Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317918
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.identifier(Broch.)pt_BR
dc.descriptionOrientador: Sebastião Roberto Tabogapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologiapt_BR
dc.format.extent76p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeTESEpt_BR
dc.titleRepercussões histopatologicas na prostata ventral do gerbilo da Mongolia (Merinones unguiculatus) apos suplementação por hormonios esteroidespt_BR
dc.contributor.authorScarano, Wellerson Rodrigopt_BR
dc.contributor.advisorTaboga, Sebastião Robertopt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Instituto de Biologiapt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Biologia Celular e Estruturalpt_BR
dc.subjectProstatapt_BR
dc.subjectHormonios esteroides gonadaispt_BR
dc.subjectGerbilpt_BR
dc.subjectReceptores hormonaispt_BR
dc.subjectHispotapologiapt_BR
dc.subject.otherlanguageProstateen
dc.subject.otherlanguageGonadal steroid hormonesen
dc.subject.otherlanguageGerbilen
dc.subject.otherlanguageHistopatholohyen
dc.subject.otherlanguageHormonal receptorsen
dc.description.abstractResumo: O tecido prostático é susceptível aos desníveis hormonais provocados, principalmente pelo processo de envelhecimento. A hiperplasia benigna prostática e o câncer de próstata são doenças que acometem uma grande parcela da população masculina, e parecem estar envolvidas com alterações hormonais. Por isso, o esclarecimento dos processos celulares e teciduais envolvendo os hormônios sexuais: testosterona e estradiol são, sem dúvida, importantes para o entendimento da etiologia desses processos patológicos. O gerbilo (Meriones unguiculatus) foi utilizado como modelo experimental pois, segundo a literatura, é susceptível ao aparecimento de lesões autóctones e responde bem à carcinogênese experimental, mostrando-se um bom modelo experimental. Numa primeira etapa, foram utilizados animais de três idades diferentes: púbere, adulta e senil. Esses animais foram submetidos à suplementação androgênica e as próstatas ventrais foram destinadas a análises histopatológicas, quantitativas, imunocitoquímicas e ultraestruturais. Foi observado aumento no peso da glândula e também na altura das células epiteliais em todas as idades. Tal aumento reflete o aumento da capacidade sintética observada pela dilatação das organelas de síntese, às vezes de aspecto vesiculoso, ocupando toda a região supranuclear. Nos animais adultos e velhos foram notadas regiões hiperplásicas e displásicas freqüentemente associadas a Neoplasias Intraepiteliais de diferentes graus e a adenocarcinomas. Houve aumento na espessura da camada de células musculares lisas (CML) ao redor dos ácinos nos animais púberes e adultos, enquanto nos animais velhos houve diminuição dessa camada. Além disso, as CML se mostraram aparentemente hipertróficas e com maior atividade sintética nos animais púberes e adultos. Foi notado aparente aumento da vascularização periacinar, onde se observou a presença de freqüentes vasos sanguíneos em todas as idades após o tratamento. Ademais, em todas as idades foi observado aumento da densidade de marcação de receptores androgênicos após o tratamento, evidenciando a possível relação desses receptores com os efeitos observados. Em uma segunda etapa experimental, avaliou-se o efeito do estradiol sobre o tecido prostático intacto e hipoandrogênico em animais adultos, tentando com isso simular situações de descompensação hormonal, típicas da senilidade. As alterações epiteliais foram freqüentes nos animais tratados com estradiol onde se observou aumento na altura das células epiteliais, aparecimento de regiões de intensa displasia e hiperplasia, e a formação de PINs. Outro aspecto que independe da presença da testosterona é o arranjo dos elementos fibrilares e não fibrilares da matriz extracelular entre as CML, apontando para um possível papel dessas células no rearranjo e na síntese desses componentes após os tratamentos estrogênicos. Nos animais castrados observou-se acúmulo de elementos da matriz extracelular sob o epitélio e em animais intactos presença desses elementos dispersos e escassos. Em ambos os grupos: intactos e castrados, notou-se que as CML e os fibroblastos apresentam fenótipo secretor acentuado após o tratamento com estradiol. Houve aumento na densidade de marcação ERa e AR positivos em regiões de hiperplasia apontando para um possível papel desses receptores na formação de lesões pré-malígnas e malignas. Portando, conclui-se que o gerbilo é susceptível a ação da testosterona e do estradiol, os quais provocam desarranjos estruturais e ultraestruturais de cunho patológico e funcional, mostrando-se um ótimo modelo para o estudo das doenças prostáticas de etiologia hormonalpt
dc.description.abstractAbstract: Not informed.en
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2006pt_BR
dc.identifier.citationSCARANO, Wellerson Rodrigo. Repercussões histopatologicas na prostata ventral do gerbilo da Mongolia (Merinones unguiculatus) apos suplementação por hormonios esteroides. 2006. 76p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/317918>. Acesso em: 7 ago. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelDoutoradopt_BR
dc.description.degreedisciplineBiologia Celularpt_BR
dc.description.degreenameDoutor em Biologia Celular e Estruturalpt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameStefanini, Maira Aparecidapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameKempinas, Wilma De Gravapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnamePinheiro, Patricia Fernanda Felipept_BR
dc.contributor.committeepersonalnameSueiro, Felipe Augusto Ruizpt_BR
dc.date.defense2006-07-21T00:00:00Zpt_BR
dc.date.available2018-08-07T17:58:14Z-
dc.date.accessioned2018-08-07T17:58:14Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-08-07T17:58:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Scarano_WellersonRodrigo_D.pdf: 4897591 bytes, checksum: ce5fe2f21b6836d646532424d518315c (MD5) Previous issue date: 2006en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/317918-
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Scarano_WellersonRodrigo_D.pdf4.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.