Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286722
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Sistemas de movimentos no territorio brasileiro : os novos circuitos espaciais produtivos da soja
Author: Frederico, Samuel, 1979-
Advisor: Castillo, Ricardo, 1963-
Abstract: Resumo: Nas duas últimas décadas tem-se observado um deslocamento do front da soja em direção aos estados do Norte, Nordeste e sobretudo Centro-Oeste. Entretanto, estas novas regiões produtoras possuem um grande problema ligado à logística, principalmente com relação à precariedade dos meios de transporte. Devido a isso, o governo brasileiro, em parceria com a iniciativa privada, tem proposto e viabilizado projetos de grande porte para melhorar a mobilidade dessas áreas, através da criação sistemas de movimentos para a exportação da soja. Este trabalho verifica como se constituem os novos circuitos espaciais produtivos da soja e os sistemas de movimentos de três Eixos de exportação: o Eixo Noroeste; o Eixo CentroNorte e o Eixo Sudeste. A criação e ampliação desses meios de transporte disponibilizam uma fluidez territorial e uma nova concepção de logística para as grandes empresas exportadoras, possibilitando, a essas, um uso corporativo do território e sua apropriação como recurso. Essas políticas territoriais realizadas tanto pelo Estado como pelas empresas, por um lado, tem como objetivos aumentar a competitividade e a velocidade dos agentes hegemônicos, mas por outro lado, são fatores de desagregação e ingovernabilidade. Essas características denotam a falta de um projeto nacional que privilegie o território brasileiro a despeito dos imperativos perversos da "internacionalização do mercado". Portanto, toma-se necessária, a substituição dessas redes extravertidas, por redes intravertidas que sirvam para atender a um projeto integrador do território e que dinamize o mercado interno, através da criação de uma complementaridade produtiva regional, redistribuição fundiária e incentivo a novas produções

Abstract: It has been observed, in the last two decades, that there is a displacement of the soybean's front toward the States of North, Northeast and mainly to the Middle-West of Brazil. However, the new productive regions have a great problem concerned to the logistic, main1y those related to the inefficiency in means of transport. So, the Brazilian government, jointly with a privacy association, has recommended, and maybe it has been visualizing, important projects to become much better the mobility of these areas by creating moving systems in order to export soybean. These kinds of work check how the new soybean productive spatial circles could be established and the Three Axis exporting moving systems: the Northwest Axis; Middle North Axis and the Southeast Axis. The raising and the enlargement of these new means of transport facilitate another running county and a new pattern of logistic for the major exporting companies, giving to those companies a corporative usage of the county and its appropriation as resource. Those county policies rea1ized as much by the State but also by the companies and they have as objective, otherwise, to increase the hegemonic agents competition and velocity and on the other hand they have ungovernable and disaggregated factors. Those characteristics indicate the lack of a national project that could privilege the Brazilian county despite the bad imperatives of the 'market internationalization'. Thus it becomes a necessity, the replacement of these outside nets by inside nets that could attend on a county integration project which could increase the inside market through the production of a regional productive supplementary, agrarian redistribution and an increase for new productions
Subject: Soja - Transporte
Integração regional
Soja - Exportação - Brasil
Geografia política
Planejamento regional
Brasil - Divisões territoriais e administrativas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FREDERICO, Samuel. Sistemas de movimentos no territorio brasileiro: os novos circuitos espaciais produtivos da soja. 2004. 210p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociencias, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/286722>. Acesso em: 4 abr. 2019.
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IG - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Frederico_Samuel_M.pdf7.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.