Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309263
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Limitações para o autocuidado de idosos reinternados portadores de vasculopatias
Author: Ferrero, Silvia Helena
Advisor: Cintra, Fernanda Aparecida, 1957-
Abstract: Resumo: A vulnerabilidade decorrente do processo de senescência leva os idosos a uma maior susceptibilidade a doenças, tomando-os usuários potenciais dos serviços hospitalares. Em nosso país existe uma tendência, na hospitalização, em subestimar os potenciais dos pacientes, particularmente dos idosos, para o autocuidado, o que favorece a descontinuidade do tratamento em seu domicílio e, onsequentemente, aumenta o risco da reinternação. No idoso portador de vasculopatias, com história de reinternação, o autocuidado é fundamental para a manutenção da saúde, da independência e da autonomia. O objetivo deste trabalho foi identificar e analisar as limitações para o autocuidado de idosos reinternados portadores de vasculopatias. A pesquisa foi realizada com seis idosos, com idade igualou superior a 60 anos, portadores de vasculopatias, internados na Enfermaria da Clínica Vascular, de um hospital universitário, e com história de reinternação. Foram realizadas entrevistas individuais utilizando-se instrumento próprio. A análise foi constituída por duas etapas distintas, mas que se complementavam. A primeira etapa identificou e analisou as limitações para o autocuidado, segundo a Teoria do Autocuidado, de Dorothea E. Orem. A segunda etapa analisou o material sob a perspectiva da Análise de Discurso, de filiação francesa. Os resultados mostraram que, tal como estão configuradas na discursividade da saúde, as condições de produção dos discursos dos idosos são determinantes no surgimento de limitações e impedem a efetivação do autocuidado. As limitações para o autocuidado revelaram-se decorrentes da falta de interlocução do paciente com os profissionais da saúde e com seu próprio corpo. A falta de interlocução é preenchida por dúvidas e por insegurança quanto ao próprio corpo, às condutas médicas e ao prognóstico, inviabilizando o autocuidado

Abstract: The process of aging leaves individuais very susceptible and vulnerable to diseases and makes them potential users of hospital services. In Brazil, there is a tendency to underestimate the patient's potential regarding self-care during hospitalization, especially in the case of the elderly. This attitude favors discontinuity of the treatment at home and results in an increased risk of repeated hospitalizations. Self-care is fundamental for maintaining health, independence and autonomy in the case of patients who suffer from vasculopathies and have a history of repeated hospitalizations. The purpose of this study was to detect and analyze the limitations of self-care regarding these aged patients. This research study was conducted on six elderly patients who were above the age of 60 years, suffered frem vasculopathies, had a history of repeated hospitalizations and during the study were hospitalizedin the ClinicalVascular Infirmaryof a Universityhospital.A spec~ficindividual interview was used to collect data. The analysis was performed in two phases that complemented each other. The first phase identified and analyzed limitations for self-care according to Dorothea E. Orem's Theory of Self-care. The Discourse Analysis, in a French perspective, was used to analyze the data during the second phase. The results demonstrated that the conditions for discourse production related to a discussion on health by the elderly determined the appearance of limitations that impeded effectiveself-care. These limitations were found to result from an absence of interlocution between the patient and health professionals, and his own body. Self-care is made impossible because this gap created by a lack of interlocution is filled with doubts and insecurity conceming the patient's body, medical care and prognosis
Subject: Idosos
Doenças vasculares perifericas
Gerontologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FERRERO, Silvia Helena. Limitações para o autocuidado de idosos reinternados portadores de vasculopatias. 2001. 100 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309263>. Acesso em: 1 ago. 2018.
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferrero_SilviaHelena_M.pdf20.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.