Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/310655
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Uso de concentrado de hemacias em neonatologia : o panorama brasileiro
Author: Araujo, Acacira Oliveira Bezerra de
Advisor: Carvalho, Marcelo Addas de
Abstract: Resumo: A transfusão de concentrado de hemácias (CH) é parte freqüente do arsenal terapêutico de suporte avançado nas unidades de terapia intensiva neonatal (UTINeo); o número de transfusões utilizadas depende de fatores como idade gestacional e peso ao nascer, porém observam-se grandes variações quando comparadas crianças em mesmas condições clínicas em diferentes centros, pois não existem indicações claramente estabelecidas para transfusão neonatal baseada em estudos controlados. Assim, o objetivo do presente trabalho foi comparar e descrever a prática transfusional de CH: suas indicações, repercussões e técnicas hemoterápicas utilizadas; avaliando a presença e a adequação a protocolos, por meio de estudo científico, descritivo, observacional, direto, extensivo; através de análise qualitativa e quantitativa de respostas a questionários em 42 serviços de UTINeo do Brasil. Deste modo, sugerindo um protocolo mais uniforme para a utilização de concentrado de hemácias em neonatologia no Brasil. Das 42 unidades hospitalares pesquisadas, 20 são hospitais universitários, onde 17 ligados a instituições de ensino público e 03 instituições de ensino particular. Quanto ao tipo de atendimento, 26 unidades pertencem à rede do SUS, 09 têm atendimento particular ou ligado a convênios ou planos de saúde e 07 atendimento misto (público e privado). Representando 04 regiões do país: 11 no Nordeste, 21 no Sudeste, 03 no Centro-oeste e 07 no Sul do Brasil; abrangendo 670 leitos de UTI neonatal e 450 leitos de unidades intermediárias; captadas através do CNES - Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde. Os dados obtidos foram submetidos à análise estatística resultando nas freqüências absolutas simples e acumuladas assim como as freqüências relativas de cada questão trabalhada dos questionários aplicados. Não encontramos diferenças significativas no tocante à utilização, preparo e indicações quando analisamos serviços particulares e ligados a instituições de ensino, porém nos serviços públicos não ligados a universidades ou faculdades, sobretudo nas regiões Norte e Nordeste e nas instituições geograficamente distantes das capitais, há dificuldades de acesso às informações hospitalares, de implementação e uso de tecnologias específicas. Na maioria dos serviços há falta de interação entre os serviços de hemoterapia e as UTINeo; dificultando discussão envolvendo os profissionais que prestam assistência direta. Há elevado número de serviços que consideram parâmetros clínicos associados ao nível de hemoglobina (Hb) e outros que associam dados clínicos e laboratoriais associados ao hematócrito (Ht) como base para indicação de uso de CH. Concluindo, a decisão de transfundir um paciente deve ser sempre do médico assistente levando em consideração parâmetros técnicos, médicos, éticos e legais alicerçados na utilização de protocolos com indicações transfusionais mais legítimas adaptadas aos recursos de cada instituição, porém protegendo os pacientes do risco de transfusões inadequadas

Abstract: The transfusion of Red Blood Cells (RBC) is often one of the therapeutical tools in advanced support in newborn intensive care units (NICU); the number of transfusions required depends on factors such as pregnancy duration and weight at birth. However, great variations are observed when comparing children in similar clinical conditions in different centers, as there are no controlled studies with established indications for newborn transfusion. Thus, the goal of the present study is to compare and describe the use of RBC transfusion through the qualitative and quantitative analysis of questionnaires in 42 services of NICUs in Brazil, focusing on its indications, repercussions and techniques; evaluating the presence and the adequacy of the protocols established from a scientific, descriptive, observational and longitudinal study. From this analysis, a more uniform protocol for the transfusion of RBC in Brazilian newborns is suggested. From the 42 hospital units studied, 20 are university hospitals, of which 17 are public institutions and 03 are private institutions. With respect to the service type, 26 units belong to SUS, 09 have private or insurance service and 07 work with both services (public and private). Furthermore, the institutions represent 4 regions of the country: 11 in the Northeast, 21 in the Southeast, 03 in Center-west and 07 in the South of Brazil; representing 670 NICU beds and 450 intermediate unit beds. The data collected was submitted to statistical analysis calculating the absolute and cumulative frequencies as well as the relative frequencies of each question of the applied questionnaires. No significant differences with respect to the use, preparation and indications were found when we analyzed private and educational institutions. However, the North and Northeast regions and the institutions geographically distant from the capitals, public services unrelated to universities have difficulty to access the hospital information, implementation and use of specific technologies. In the majority of the services, there is no interaction between the blood transfusion services and the NICUs; resulting in a difficult task for the professionals providing direct assistance. There are a large number of services that consider clinical parameters associated to the hemoglobin level (Hb) while others consider parameters associated to hematocrit (Hct) levels as a reference for the indication of transfusion of RBC. In conclusion, the decision of performing a transfusion in a patient must always be made by the leading doctor taking technical, medical, ethical and legal parameters into account, based on the use of protocols with more precise transfusion indications, adapted to the resources of each institution, in order to protect the patients from the risk of badly indicated transfusions
Subject: Hemoterapia
Sangue - Transfusão
Neonatologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ARAUJO, Acacira Oliveira Bezerra de. Uso de concentrado de hemacias em neonatologia: o panorama brasileiro. 2007. 133 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/310655>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Araujo_AcaciraOliveiraBezerrade_M.pdf763.76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.