Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/288086
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação clinica, histologica e imunoistoquimica de GVHDc em glandulas salivares menores
Author: Soares, Andresa Borges
Advisor: Cintra, Maria Letícia, 1951-
Abstract: Resumo: A Doença do Enxerto Contra o Hospedeiro Crônica - DECH ( Graft-versus-host disease cronic- GVHDc) é a maior causa de morbidade e mortalidade em pacientes submetidos a transplante de medula óssea. As alterações clínicas e histopatológicas na cavidade oral podem preceder as manifestações da GVHDc em outros órgãos. O objetivo deste estudo foi avaliar os possíveis fatores associados ao desenvolvimento da doença e as diferenças histopatológicas e imunoistoquímicas entre as alterações de condicionamento e GVHDc, bem como determinar o perfil imunofenotípico predominante das células inflamatórias na GVHDc presentes na mucosa oral e glândulas salivares menores. Foram selecionadas 25 amostras de mucosa labial de pacientes que desenvolveram GVHDc (grupo-experimental) e 16 de pacientes que não desenvolveram GVHDc (grupo controle) nos arquivos do Departamento de Anatomia-Patológica da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP.As informações clínicas referentes à idade, gênero do receptor, doença de base, tipo de transplante, sexo do doador, compatibilidade do sistema HLA e ABO, presença de infeções virais, desenvolvimento de GVHDa, órgãos afetados na GVHDc, foram obtidas dos prontuários médicos. Foram realizados cortes histológicos do material parafinado, os quais foram corados para HE. Posteriormente, realizou-se estudo imunoistoquímico do infiltrado inflamatório com os seguintes anticorpos: CD68, CD45, CD 4, CD8 e CD20. Idade avançada dos pacientes, transplante de célulastronco-periféricas e presença de infecções virais demonstraram ser fatores de risco para GVHDc. Vacuolização da camada basal, infiltrado linfóide, exocitose, células acidófilas contraídas, divagem focal ou separação entre o epitélio e o conjuntivo são as alterações histológicas que mais diferenciam GVHDc de alterações do condicionamento na mucosa oral. As alterações histopatológicas mais comuns em glândulas salivares menores foram: infiltrado inflamatório linfocitário moderado, fibrose intersticial e diminuição do número de duetos e ácinos. As células predominantes na GVHDc foram linfócitos T citotóxicos, tanto no tecido epitelial, como no tecido conjuntivo e glândulas salivares. Esses resultados indicam que as principais células envolvidas na etiopatogenia da GVHOc na mucosa oral e glândulas salivares menores são os linfócitos T citotóxicos, mas macrófagos e linfócitos auxiliares também participam da patogenia da doença

Abstract: The major cause of morbidity and mortality in patients undergoing allogeneic bone marrow transplantation is graft-versus-host disease (GVHD). The clinical and histological manifestation of oral mucosa can precede other organ involvement in the GVHDc. The aim of our study was to evaluate the predictive risk factors to GVHDc, the histological and immunohistochemical differences between patients with or without GVHDc, as well as to evaluate the immunophenotype of the inflammatory cells in oral mucosa and labial salivary gland. Twenty-five patients who had GVHDc (experimental-group) and 16 patients who had not GVHOc were seected. The data patient, gender, underlying disease, type of transplantation, donor gender, compatibility of the system ABO and HLA, infection diseases, previous GVHDa, organ involved in the GVHOc, were obtained frem the clinical records. The slides were firstly examined in H&E. Immunohistochemical analyses included the following antibodies CD68, CD45, CD4, CD8, CD20. The age of the patients (oldest), type of transplantation and infection disease were found risk factors to GVHDc Hydropic degeneration of the basal cells, apoptotic bodies, Iymphocytic infiltration, and focal or total clivage between epithelial and connective tissue were histological features that could be used to differentiate GVHDc frem chemotherapy effects on oral mucosa. In the labial salivary glands the Iymphocytic infiltration, acinar 1055and fibresis were the main alteration. The predominant cells in GVHDc were CD8 T cells in epithelium, connective tissue as much as in salivary glands
Subject: Histopatologia
Mucosa bucal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SOARES, Andresa Borges. Avaliação clinica, histologica e imunoistoquimica de GVHDc em glandulas salivares menores. 2003. 115p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Piracicaba, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/288086>. Acesso em: 3 ago. 2018.
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FOP - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Soares_AndresaBorges_M.pdf3.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.