Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311649
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação da eficácia antimicrobiana do monoéster de C-8 xilitol como alternativa conservante para produtos cosméticos
Title Alternative: Evaluation of antimicrobial effectiveness of C-8 xylitol monoester as an alternative preservative for cosmetic products
Author: Amaral, Lílian Ferreira Barbosa, 1978-
Advisor: Mazzola, Priscila Gava, 1979-
Abstract: Resumo: A contaminação microbiológica apresenta um risco potencial à qualidade do produto, mas, sobretudo pode afetar a saúde do consumidor. Conservantes são substâncias adicionadas a produtos cosméticos, farmacêuticos, de limpeza e alimentícios com o objetivo de inibir o desenvolvimento de microrganismos, durante sua fabricação e estocagem, bem como proteger o consumidor de contaminação inadvertida durante o uso do produto. Embora alguns conservantes já estejam consagrados na literatura, os mesmos têm sido relacionados ao desencadeamento de reações alérgicas, motivando a procura do conservante ideal. O Xilitol é um açúcar natural proveniente de plantas, frutas e vegetais, que possui propriedades antimicrobianas descritas na literatura. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficácia antimicrobiana do monoéster de C-8 Xilitol (patente PCT/IB 2008/054321), visando sua utilização como conservante em bases cosméticas, através de testes de desafio conservante (challenge test) e determinação da concentração inibitória mínima (CIM). Os resultados obtidos na determinação da concentração mínima inibitória estão entre 1,0 e 1,25 % para Staphylococcus aureus, Escherichia coli e Candida albicans e entre 1,0 e 1,5% para Pseudomonas aeruginosa e Aspergillus niger, indicando a faixa de concentração do monoéster de C-8 Xilitol que inibiu totalmente o crescimento do microrganismo, no teste de diluições. A loção hidratante utilizada no teste de desafio foi conservada com a concentração de 1% do monoéster de C-8 Xilitol, verificando-se um rápido declínio na contagem de UFC/g nos primeiros tempos de avaliação após a contaminação do produto, para todas as bactérias testadas. Após o período de avaliação, incluindo a reinoculação do produto, o monoéster de C-8 Xilitol mostrou-se eficaz frente às bactérias P. aeruginosa, E. coli e S. aureus, atendendo à especificação de redução de 99,9% do número de células viáveis estabelecida em compêndios oficiais. O mesmo ocorre em relação à C. albicans que apresenta uma redução de 90% do número de células viáveis e também em relação ao A. niger, quando o pH da loção testada é ajustado de 5,5 para 7,0. Nas condições em que os testes foram conduzidos, podemos concluir que o monoéster de C-8 Xilitol, apresenta atividade antimicrobiana frente aos microrganismos testados e atende aos requisitos de uma substância dotada de atividade conservante, podendo ser considerado uma alternativa conservante para produtos cosméticos

Abstract: Microbiological contamination presents a potential risk to product quality, but specially can affect the health of consumers. Preservatives are substances added to cosmetic, pharmaceuticals, cleaning agents and food in order to inhibit growth of microorganisms during product manufacturing and storage and to protect consumers from inadvertent contamination during the use of the product. Although some preservatives are already well established in the literature, they have been linked to the allergic reactions, motivating the search for the ideal preservative. Xylitol is a natural sugar derived from plants, fruits and vegetables, which antimicrobial properties are described in the literature. This study aimed to evaluate the antimicrobial effectiveness of C-8 Xylitol monoester (patent pending PCT/IB 2008/054321), for its use as a preservative in cosmetic formulations. The minimum inhibitory concentration (MIC) was determined by the broth macrodilution method and the antimicrobial effectiveness of C-8 Xylitol monoester was determined by using challenge test method. The results obtained in the determination of minimum inhibitory concentration are between 1.0 and 1.25% for Staphylococcus aureus, Escherichia coli and Candida albicans and between 1.0 and 1.5% for Pseudomonas aeruginosa and Aspergillus niger. The amount of 1% of C-8 Xylitol monoester was added to the lotion used in the challenge test, observing a rapid decline in the number of CFU/g in stages of evaluation after contamination of the product by all bacteria. After the evaluation period, including reinoculation product, the C-8 xylitol monoester was effective against P. aeruginosa, E. coli and S. aureus, according to the specification of 99.9% reduction in the number of viable cells established in the official compendia. The same occurs in relation to C. albicans, which shows a 90% reduction in the number of CFU/g. Regarding A. niger, similar reduction is observed when pH value of the lotion is adjusted from 5.5 to 7.0. Under the tests conditions used, we concluded that C-8 Xylitol monoester has antimicrobial activity and could be considered as an alternative preservative for cosmetic formulations
Subject: Contaminação
Cosméticos
Xilitol
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: AMARAL, Lílian Ferreira Barbosa. Avaliação da eficácia antimicrobiana do monoéster de C-8 xilitol como alternativa conservante para produtos cosméticos. 2010. 108 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311649>. Acesso em: 17 ago. 2018.
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Amaral_LilianFerreiraBarbosa_M.pdf1.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.