Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309742
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudos moleculares na Sindrome de Rett
Author: Facchin, Daniela
Advisor: Lopes-Cendes, Íscia Teresinha, 1964-
Abstract: Resumo: A síndrome de Rett (RS) é considerada um transtorno invasivo do desenvolvimento, primeiramente descrita em 1966 pelo austríaco Andreas Rett. Clinicamente é caracterizada por desenvolvimento neuropsicomotor aparentemente nonnal entre os seis e 18 meses de idade. Após este período o desenvolvimento fica estagnado, atinge um platô e posteriormente ocorre regressão motora progressiva. A prevalência da RS é ao redor de 1:1O000 a 1:22 000, no sexo feminino. Até outubro de 1999, o diagnóstico era feito somente através da aplicação de critérios clínicos, pois não havia um marcador bioquímico, citogenético ou molecular conhecido, associado à patologia. Diferentes modelos de herança foram propostos para RS a saber: mutações no DNA mitocondrial, dissomia uniparental, inativação preferencial do cromossomo X, mutações dinâmicas (repetição de tripletos) e aumento na freqüência de sítios frágeis. Recentemente, mutações no gene MECP2, localizado na região Xq28, foram identificadas em 33% a 80% de pacientes com quadro clínico clássico da RS e em pacientes outros fenótipos. o objetivo principal deste projeto foi investigar a presença de ligação genética entre marcadores de DNA localizados no cr X, incluindo a região Xq28. Para o cumprimento dos objetivos acima, contou-se com um total de 86 amostras, pertencentes a 23 famílias, das quais 25 pacientes com quadro clínico clássico de RS. Os estudos de ligação foram realizados através da genotipagem de marcadores anônimos de DNA do tipo microssatélite e a análise estatística da probabilidade de ligação calculada por métodos paramétricos, "lod score", através da utilização do programa de computador LINKAGE. Além disso, analisou-se, cuidadosamente, a segregação dos marcadores genotipados em em todas as famílias nas quais era possível estabelecer haplótipos. Obteve-se "lod scores" negativos significativos para todos os marcadores analisados, quando as famílias eram avaliadas em conjunto, sendo que extensas porções do cromossomo X foram excluídas a saber: DXS 1073 exclusão de 12 cM (compreendendo a região onde localiza-se o gene MECP2), DXS 8103 exclusão de 2 cM, DXS 8091 exclusão de 4 cM, DXS 8043 exclusão de 22 cM, DXS 1227 exclusão de 4 cM, e DXS 1192

Abstract: Rett syndrome (RS) is a pervasive development disorder first described by Andreas Rett in 1966. It is eharaeterized by normal development during the first 6 to 18 months of age followed by developmental regression. Thereafter development sueeessively stagnates, plateaus and regresses. The estimated prevalenee is 1 in 10 000 to 22 000 females. Before oetober 1999, the diagnosis was based only on elinieal eriteria, sineethere were no bioquimie, citogenetie or moleeular marker for RS. Different models of inheritanee had been proposed for RS including uniparental disomy, skewed X inaetivation, mutations in the mitoehondrial DNA, and triplet repeat expansions. Recently, mutations in the MECP2 gene on ehromosome Xq28 have been found in 33 to 80% of patients with classieal RS and in patients with other phenotypes. The aim of the present study was to performed linkage analysis in 86 samples fiom 23 families including 25 girls with classieal RS using six mierosatellites markers on X ehromosome. Linkage studies were performed by genotyping marker using PCR and two point lod seore ealeulation using the program MLINK of the LINKAGE paekage. Lod score added for all 23 families. We have excluded a region of 12 eM around marker DXS 1073 (where the MECP2 gene is loeated), 2 eM around marker DXS 8103,4 eM around marker DXS 8091, 22 eM around marker DXS 8043, 4 eM around marker DXS 1227 and 10 eM around marker DXS 1192.No isolated families gave signifieant lod seore. However haplotype analysis of family 6 eomposed by two sisters with elassieal RS cleary show inherited of different haplotypes for five marker genotiped (Xq26 and Xqter). In eonclusion our results strengths the evidenee for genetie heterogeneity in RS, thus adding information whieh is likely to help the seareh for an alternative loeus for RS
Subject: Rett, Sindrome de
Biologia molecular
Genética médica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FACCHIN, Daniela. Estudos moleculares na Sindrome de Rett. 2002. 93 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309742>. Acesso em: 1 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Facchin_Daniela_M.pdf13.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.