Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310770
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A critica a medicalização da aprendizagem na produção academica nacional
Title Alternative: A critical look at the national production regarding medicalization of learning
Author: Pereira, Juliana Garrido
Advisor: Moysés, Maria Aparecida Affonso, 1949-
Abstract: Resumo: A idéia de que dificuldades de aprendizagem na escola, entre crianças sem nenhuma deficiência evidente, são causadas por problemas neurológicos é cada vez mais aceita no Brasil. Fala-se de uma doença que, apesar de constituir objeto de numerosas pesquisas, até hoje não conseguiu ser evidenciada. Apesar da ausência de comprovação, um número crescente de crianças vem sendo diagnosticadas como portadoras de transtorno por déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e de dislexia. Trata-se de um processo de medicalização da aprendizagem de crianças em idade escolar, processo em que, dos inúmeros elementos constituintes do processo de aprendizagem, são objeto de reflexão exclusivamente aqueles de base biológica. Em consequência disso, muitos alunos são tratados com drogas psicotrópicas, como a Ritalina®, que causam dependência química e perda severa do apetite implicando em retardo do crescimento, entre outros efeitos de extrema gravidade, alguns fatais. A pesquisa aqui relatada realizou uma revisão bibliográfica da produção acadêmica nacional a fim de avaliar a penetração do tema 'medicalização da aprendizagem' entre pesquisadores brasileiros das áreas de educação, medicina e psicologia. O levantamento foi feito a partir do Banco de Teses da CAPES e o universo de dissertações e teses analisadas permitiu apreender que o conceito de medicalização vem sendo usado inadequadamente por alguns pesquisadores; e que aqueles que o usam com propriedade, apesar de poucos, concordam quanto à falibilidade dos referidos diagnósticos, fundamentando suas reflexões sobre os problemas de aprendizagem em elementos de base histórica e social.

Abstract: The concept that learning disabilities, among children with no other evident deficiency, are caused by neurological problems has been increasingly accepted in Brazil over the past decades. Supposedly, a disease would be the cause of most common academic troubles. However, this disease has been subject of several researches but never proved to exist. In spite of the lack of evidence about its existence, countless children have been diagnosed with attention deficit hyperactive disorder (ADHD). This is a well known problem of medicalization of the learning process of school children, in which only the biological aspects of one's development are taken under consideration. As a consequence, many children are being treated for such a disease with psychotropic drugs, like Ritalin, highly addictive and cause of other negative effects like lost of appetite entailing possible growth retardation amongst other severe side effects, some fatal. The work presented here is a bibliographical review of health and education research in Brazil, in an attempt to assess the awareness of the academia regarding medicalization of the learning process. The search was made through CAPES' theses database. The works submitted to analyses led me to infer that many researchers are misusing the concept of medicalization, critical as it is. On the other hand, those who make a proper use of the term, even being a small number, agree on the fallibility of such diagnostic, justifying their assertions about learning difficulties upon social and historical factors.
Subject: Aprendizagem
Hiperatividade
Dificuldade de aprendizagem
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PEREIRA, Juliana Garrido. A critica a medicalização da aprendizagem na produção academica nacional. 2010. 93 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/310770>. Acesso em: 15 ago. 2018.
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereira_JulianaGarrido_M.pdf559.08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.