Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/318069
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Alterações celulares em figado e pulmão de camundongos tratados com dimetilnitrosamina
Author: Graccho Junior, Mario
Advisor: Vidal, Benedicto de Campos, 1930-
Abstract: Resumo: Noventa e um camundongos (42 machos e 49 fêmeas) receberam dimetilnitrosamina na água de beber, durante 6 meses, com a seguinte concentração: a) 17 ppm (partes por milhão), durante o primeiro mês. b) 10,6 ppm durante os cinco meses restantes. A solução contendo a droga foi oferecida ¿ad libitum¿. Nestas circunstâncias, a DMN provoca diversas modificações nos núcleos de hepatócitos, tais como são vistos após a reação de Feulgen. Os cromocentros desses núcleos (heterocromatina constitutiva) sofrem um processo de dissolução ou descompactação. Paralelamente, determinações citofotométricas revelaram alterações nos padrões de distribuição dos valores Feulgen-DNA de tais núcleos. Há que se relatar ainda, um notável aumento no volume de seus nucléolos. Os próprios núcleos também sofrem modificações na forma e aumento de volume porém, de natureza mais discreta. Além das alterações hepáticas, desenvolveram-se tumores malignos primários nos pulmões. De fato, todos os animais que completaram os seis meses de tratamento, mostravam tumores pulmonares. Os mesmo foram classificados como adenocarcinomas oriundos, provavelmente, do epitélio de pequenos bronquíolos. A análise citofotométrica de dois desse tumores revelou a ocorrência de processos de poliploidização no parênquima tumoral. Os dados são discutidos com base em achados recentes à respeito da ação bioquímica de DMN e sua relação com o aparecimento do câncer. Valemo-nos também do conceito de ¿stem line cell¿ (Makino, 1957) para interpretação de certos achados citofotométricos

Abstract: Ninety one mice (42 males and 49 females) received dimethylnitrosamine (DMN) in the drinking water, ¿ad libitum¿ during six months. The concentration of DMN in the water varied from: a) 17 ppm (parts per million) during the first month to, b) 10,6 ppm during the other five months. DMN produces several changes in hepatocyte nuclei, as seen by Feulgen¿s reaction. Dissolution of its chromocenters (constitutive heterochromatin) is one of the alterations described. There is also a considerable increase in nuclear and nucleolar volumes (especially in the last one). Simultaneously, cytophotometric measurements revealed modifications in the distribution patterns of Feulgen-DNA values of these nuclei. Besides the hepatic modification, DMN caused the development of primary malignant tumors in the lungs. Actually, all the animals that survived to 6 months of treatment, showed lung tumors. They were classified as adenocarcinomas derived from outgrowths of the epithelium of small bronchioles. Cytophotometric analysis performed in two of these tumors showed the occurrence of polyploidy in tumoral parenchyma. The data are discussed in view of recent findings concerning DMN mode of action and cancer development. Makino¿s stem line cell theory which has important implications for tumor therapy, is also discussed.
Subject: Camundongo
Testes funcionais hepaticos
Pulmão
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GRACCHO JUNIOR, Mario. Alterações celulares em figado e pulmão de camundongos tratados com dimetilnitrosamina. 1980. 78f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, [SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/318069>. Acesso em: 16 jul. 2018.
Date Issue: 1980
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
GracchoJunior_Mario_M.pdf7.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.