Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287659
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: O desvendar do grande livro da natureza : as praticas geocientificas no Brasil colonial por meio de um estudo da obra mineralogica e geologica do cientista brasileiro José Vieira Couto, 1798-1805
Author: Silva, Clarete Paranhos da
Advisor: Figueirôa, Silvia Fernanda de Mendonça, 1959-
Figueroa, Silvia Fernanda de Mendonça
Abstract: Resumo: A década de 80 assistiu a um verdadeiro movimento de renovação na historiografia das ciências na América Latina. Impulsionados por um novo olhar teórico-metodológico que enxergava a ciência não como uma entidade abstrata e universal, mas como prática inseri da em um tempo e em um espaço concretos, historiadores começaram a inventariar as atividades científicas praticadas no continente desde os tempos coloniais, colocando-se em oposição a historiografia tradicional cuja visão eurocêntrica sempre olhara a América Latina como um imenso vazio científico. De acordo com esta postura renovada, este trabalho visa contribuir à História Geral e à História Científica do Brasil na medida em que é um resgate contextualizado de um cientista e de sua obra. Por ser contextualizado, este resgate permite compreender o momento histórico e científico onde o cientista e sua obra estavam inseridos. O cientista em questão é o mineralogista brasileiro José Vieira Couto (1752-1827), cujos trabalhos no campo da Mineralogia e da Geologia constituem fonte empírica que evidencia como a Terra era investigada em fins do século XVIII e início do século XIX. José Vieira Couto pesquisou na Capitania de Minas Gerais entre os anos de 1798 e 1805. Estas pesquisas deram origem a quatro Memórias, como eram denominados os textos científicos do período. Esta dissertação apresenta uma análise destes textos por meio de um intercruzamento com o contexto histórico e científico do momento de sua produção e tem como um dos principais objetivos mostrar como se deram as práticas geocientíficas no contexto colonial

Abstract: ln the 80's there was a movement of renovation in the Latin American science historiography. Since then the science has been seen not as an abstract and universal entity but as a practical activity which takes place in a concrete space and time. Through this new vision Latin American historians started making an inventory of the scientific activities in Latin American continent since its colonial ages. Under the light of this new concept, the present dissertation is a contribution to both the general history of Brazil and the history of science since it is a contextual study about a scientist and his scientific work that allows us to understand the historical moment where that scientist lived and practiced his scientific work. The scientist in question is José Vieira Couto (1752-1827), whose research in the field of mineralogy and geology is strong evidence which shows us how the earth was studied in the late 18th and early 19th centuries. José Vieira Couto's researches (1798-1805) resulted in 4 Memoirs, as the scientific texts were usually referred to that time. This dissertation presents a contextual analysis of those Memoirs taking into consideration the historical and scientific situation of that period. lts preeminent objective is to show how the geoscientific studies were carried out in colonial Brazil
Subject: Geociências - Brasil - História
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SILVA, Clarete Paranhos da. O desvendar do grande livro da natureza: as praticas geocientificas no Brasil colonial por meio de um estudo da obra mineralogica e geologica do cientista brasileiro José Vieira Couto, 1798-1805. 1999. 162p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287659>. Acesso em: 24 jul. 2018.
Date Issue: 1999
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_ClareteParanhosda_M.pdf9.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.