Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287675
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Percepção da quantidade e qualidade da agua nas comunidades alojadas as margens dos rios Sorocaba e Pirajibu
Title Alternative: Quantity perception and water quality in the communities on the margins of Sorocaba and Pirajibu rivers
Author: Garcia, Thais de Almeida
Advisor: Pereira, Sueli Yoshinaga, 1961-
Abstract: Resumo: O aumento da demanda por solo urbano é responsável pelo surgimento de invasões territoriais, de favelas e de conglomerados humanos dispostos de forma desordenada e densa, principalmente em áreas de preservação e de risco. O assoreamento dos corpos d¿água e sua má qualidade refletem diretamente em comunidades moradoras próximas a ele, por meio de enchentes, transmissão de doenças de veiculação hídrica, mau cheiro, entre outros. A qualidade da água dos rios da bacia hidrográfica do Rio Sorocaba vem sofrendo grande prejuízo, pois tem importante papel no abastecimento local e recebe grande quantidade de esgoto in natura. Portanto, faz-se necessário diagnosticar e analisar a percepção das comunidades moradoras próximas aos rios, a respeito da quantidade e qualidade da água, para identificar e caracterizar tais aglomerados, auxiliando o gerenciamento correto dos recursos hídricos. Este estudo tem por objetivo analisar a percepção da quantidade e qualidade da água e suas conseqüências para as comunidades alojadas às margens dos rios Sorocaba e Pirajibu, no município de Sorocaba/SP. As comunidades identificadas por meio da Prefeitura Municipal de Sorocaba, foram: às margens do rio Pirajibu, favela Monteiro e, às margens do rio Sorocaba, comunidade do bairro Parque São Bento II e favela da Jumenta. Para caracterizar as comunidades, foi realizado um levantamento que utilizou saídas a campo, observações diretas, registros fotográficos e entrevistas com questões diretas dirigidas, aleatoriamente, aos moradores das três comunidades estudadas, totalizando 77 entrevistas qualitativas. O segundo levantamento, de natureza qualitativa, desenvolvido com caráter exploratório, utilizou entrevistas em profundidade de forma pessoal e individual, com questões abertas, a 16 moradores escolhidos ao acaso. As comunidades são formadas, em grande parcela, por chefes de famílias analfabetos, pessoas sub-empregadas e desempregadas, com baixa renda per capita. Demonstraram ser indivíduos extremamente carentes e excluídos da sociedade, pertencentes, principalmente, às Classes ¿D¿ e ¿E¿ no Critério de Classificação Econômica Brasil, ou seja, sem condições mínimas necessárias à vida digna. Foi constatada a percepção dessas comunidades em relação à qualidade da água do rio, pois classificam-na como regular à péssima, o que é corroborado pelo monitoramento da CETESB. Foi relatado que esses moradores dão, entre outras, conotação de importância, vida e limpeza à palavra água, entretanto, denotam diferentemente a palavra rio, como algo ruim e poluído, demonstrado que tais palavras são por eles desvinculadas. Contatou-se, ainda, que não possuem consciência do ambiente em que vivem, bem como de seus deveres, visto que nesses locais e às margens dos rios são despejados lixos e entulhos, dos próprios moradores, e que eles responsabilizam os governantes pela atual condição do rio

Abstract: The increase of the urban demand for ground is responsible for the sprouting of territorial invasions, slum quarters and made use human conglomerates of disordered and dense form, mainly in risk and preservation areas. The deepen of the bodies of water and its bad quality directly reflect in next living communities it, causing floods, transmission of illnesses of hydro propagation, bad smell, among others. The quality of the water of the rivers on the hydrographic basin of the Sorocaba River comes suffering great damage, therefore it has important influence in the local supplying and receives great amount of in natura sewer. Therefore, becomes necessary to diagnosis and to analyze the perception of the next living communities, regarding the amount and quality of the water, to identify and to characterize such accumulations, assisting the correct management of the hydro resources. This study has for objective to analyze the perception of the amount and quality of the water and its consequences for the communities on the edges of the Sorocaba and Pirajibu rivers, in the city of Sorocaba/SP. The communities identified by the Prefeitura Municipal de Sorocaba, had been: on the edges of the Pirajibu river, slum quarter Monteiro and, on the edges of Sorocaba river, community of the quarter Parque São Bento II and slum quarter Jumenta. To characterize the communities, a study was made through the field, direct comments, photographic registers and interviews with direct questions, randomly, to the inhabitants of the three studied communities, totalizing 77 qualitative interviews. The second study, of qualitative nature, developed with exploratory character, used interviews in depth of personal and individual form, with open questions, the 16 inhabitants randomly chosen. The communities are formed, in great parcel, of illiterate bosses, sub-employed and unemployed people, with low per capita income. They had extremely demonstrated to be devoid and excluded individuals of the society, pertaining, mainly, to Classrooms "D" and "E" in the Criterion of Economic Classification Brazil, or either, without necessary minimum conditions of worthy life. The perception of these communities in relation to the quality of the water in the rivers was evidenced, therefore they classify it as regulate to terrible, what it is corroborated by the help of CETESB. It was told that these inhabitants give, among others, connotation of importance, life and cleanness to the word water, however, denotes the word differently river, as something bad and polluted, demonstrating that such words are disentailed for them. It was contacted, still, that they do not possess conscience of the environment where they live, as well as of its duties, since in these places and on the edges of the rivers they are poured garbage and rubbishes, of the proper inhabitants, and that they blames the governing for the current condition of the river
Subject: Água - Qualidade
Impacto ambiental
Proteção ambiental
Recursos hidricos - Aspectos ambientais
Bacias hidrográficas
Sorocaba, Rio, Bacia (SP)
Pirajibu, Rio, Bacia (SP)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GARCIA, Thais de Almeida. Percepção da quantidade e qualidade da agua nas comunidades alojadas as margens dos rios Sorocaba e Pirajibu. 2006. 140. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287675>. Acesso em: 6 ago. 2018.
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Garcia_ThaisdeAlmeida_M.pdf7.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.