Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308675
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Habilidades em crianças e adolescentes com dificuldades para aprender : cinco estudos de caso
Title Alternative: Abilities in children and adolescents with learning issues : five case studies
Author: Souza, Fernanda Santos, 1990-
Advisor: Batista, Cecilia Guarnieri, 1949-
Abstract: Resumo: A condição atualmente designada como deficiência intelectual tem sido tratada de diferentes formas. Nesse sentido, alguns dos marcos relevantes indicam: localização do problema no organismo (SNC e sistema endócrino), distinção entre deficiência e doença mental, ênfase na educabilidade e, a partir da segunda metade do século XX, na Educação Inclusiva. Diferentes organismos internacionais definem critérios para diagnóstico, que têm, em comum, nas versões mais recentes, as seguintes exigências: limitações significativas no funcionamento intelectual e no comportamento adaptativo, e início antes dos 18 anos. Algumas das definições enfatizam a modificabilidade da condição e a importância do contexto sociocultural. Esses aspectos foram valorizados por Vygotsky, que salientou a importância da compensação sociopsicológica, nos casos de alterações de origem orgânica (deficiências). O autor também enfatizou a importância da detecção de habilidades em início de desenvolvimento ("brotos" do desenvolvimento); o que tem implicações para a avaliação de pessoas com deficiência. Tendo em vista essas considerações, o objetivo do presente estudo foi identificar habilidades sociais e cognitivas em crianças e adolescentes com dificuldades para aprender, com QI igual ou inferior a 70 no teste WISC-IV (compatível com o valor delimitado para o diagnóstico de deficiência intelectual). O estudo foi composto de duas etapas: a primeira envolveu a seleção dos participantes; a segunda, a realização de estudos de caso. Para a seleção dos participantes, a pesquisadora aplicou o teste WISC-IV em 8 crianças e adolescentes, com idade entre 6 e 16 anos, que participavam dos atendimentos no Serviço de Psicologia do Desenvolvimento (SPD) do CEPRE/Unicamp. Foram selecionados, para a segunda etapa, cinco crianças e adolescentes que, no teste WISC-IV, apresentaram QI total inferior a 70 e valores inferiores à média nas quatro escalas do teste e que frequentaram com assiduidade os atendimentos do SPD. Em relação a cada participante, foram realizadas consultas a prontuários, entrevistas com os pais ou responsáveis e com os profissionais das escolas em que eles estavam matriculados. Foram realizadas observações sistemáticas das sessões de atendimento no SPD e, para alguns participantes, foram programadas sessões adicionais de atendimento. Todas as sessões foram filmadas e analisadas. A apresentação de cada estudo de caso incluiu: histórico, quadros relativos às habilidades sociais e cognitivas relatados pela família e profissionais da escola, análise dos modos de lidar com o participante (família e escola), descrição dos modos de participação no SPD, análise microgenética de episódios significativos e síntese. A análise dos casos permitiu a identificação de várias habilidades nos participantes, bem como favoreceu a compreensão de cada caso, ao identificar exemplos de incentivo ao desempenho e ainda evidenciou situações que provavelmente representavam obstáculos a novas aquisições. Os dados sugerem que, ao se enfatizar a busca de habilidades, pode-se obter uma visão abrangente de cada caso, de forma a contemplar, para além das limitações, as potencialidades e indícios de desenvolvimento das crianças e dos adolescentes

Abstract: The condition currently designed as intellectual deficiency has been treated in different ways. On this matter, some of the relevant marks point: localization of the problem in the organism (CNS and endocrinal system), distinction between deficiency and mental disease, as well as the emphasis in the education area and, the Inclusive Education starting from the second half of the 20th century. Different international organisms define criteria for diagnosis which has in common, in the most updated version, the following demands: considerable limitations in the intellectual work as well as the adaptive behavior, and beginning before the age of 18. Some of the definitions emphasize the changeability of the condition and the importance of the socio cultural context. These aspects were valued by Vygotsky, who mentioned the importance of the socio psychological compensation, in the alterations of organic origin cases (deficiency). The author also emphasized the importance of detection of abilities in the beginning of the development (sprout of the development); which has some implications to the evaluation of people with deficiency. Having in mind these considerations, the target of this study was to identify social and cognitive abilities in children and teenagers facing learning difficulties, with the same IQ or inferior to 70 in the WISC-IV test (compatible to the delimited value for the intellectual deficiency diagnosis). This study was made of two parts: the first envolved selecting the participants; the second, studying the case. In order to select the participants, the researcher gave the WISC-IV test in eight children and teenagers, aged from six to sixteen, who were part of the Development of the Psychology Service sessions (SPD) of Cepre/ Unicamp. It was selected for the second part five children and adolescents who presented in total an IQ less than 70 and values inferior to the average in the four scales evaluated in the test and that were frequent in the attendance in the SPD sessions. Related to each participant, it was made some sessions with medical record, interview with parents or some responsible for the children and the professionals of the schools where they were enrolled. It was made systematic observations of the sessions in the SPD and, for some participants, it was programmed additional sessions. All the sessions were filmed and analyzed. The presentation of each case study included: historic, table related to social and cognitive abilities related by the family and school professionals, analysis of the way to deal with the participant (family and school), description of the ways of participation in SPD, micro genetics analysis of important episodes and synthesis. The cases analysis allowed the identification of a lot of abilities in the participants, as well as enhanced the comprehension of each case by identifying examples of performance motivation and pointed situations that probably represented to an obstacle to new acquisitions. The data suggests that, when emphasizing the search of abilities, it¿s possible to have a wide view of each case, in a way to contemplate, beyond limitations, the potentialities and indications of the children and teenagers¿ development
Subject: Deficiencia intelectual
Avaliação
Desenvolvimento humano
Editor: [s.n.]
Citation: SOUZA, Fernanda Santos. Habilidades em crianças e adolescentes com dificuldades para aprender: cinco estudos de caso. 2015. 145 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/308675>. Acesso em: 26 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_FernandaSantos_M.pdf1.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.