Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308703
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: Lício Augusto Vellosopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade EStadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.format.extent48 f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeDISSERTAÇÃOpt_BR
dc.titleO aminoácido taurina ativa sinalização anorexigênica no hipotállamo de ratospt_BR
dc.title.alternativeTaurina enhances the anorexigenic effects of insulin in th rat hipothalamuspt_BR
dc.contributor.authorSilva, Carina Solon, 1983-pt_BR
dc.contributor.advisorVelloso, Licio Augusto, 1963-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Fisiopatologia Médicapt_BR
dc.subjectTaurinapt_BR
dc.subjectHipotálamopt_BR
dc.subjectInsulinapt_BR
dc.subjectAminoácidospt_BR
dc.subject.otherlanguageTaurineen
dc.subject.otherlanguageHypothalamusen
dc.subject.otherlanguageInsulinen
dc.subject.otherlanguageAmino acidsen
dc.description.abstractResumo: Nas últimas décadas, a prevalência da obesidade teve um expressivo aumento no mundo, tornando-se um dos mais importantes fenômenos clínicos-epidemiológicos da atualidade. Fatores como o alto consumo calórico e diminuição no gasto energético, associados a determinantes genéticos, desempenham papel relevante na patogênese desta doença. A taurina (Tau) é conhecida por modular diversos parâmetros metabólicos, como ação e secreção da insulina e os níveis sanguíneos de colesterol. Dados recentes sugerem que Tau também pode reduzir a adiposidade corpórea em C. elegans e roedores. Desde que a adiposidade corpórea é principalmente regulada por neurônios hipotalâmicos responsivos à insulina e envolvidos no controle da fome e termogênese, nós hipotetizamos que algumas das atividades da Tau, relacionadas ao controle da gordura corpórea, pode exercer efeitos através da sua ação direta no hipotálamo de ratos. Aqui, nós mostramos que a infusão intracerebrocentricular de doses agudas de Tau reduzem a ingestão alimentar e ativam a transdução de sinal através das vias de sinalização Akt/FOXO1, JAK2/STAT3 e mTOR/AMPK/ACC. Esses efeitos são acompanhados pela modulação da expressão de NPY. Além disso, Tau pode melhorar o efeito anorexigênico da ação da insulina. Assim, o aminoácido Tau exerce uma potente ação anorexigênica no hipotálamo e melhora o efeito da insulina no controle da ingestão alimentarpt
dc.description.abstractAbstract: In the last decades, the obesity prevalence have a expressive increase in the world, been one of the most important actual phenomenon clinical-epidemiological. The high caloric intake and decrease of energy expenditure, associated with genetics factors play a relevant role in this disease. Taurine (Tau) is known to modulate a number of metabolic parameters such as insulin secretion and action and blood cholesterol levels. Recent data have suggested that Tau can also reduce body adiposity in C. elegans and in rodents. Since body adiposity is mostly regulated by insulin-responsive hypothalamic neurons involved in the control of feeding and thermogenesis, we hypothesized that some of the activity of Tau in the control of body fat would be exerted through a direct action in rat hypothalamus. Here, we show that the intracerebroventricular injection of an acute dose of Tau reduces food intake and activates signal transduction through the Akt/FOXO1, JAK2/STAT3 and mTOR/AMPK/ACC signaling pathways. These effects are accompanied by the modulation of expression of NPY. In addition, Tau can enhance the anorexigenic action of insulin. Thus, the aminoacid, Tau, exerts a potent anorexigenic action in the hypothalamus and enhances the effect of insulin on the control of food intakeen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.citationSILVA, Carina Solon. O aminoácido taurina ativa sinalização anorexigênica no hipotállamo de ratos. 2011. 48 f. Dissertação (mestrado) - Universidade EStadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/308703>. Acesso em: 17 ago. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelMestradopt_BR
dc.description.degreedisciplineBiologia Estrutural, Celular, Molecular e do Desenvolvimentopt_BR
dc.description.degreenameMestre em Fisiopatologia Médicapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameRopelle, Eduarado Rochetept_BR
dc.contributor.committeepersonalnameChiavegatto, Silvanapt_BR
dc.date.defense2011-04-02T00:00:00Zpt_BR
dc.date.available2018-08-17T17:14:28Z-
dc.date.accessioned2018-08-17T17:14:28Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-08-17T17:14:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva_CarinaSolon_M.pdf: 5770065 bytes, checksum: 0bde4400dcb614663b1d93ad8738e9cf (MD5) Previous issue date: 2011en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308703-
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_CarinaSolon_M.pdf5.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.