Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286932
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Percepção ambiental e mineração na area urbana de Jaguariuna, SP
Title Alternative: Environmental perception and mining in the urban area of Jaguariuna, SP
Author: Yoshida, Tatiana Pagotto
Advisor: Ferreira, Marcos César, 1957-
Abstract: Resumo: A mineração constitui-se em importante indústria para países em desenvolvimento. Os minerais utilizados na indústria da construção civil, tais como a pedra britada, destacam-se por sua grande demanda, devido à crescente urbanização. No entanto, a coexistência desse tipo de mineração com os meios social, físico e biótico não tem sido pacífica, pois se situam geralmente nas proximidades dos centros urbanos, por causa do baixo valor agregado desse tipo de matéria prima. Nesses locais, muitas vezes, residem comunidades preocupadas com a poluição gerada por esse tipo de atividade. Com isso, a disponibilidade de jazidas nos centros urbanos está reduzindo, principalmente pela falta de planejamento no crescimento das cidades, competição com usos do solo e maiores exigências ambientais. No município de Jaguariúna, SP, ocorre um conflito entre uma pedreira de rochas para brita, um bairro residencial vizinho e instituições públicas. Os moradores desse loteamento incomodam-se com a atividade do empreendimento, apesar de hoje em dia operar adequadamente e buscar se enquadrar na legislação ambiental. Utilizando teorias da percepção ambiental e um modelo conceitual que permite a análise integrada entre os sistemas ecológicos e sociais, para compreender a interação desses em ambiente urbano, o conflito foi estudado, verificando como a população do bairro percebe o empreendimento, os impactos gerados por ele e a atuação das autoridades competentes com relação à problemática. Verificou-se que a população possui preconceito com relação à atividade minerária, pelo histórico de má operação da pedreira e também pela falta de envolvimento desta com comunidade. Além disso, verificou-se que os habitantes possuem julgamentos errôneos relacionados aos impactos provocados pela pedreira, revelando falta de informação sobre a atividade de extração de rocha para brita. Outro fato importante foi a observação de que a população é muito pouco informada sobre que órgãos ambientais recorrer para reclamar contra o empreendimento, já que a maior parte das reclamações foi ou seria dirigida à prefeitura municipal e não à CETESB. Por fim, após a identificação de todos os atores envolvidos na problemática e de suas parcelas de responsabilidade no conflito, o modelo conceitual foi aplicado para uma melhor identificação de como as variáveis interagem entre si, possibilitando visualizar mais claramente soluções e propostas de ação por parte desses atores envolvidos

Abstract: Mining is an important industry for developing countries. Minerals used in the construction industry, such as crushed rock, stand out because of their great demand, due to the increasing urbanization. Nevertheless, the coexistence of this kind of mining with the social, physical and biological media has not been peaceful, as they are generally located in the neighbourhood of urban centres, due to their low aggregate value. In these locations, there are frequently communities worried about the pollution generated. Therefore, the availability of mineral deposits in urban centres is reducing, due mainly to the lack of planning of the urban growth, competition with other uses land uses and greater environmental requirements. In Jaguariúna, SP, there is a conflict among a quarry, a residential neighbourhood and public institutions. Inhabitants of this neighbourhood are disturbed by the company's activities, despite the fact that the quarry is trying to operate adequately and to adjust itself to the environmental laws. Using theories of environmental perception and a conceptual model that allows an integrate analysis of the social and ecological systems, to comprehend their interaction in the urban environment, the conflict was studied by verifying how the surrounding population perceives the company, its impacts and the attitudes of the authorities towards the problem. It was found that the population has preconception in relation to the mining activity, originated by the past of wrong operation of the quarry and by the lack of its involvement with the community. Apart from that, it was checked that the inhabitants have erroneous judgements related to the impacts provoked by the quarry, which reveals a lack of information about the activity of crushed rock extraction. Another important fact was the observation that people are poorly informed about which environmental public institutions they should contact to complain about the company, as the majority of the complaints was or would be directed to the city hall, not to CETESB. At last, after pointing out the actors involved in the problem and their responsibilities, the conceptual model was applied, for a better identification of how the variables interact between each other, allowing a clearer visualization of the solutions and proposals of actions for these actors
Subject: Análise ambiental
Planejamento urbano - Jaguariúna (SP)
Solo - Uso
Geografia
Mapeamento do meio ambiente
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: YOSHIDA, Tatiana Pagotto. Percepção ambiental e mineração na area urbana de Jaguariuna, SP. 2005. 136p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286932>. Acesso em: 5 ago. 2018.
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Yoshida_TatianaPagotto_M.pdf56.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.