Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/311166
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Padrão espacial da mortalidade infantil em Goiania - Goias, nas coortes de nascidos vivos entre 1992 e 1996
Author: Morais Neto, Otaliba Libanio de
Advisor: Barros, Marilisa Berti de Azevedo, 1948-
Abstract: Resumo: O objetivo deste trabalho foi investigar o padrão de ocorrência espacial da mortalidade infantil nos períodos neonatal e pós-neonatalno espaço urbano do município de Goiânia, identificando a existência de dependência espacial e de aglomerados de alto risco. A população de estudo foi a coorte de 101.000 nascidos vivos residentes em Goiânia nos anos de 1992 a 1996 identificada por meio da declaração de nascido vivo, documento base do sistema de informações sobre nascidos vivos. Utilizando-se o procedimento de linkage de bancos de óbitos e nascimentos, foram calculadas as probabilidadesde morte neonatal e pós-neonatal. Para minimizar as flutuações aleatórias das probabilidades de morte, foram calculadas estimativas bayesiana empirica das probabilidades de morte nos períodos neonatal e pós-neonatal. A unidade geográfica de análise do padrão espacial foram os 65 distritos urbanos de planejamento do município. Foram utilizadas as seguintes técnicas de análise espacial: (i) técnicas de análise exploratória de dados espaciais, tais como, Moran global, Moran local e estatística Gi* local e (fi) a estatística espacial scan para identificação de aglomerados de alto e baixo risco de mortalidade infantil. A mortalidade infantil no período neonatal apresentou um padrão de risco heterogêneo, com distritos de alto risco distribuídos em todas as regiões do município, inclusive a região Central. No período neonatal, a autocoITelaçãoespacial não foi estatisticamente significativa, para a as duas medidas: probabilidade de morte observada e estimativa bayesiana empirica. No entanto, ao refazer a análise eliminando-se a interferência do valor extremo de aho risco do distrito 56, a autocoITelação espacial foi significativa

Abstract: The aim of this study was to investigate the spatial pattem of the infant mortality in neonataI and post-neonataI periods in an urban setting, Goiânia municipality, Central Brazil, identifying occurrence of spatial dependence and high risk clusters. Analyses were based on linked birth and death certificates relating to 101,000 live births to mothers residents in the city of Goiânia delivered in hospitais over the 1992-1996 period. The overall neonatal and post-neonataI mortality were calculated using the linkage database. The empirical Bayes method was applied in order to smooth the rates and minimize random fluctuation. The spatial unit of analysis was 65 urban districts, corresponding to the planning sectors. The following spatial techinics was used for analysis: (i) exploratory spatial data analysis were applied: "global" Moran's I statistic, local Moran LISA map and Gi* local statistics; (ii) a spatial scan statistic was used to identify clusters of infant mortality in space. For neonataI mortality there was a heterogeneity of risk pattems within the municipality without detectable spatial autocorrelation using observed and empirical Bayes estimates of neonataI mortality rates. On the contrary, when the effect of high risk outliers was controlled the autocorrelation was statistically significant. Results for post-neonataI mortality pointed to a statistically significant spatial autocorrelation for alI occurrence measures, as well as an existence of high-risk geographical cluster located in the outskirts of the city borders
Subject: Mortalidade infantil
Neonatologia
Análise espacial (Estatística)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MORAIS NETO, Otaliba Libanio de. Padrão espacial da mortalidade infantil em Goiania - Goias, nas coortes de nascidos vivos entre 1992 e 1996. 2002. 194p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/311166>. Acesso em: 1 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
MoraisNeto_OtalibaLibaniode_D.pdf28.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.