Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/313459
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Percepção de professores e pessoal de ensino sobre a campanha olho no olho em escola de ensino fundamental
Author: Russ, Heloisa Helena Abril
Advisor: Kara-José, Newton, 1938-
Abstract: Resumo: A cegueira é a mais onerosa fonna de invalidez, existindo 45 milhões de cegos no mundo e 135 milhões de pessoas com baixa visão e risco acentuado de se tornarem cegas, sendo que dois terços dos casos seriam potenciahnente evitáveis ou curáveis nos países em desenvolvimento.A dificuldade visual na mancia torna-se particularmente importante devido à influencia da visão na fonnação psico-social do indivíduo e no aprendizado. Com base nesse fato, em 1998 criou-se no Brasil o Programa Nacional de Reabilitação Visual - Campanha Veja Bem Brasil / Olho no Olho, destinado à triagem de crianças da primeira série de ensino fundamental por professores. Pode-se inferir beneficios decorrentes dos resultados da Campanha, que vem sendo analisados, bem como a qualidade do treinamento oferecido aos profissionais envolvidos no processo de triagem, fator que suscitou a realização desse estudo. Os objetivos do estudo são identificar conhecimentos do pessoal de ensino anteriores ao treinamento fornecido pelo programa; percepção referente à qualidade do treinamento; e aos beneficios do programa. Foi realizado estudo analítico e transversal, mediante aplicação de questionário estruturado aos participantes do treinamento oferecido pela referida Campanha na cidade de Curitiba-Pr, em 2000. Responderam ao questionário 89,0% dos participantes, sendo que apenas 13% eram professores regentes de classe. A satisfação profissional era elevada (100% dos professores e 96,8% dos demais profissionais)..Entre os professores regentes, o tempo médio de magistério foi 20,54 anos, predominando carga horária semanal de 40 horas (64,3%). O treinamento global foi considerado "bom/ótimo" por 85,9% dos respondentes,com necessidade de explicações adicionais (59,3%); 87,3% opinaram que a triagem deve ser realizada no 10 trimestre e 96,4% consideraram-na muito importante. O professor foi considerado responsável pela triagem por apenas 1,0%. Questionando-se sobre qual o profissional responsável pela aplicação do teste de acuidade visual, não houve diferença estatisticamente significativa comparando-se professores e demais profissionais considerando-se carga horária, tempo de magistério e satisfação profissional. Relataram que 83,8% dos óculos foram entregues e houve melhora do rendimento escolar em 85,7%. As dificuldades para realização da Campanha citadas pelos pais foram: desconhecimento da baixa da acuidade da visão do fiJho (50%) e dificuldades financeiras (44,2%). Dentre as sugestões para melhoria da campanha foram citadas: aplicação por profissional da saúde, antecipação e ampliação do tempo das atividades da campanha. Conclui-se que os profissionais tinham conhecimento satisfatório sobre triagem visual, consideravam-na muito importante mas não se achavam responsáveis por ela; o treinamento oferecido pela Campanha foi considerado adequado e reconhecida a melhora do rendimento escolar em decorrência do atendimento oftalmológico. Sugere-se criar formas de incentivo e valorização do professor para que ele, profissional capacitado para medir acuidade visual, sinta-se estimulado a realizar a triagem visual de seus alunos

Abstract: The effects ofvisual screening at elementary school- educators perceptions. Blindness is one of most serious handicap , there is 45 millions of blinds and 135 millions with impaired vision with great risk of becoming blind, and 2/3 of these are potentially preventable in developing countries. Visual disability in children could impair psico-social development and learn ability. .In order to prevent blindness, in Brazil a National Program of Visual Reabilitation-" Campanha Olho no Olho / Veja Bem Brasil" was created, to perfonn visual screening in children of elementary school by educators. The objectives were identifY acquired knowledge of educators before the training of visual screening; quality of training and benefits of program. A descriptive and analytical study, transversal, was perfonned through application of structural questionnaires to participants of training in Curitiba-Pr, Brazil, 2000. 89,0% of a1l participants answered the questionnaire, but only 13% were teachers. The rate of professional satisfaction was high (IOO% of teachers and 96,8% of others). Between the teachers, the mean time ofprofessional exercise were 20,54 years, with a weekly working time of 40 hours (64,3%).Training was considered "good" by 85,9%of participants. Additional information was required by 59,3%. 87,3% said the screening must be perfonned during the first 3 months of year and 96,4% said it is very important. Only 1,0% of applicants think the teacher is responsible for the screening: There were no statistically difference between teachers and others professionals related to weekly working time, professional exercise and satisfaction.83,3% of spectacles were distributed and 85,7% of children had scholar improvement. Parents related some di:fficulties: absence of knowledge of children visual impainnent (50%) and economic difficulties (44,2%).Suggestions ftom the educators: screening perfonned by health professional, and extension of activities of screening. People ftom research had enough knowledge about visual screening, but they doesn't feel responsible by it, even considering it very important. The training was satisfactory and scholar benefits were c1ear. It's necessary find ways of encourage teachers to perfonn visual screening, once they are the most qualified professional to do it
Subject: Saúde escolar
Educadores
Ensino fundamental
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: RUSS, Heloisa Helena Abril. Percepção de professores e pessoal de ensino sobre a campanha olho no olho em escola de ensino fundamental. 2003. 100p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/313459>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Russ_HeloisaHelenaAbril_M.pdf3.29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.