Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308458
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Atividade física na afecção cardiovascular = adaptação cultural e desempenho psicométrico da versão brasileira do Godin-Shephard Leisure-Time Physical Activity Questionnaire - GSLTPAQ = Physical activity among cardiovascular disease outptients : cultural adaptation and psychometric performance of the brazilian version of the Godin-Shephard Leisure-Time Physical Activity Questionnaire - GSLTPAQ
Title Alternative: Physical activity among cardiovascular disease outptients : cultural adaptation and psychometric performance of the brazilian version of the Godin-Shephard Leisure-Time Physical Activity Questionnaire - GSLTPAQ
Author: São-João, Thaís Moreira, 1981-
Advisor: Rodrigues, Roberta Cunha Matheus, 1965-
Abstract: Resumo: Este estudo teve como objetivo disponibilizar uma versão do Godin-Shephard Leisure-Time Physical Activity Questionnaire (GSLTPAQ) para a língua portuguesa do Brasil e testar suas propriedades de medida quando aplicado em pacientes com doença arterial coronária e hipertensão arterial e em indivíduos saudáveis. Foi realizado o processo de adaptação cultural e para assegurar sua qualidade, foram seguidas as etapas recomendadas internacionalmente - tradução, síntese, retro-tradução, avaliação por comitê de especialistas e pré-teste; seguidos pela avaliação da praticabilidade, aceitabilidade, confiabilidade e validade. Foram aplicados instrumentos para caracterização sociodemográfica e clínica, previamente submetidos à validação de conteúdo. A amostra foi composta por 236 sujeitos, sendo 100 hipertensos, 100 indivíduos saudáveis e 36 coronariopatas. A praticabilidade do GSLTPAQ foi avaliada pelo tempo despendido na entrevista e a aceitabilidade pelo percentual de itens não respondidos e pela proporção de pacientes que responderam a todos os itens. Foi estimada a confiabilidade quanto à estabilidade da medida (teste-reteste com uso do coeficiente de correlação intraclasse - ICC). A validade convergente foi testada por meio das relações entre o escore do GSLTPAQ e os escores da versão brasileira do Questionário de Atividade Física Habitual de Baecke (Baecke-AFH - domínios Exercício Físico no Lazer - EFL e Atividades de Lazer e Locomoção - ALL) e do Questionário para identificação dos fatores psicossociais determinantes do comportamento de atividade física em coronariopatas (Q-CAF). A validade divergente foi testada por meio da ausência de relação entre o escore do GSLTPAQ e o escore do domínio Atividades Físicas Ocupacionais (AFO) do Baecke-AFH. A validade de critério concorrente foi testada por meio da relação entre o escore do GSLTPAQ e escore da versão brasileira do Veterans Specific Activity Questionnaire (VSAQ), bem como com o consumo de máximo de oxigênio direto (VO2pico) e predito (VO2pred). Foram calculados coeficientes de correlação parcial com intervalo de confiança de 95% (ajustado para sexo, idade, escolaridade, IMC e presença ou não de afecção cardiovascular) para testar os três tipos de validade. Quanto à praticabilidade, foi observado curto tempo de aplicação do instrumento (3,0 minutos). Quanto à aceitabilidade, os participantes responderam à totalidade dos itens. A análise do teste-reteste sugere confiabilidade quanto à estabilidade temporal do instrumento (ICC=0,84). Os resultados apoiam as hipóteses previamente estabelecidas. A validade convergente foi apoiada pela existência de correlações significativas entre o escore do GSLTPAQ e os escores EFL (r=0,62; p<0,001) e ALL (r=0,16; p<0,05) do Baecke-AFH e o escore do QCAF (r=0,62; p<0,001). A validade divergente foi confirmada pela ausência de correlações significativas entre o escore do escore do GSLTPAQ e o escore do domínio AFO do Baecke-AFH (r=0,02; p=0,73). A validade concorrente foi apoiada pela existência de correlações significativas entre o escore do GSLTPAQ e as medidas de aptidão cardiorrespiratória - VO2pred (r=0,15; p<0,05) e VSAQ (r=0,23; p<0,01). As análises sugerem que o GSLTPAQ apresenta propriedades de medida aceitáveis. Este estudo disponibiliza para a comunidade científica um instrumento com evidências de confiabilidade e validade para avaliação da atividade física de lazer na população brasileira, que poderá ser utilizado como ferramenta de avaliação da efetividade de estudos de intervenção para promover ou incrementar níveis de atividade física, bem como para avaliar resultados de programas de reabilitação cardiovascular

Abstract: This study was aimed at providing a version of the Godin-Shephard Leisure-Time Physical Activity Questionnaire (GSLTPAQ) for the Portuguese language of Brazil and to test its measurement properties when applied to patients with coronary heart disease and hypertension and healthy subjects. The cultural adaptation process was carried out and in order to ensure its quality internationally recommended steps were followed - translation, back-translation, evaluation by an experts committee, synthesis and pre-test, followed by assessment of the practicability, acceptability, reliability and validity. Instruments previously submitted to content validity were applied to obtain sociodemographic and clinical data. The sample comprised 236 subjects - 100 hypertensive outpatients, 100 healthy individuals and 36 coronary heart disease outpatients. The practicability of GSLTPAQ was assessed by the time spent in the interview and acceptability was evaluated by the percentage of unanswered items and the proportion of participants who responded to all items. Reliability regarding the stability of the measure was estimated (test-retest using the intraclass correlation coefficient - ICC). The convergent validity was tested by the relations between the GSLTPAQ score and the scores of the Brazilian version of the Baecke Habitual Physical Activity Questionnaire (Baecke-HPA - domains Physical Exercise in Leisure - PEL and Leisure and Locomotion Activities - ALL) and the score derived from the Questionnaire to identify the psychosocial determinants of physical activity behavior in coronary patients (QCAF). The divergent validity was tested by the absence of relation between the GSLTPAQ score and the score of the domain Occupational Physical Activity (OPA) of the Baecke-HPA. The concurrent criterion validity was tested by the relation between the GSLTPAQ score and the score of the Brazilian version of the Veterans Specific Activity Questionnaire (VSAQ), as for the maximum oxygen uptake, both direct (VO2peak) and predicted (VO2pred). Partial correlation coefficients with confidence intervals of 95% (adjusted for sex, age, education, BMI, and presence or absence of cardiovascular disease) were calculated in order to test the three types of validity. Regarding the practicability assessment, short time for application of the GSLTPAQ was observed (3.0 minutes). As for acceptability, participants responded to all the items. The analysis of test-retest suggests temporal stability of the instrument (ICC=0.84). The results support the previously established hypothesis. The convergent validity was supported by significant correlations between the GSLTPAQ score and the scores PEL (r=0.62, p<0.001) and ALL (r=0.16, p<0.05) of the Baecke-HPA, as well for the QCAF score (r=0.62, p<0.001). The divergent validity was confirmed by the absence of significant correlations between the GSLTPAQ score and the score of the OPA domain of the Baecke-HPA (r=0.02, p=0.73). The concurrent criterion validity was supported by significant correlations between the GSLTPAQ score and the measures of cardiorespiratory fitness - VO2pred (r=0.15, p<0.05) and VSAQ (r=0.23, p<0.01). Analyses suggest that the Brazilian GSLTPAQ has demonstrated acceptable measurement properties. This study provides to the scientific community an instrument with evidences of reliability and validity for assessment of leisure-time physical activity in the Brazilian population, which may be used as a tool for evaluating the effectiveness of intervention studies aimed at promoting or increasing physical activity levels, as well as evaluating outcomes of cardiac rehabilitation programs
Subject: Enfermagem
Estudos de validação
Questionários
Atividade física
Hipertensão
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SÃO-JOÃO, Thaís Moreira. Atividade física na afecção cardiovascular: adaptação cultural e desempenho psicométrico da versão brasileira do Godin-Shephard Leisure-Time Physical Activity Questionnaire - GSLTPAQ = Physical activity among cardiovascular disease outptients : cultural adaptation and psychometric performance of the brazilian version of the Godin-Shephard Leisure-Time Physical Activity Questionnaire - GSLTPAQ. 2012. 205 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/308458>. Acesso em: 20 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Spana_ThaisMoreira_D.pdf1.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.