Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287291
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: O ensino-aprendizagem da língua portuguesa a partir do estudo do local e das práticas interdisciplinares com as ciências da natureza
Title Alternative: The teaching and learning of Portuguese based on hte study of the place and interdisciplinary practice with the nature sciences
Author: Montagner, Maria Aparecida Pereira, 1963-
Advisor: Silva, Fernanda Keila Marinho da, 1975-
Abstract: Resumo: O ensino de Língua Portuguesa modificou-se muito nos últimos anos, fundamentado em novas teorias sobre leitura e escrita, gêneros textuais, dialogia, discurso entre outros. Entretanto, ainda permanecem em sala de aula práticas cristalizadas como as que separam as aulas de língua portuguesa em aulas de leitura, escrita e análise linguística, poucas vezes se preocupando com a oralidade. Também ainda é comum o ensino da língua centrar-se na exploração dos gêneros literários ou os supostamente mais elaborados, apoiando-se nos chamados gêneros escolarizados, ou seja, aqueles que só circulam na escola, considerados mais adequados ao ensino da disciplina, como observado em muitos livros didáticos. A possibilidade de produzir sentidos por gêneros textuais de outras disciplinas ainda é pouco comum, a fragmentação do ensino se realiza em práticas escolares consolidadas, e o cotidiano de nossos alunos é ignorado no ensino aprendizagem. Da suposição de que a abordagem interdisciplinar pode favorecer a aprendizagem da leitura e escrita, principalmente, se aproveitar as condições do local onde vivem nossos alunos é que surgiu a proposta dessa pesquisa, buscando romper com a fragmentação tanto no interior da própria disciplina, quanto na relação e interação com outras disciplinas do conhecimento, precisamente a biologia e a química. Partimos da ideia de que a aprendizagem na interação com outras áreas do conhecimento permitiria mais facilmente a construção de sentidos na leitura e facilitaria a produção escrita, principalmente, com a incorporação do local e do cotidiano de nossos alunos. O diálogo interdisciplinar materializou-se em atividades que exploraram diferentes linguagens e em leituras realizadas pelos alunos de gêneros textuais literários, do cotidiano e de outras disciplinas. Para promover a interação disciplinar adotamos na escrita o gênero relato, por entendermos ser este um gênero que permite o trânsito da oralidade para a escrita. Baseamo-nos na pesquisa-ação colaborativa a partir de autores como Mckernan, Franco e Silva que analisam o diálogo entre universidade e escola de educação básica, e entre pesquisador-professor. Vale ressaltar que essa proposta de trabalho surgiu no interior do Projeto "Elaboração de conhecimentos escolares e curriculares relacionados à ciência, à sociedade e ao ambiente na escola básica com ênfase na regionalização a partir dos resultados de projeto de Políticas Públicas". O projeto, apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (FAPESP), foi resultado da pareceria entre a Universidade de Campinas (UNICAMP) por meio do Instituto de Geociências e escola pública de Campinas e deu origem ao mestrado no mesmo instituto. A pesquisa é fruto do trabalho direto da professora no papel de pesquisadora da própria prática. Para a análise dos dados produzidos, fundamentamo-nos na abordagem sócio-histórica de Bakhtin, por considerarmos a historicidade do sujeito nas práticas sociais, moldado pela ideologia e por entendermos o ensino de língua como espaço de práticas dialógicas reflexivas, destacando o papel do lugar e dos sujeitos na construção dos sentidos, o conceito de vozes, enunciação e dialogia entre outros

Abstract: The teaching of Portuguese language has been modified in the last few years, based on new theories about reading and writing, textual genres, dialogism, discourse. However, crystallized practices such as separating the Portuguese language classes in reading, writing and linguistic analysis classes still remain in classrooms. The possibility of making sense out of text genres of other disciplines is still uncommon, the fragmentation of teaching takes place in school practices and consolidated daily lives of our students is ignored in teaching learning. The assumption of the interdisciplinary approach can facilitate the learning of reading and writing, especially to take advantage of the conditions of where our students live is that the research was proposed, aiming to break the fragmentation within the discipline itself, and in relation and interaction with other disciplines of knowledge, specifically biology and chemistry. We start with the idea that learning to interact with other areas of knowledge would make easier the construction of meaning in reading and facilitate writing of our students, especially with the incorporation of the site and the daily lives of our students. The interdisciplinary dialogue materialized itself in activities that explored different languages and reading performed by the students of textual genres, literary and other everyday subjects. To promote interaction we adopt disciplinary report in writing the genre, as well as we understands that this is a genre that allows traffic from orality to writing. We rely on collaborative action research from authors such as McKernan, Franco, Silva and analyzing dialogue between university and school of basic education and teacher-researcher. It is noteworthy that the proposed work came within the Project "Developing knowledge and school curriculum related to science, society and the environment in elementary school with emphasis on regionalization of results from project Public Policy" The project supported by FAPESP's Public Education Research Program, as the result of partnership between Geosciences institute of Campinas University (UNICAMP) and public school. This paper was developed by the teacher researcher's own practice. The analysis of data produced is based on the socio-historical approach to Bakhtin, because we consider the historicity of the subject in social practices, shaped by ideology and by understanding the teaching of language as dialogic space of reflective practice, emphasizing the role of place and subjects in the construction of the senses, the concept of voice, enunciation and dialogism among others
Subject: Leitura
Escrita
Estudo do meio
Interdisciplinaridade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MONTAGNER, Maria Aparecida Pereira. O ensino-aprendizagem da língua portuguesa a partir do estudo do local e das práticas interdisciplinares com as ciências da natureza. 2012. 145 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287291>. Acesso em: 21 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Montagner_MariaAparecidaPereira_M.pdf1.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.