Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310656
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Atitudes e sentimentos das mulheres que vivenciaram a gravidez e a soriopositividade ao virus HIV
Author: Feracin, Jussara Cunha Fleury
Advisor: Shimo, Antonieta Keiko Kakuda, 1953-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa originou da preocupação pela progressão do HIV/AIDS na população feminina, acompanhada de outra característica importante, a interiorização da doença e também por termos constatado junto ao setor de Vigilância Epidemiológica da Direção Regional de Saúde XX (DIR) de São João da Boa Vista - SP, 22 casos de mulheres grávidas soropositivas pariram no ano 2000. O presente estudo tem como objetivo identificar atitudes e sentimentos entre mulheres grávidas HIV positivas que realizaram o pré-natal na rede básica de saúde, da DIR XX e que tiveram seus filhos em 2000. Realizou-se um estudo descritivo, exploratório, com uma abordagem qualitativa. Os dados foram organizados através da análise temática de Minayo. Para a execução do relatório final, trouxemos as explicações para os fenômenos. Através dos dados transcritos das entrevistas, formou-se categorias explicativas para os questionamentos levantados. Os resultados mostraram pontos importantes como a gravidez não planejada e a contaminação pelo HIV, onde mulheres se submetem a ralações sexuais desprotegidas para satisfazer seu parceiro, a descoberta de estar contaminada e o enfrentamento do resultado da soropositividade ao vírus HIV, bem como a preocupação com a transmissão do vírus para a criança, o preconceito e a violação do diagnóstico. Vivenciam o processo reprodutivo e a soropositividade, a amamentação passa a ser um direito negado à mulher soropositiva. O cuidado da criança envolve sua profilaxia e o seu acompanhamento. A revelação das pessoas de quem tem apoio. O desejo e o não desejo de uma nova gravidez. Conduziu-se a análise sob a perspectiva de vulnerabilidade e gênero para compreender estas mulheres, para que se possa encontrar possíveis caminhos nas estratégias para a adesão à profilaxia para redução da transmissão vertical

Abstract: This research came from the advancement of HIV/AIDS progression in the female population, with another important characterist, the inner sickness and other terms checked with the Epidemiologic Vigilance of the Regional Direct of Healt XX (DIR) from São João da Boa Vista (SP-Brazil), 22 pregnant women that are HIV positive derivered in 2000. The present study has the objetive to identify attitudes and feelings among positive HIV pregnant women who had made their prenatal care in a public health selection, from the DIR XX and who had their children during the year of 2000. A descriptive, exploratory study was made with a qualitative approach. The information was organized through the thematic analysis of Minayo. For the written information of the interviews, explanatory categories were formed for the questions made. The results showed important points such as non ¿ planned pregnancy and the contamination by HIV, which women have sexual relations without protection to satisfy their partners, the result of realization of being contaminated and the act of facing the result of having been positive for the HIV virus, and the concern with the transmission of the virus to the child, the prejudice and the violation of the diagnosis. They live a reproductive progress and being positive for HIV, breast feeding turns to be a right denied to the HIV positive woman. The care of the child involves it's profilaxy and it's accompaniment, the revelation of the people that have support, the desire and the non desire of new pregnancy. An analysis was conducted over the perspective of vulnerability and gener to understand these women, to find possible ways in the strategies for the adhesion to the profilaxy for the decrease of the vertical transmission (rate)
Subject: Sexo (Psicologia)
Amamentação
Recém-nascidos
Cuidado pré-natal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FERACIN, Jussara Cunha Fleury. Atitudes e sentimentos das mulheres que vivenciaram a gravidez e a soriopositividade ao virus HIV. 2002. 145p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/310656>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Feracin_JussaraCunhaFleury_M.pdf626.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.