou a Cooperação Sul-Sul (SSC) e a Solidariedade Sindical Global. Elaborou ainda um estudo de caso sobre o Congresso de Sindicatos de Gana (TUC), tendo investigado os caminhos da SSC entre sindicatos no contexto de África. A pesquisa foi conduzida utilizando o referencial teórico da "Teoria do Sistema-Mundo" que examina as questões globais dentro de uma construção relacional de centro/semi-periferia/periferia e que fornece uma compreensão das disparidades existentes dentro dos arranjos de governação global. O estudo descobriu que a cooperação entre sindicatos de diferentes nacionalidades é possível apesar da natureza anárquica e centrada no Estado-Nação do sistema internacional. A cooperação constitui a base para a solidariedade, e para que a solidariedade seja desenvolvida, é necessária a "redução da inveja", a construção de confiança e mecanismos institucionalizados que sustentem essas relações. Foi ainda identificado que o TUC se encontra envolvido em diversos níveis de Cooperação Sindical Sul-Sul que inclui a cooperação trilateral com o Congresso dos Sindicatos Sul-africanos (COSATU) e com o Congresso Nigeriano do Trabalho (NLC). Constatou-se que, no contexto africano, os mecanismos de SSC entre sindicatos são frequentemente fracos. O estudo recomenda, portanto, que estes sejam fortalecidos e institucionalizados a nível (sub) regional e nas organizações de integração regional de forma a conferir aos trabalhadores maior influência nos mecanismos de tomada de decisão do continente. Tais esforços poderão fornecer meios institucionalizados para a expressão da solidariedade em direção a uma gestão descentralizada dos enormes desafios com que se confrontam os trabalhadores numa escala global

Abstract: Labour Movements have been involved at one point in time or the other in the governance of their countries. They may be in political alliances with ruling governments and conform to its political interests. On the other hand, they may be mere participants in public policy discourse. Globally, the degree of influence of Trade Unions is somehow related to the influence of their states within the global system. Globalisation has two faces; one for good and the other for the transmission of the adverse effects of neo-liberal capitalism, manifested in the global affront on working rights. The global nature of this challenge calls for an equally global response. To this end, the development of cooperation among workers for purposes of Global Trade Union Solidarity that transcends the political boundaries of a state is imperative. Also, at the international stage, little opportunity is offered workers to collectively influence decision making within international organisations and regional integration communities. The study therefore explored South-South Cooperation (SSC) and Global Trade Union Solidarity. It further made a case study of the Trades Union Congress (TUC) of Ghana, and then investigated avenues of SSC among Trade Unions within the context of Africa. The research was conducted within the theoretical framework of the `World-Systems¿ analysis which examines global issues within a relational construction of core-semi-peripheral areas and provides an understanding of the disparities that exists within global governance arrangements. The study found out that cooperation is possible among Trade Unions of different nationalities despite the state-centric and anarchic nature of the international system. Cooperation forms the basis for solidarity, and for solidarity to be developed, there is the need for `envy-reduction¿, confidence building and institutionalised mechanisms to sustain relations. It was identified that the TUC of Ghana is engaged in some levels of South-South Trade Union Cooperation, which includes a trilateral with the Congress of South African Trade Unions (COSATU) and the Nigeria Labour Congress (NLC). Within the context of Africa, it was identified that the mechanisms for SSC among Trade Unions are often weak. The study therefore recommends that these mechanisms should be strengthened and institutionalised at (sub) regional levels and also within regional integration communities to grant workers prominent influence in the decisionmaking mechanisms on the continent. Such efforts will further provide institutionalised avenues for expressing Solidarity towards a decentralised management of the huge challenges that confront workers on a global scale
Subject: Sindicalismo
Gana
Language: Inglês
Editor: [s.n.]
Citation: DOE, John. The role of South-South cooperation in engendering global trade union solidarity: a case of Ghana = O papel da cooperação Sul-Sul na construção da solidariedade sindical global: o caso de Gana. 2016. 1 recurso online (119 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/320949>. Acesso em: 31 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Doe_John_M.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.