Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283882
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Confiabilidade interobservador da técnica de medida de pressão arterial por método aucultatório em neonatos a termo
Title Alternative: Interobserver reliability of blood pressure measurement by auscultation method in term newborns
Author: Souza, Mariana Castro de, 1983-
Advisor: Lamas, Jose Luiz Tatagiba, 1959-
Abstract: Resumo: A medida da pressão arterial é o procedimento de enfermagem mais realizado no mundo, importante para o diagnóstico da hipertensão arterial. Apesar de normalmente ser diagnosticada na fase adulta, a hipertensão pode ter origem na infância. Assim, é imprescindível que o diagnóstico e tratamento adequados sejam realizados precocemente, especialmente nos pacientes classificados nos grupos de risco, como neonatos prematuros e criticamente doentes. Apesar de sua utilização ser de extrema importância e estar bastante difundida nas unidades de terapia intensiva, a medida é realizada muitas vezes sem alguns cuidados: a padronização dos passos a serem seguidos, cuidados quanto ao preparo do paciente para a técnica e a escolha de materiais e equipamentos adequados para um resultado fidedigno. Geralmente os valores de pressão arterial são obtidos pelo método oscilométrico a partir de monitores não validados para a população neonatal. Frente aos diferentes métodos existentes para a medida da pressão e a necessidade do aprimoramento destes para a adequação às particularidades desta população, optou-se por estudar o método auscultatório, questionando: a medida de pressão por método auscultatório pode ser empregada em neonatos? Quais são os procedimentos que devem ser adotados para a obtenção de níveis pressóricos confiáveis nessa população? Os objetivos do estudo são: propor uma técnica de medida da pressão por método auscultatório em neonatos a termo, realizar a validação de conteúdo da técnica proposta, testar sua confiabilidade interobservador e verificar as associações entre estado comportamental e a sucção com o sucesso na obtenção de valores de pressão. Trata-se de pesquisa não experimental, descritiva, metodológica e transversal, realizada com 26 neonatos a termo, adequados para a idade gestacional. O instrumento de coleta de dados e o procedimento de medida foram construídos pela pesquisadora e equipe de pesquisa e submetidos à validação de conteúdo. Foram realizadas três medidas com o uso de um estetoscópio duplo pediátrico antecedida pela aplicação de 1 mL de solução glicosada a 25% no dorso da língua do neonato. Para a verificação da confiabilidade, foi calculado o grau de concordância dos pares de medidas por meio do Coeficiente de Correlação Intraclasse. As associações entre a obtenção dos valores de PA e as características dos sujeitos foram estudadas por meio de regressão linear. O Coeficiente de Correlação Intraclasse apontou repetibilidade excelente nos valores sistólicos e diastólicos, fortalecendo a possibilidade de reprodução da técnica proposta e permitindo considerá-la confiável. O procedimento de medida é facilitado quando o neonato está tranquilo, acordado ou dormindo. Contraindica-se a medida durante o choro. Não foi encontrada associação estatística significativa entre sucção ou sua ausência na medida. Entretanto, a sucção esteve mais presente nos casos de sucesso que nos casos de insucesso. O neonato apresentou adaptação ao procedimento, tornando-se mais calmo a cada medida. Assim, recomenda-se descartar os valores da primeira medida. Uma vez que a medida de pressão é bastante frequente em neonatos sob cuidados intensivos, consideramos premente estudar a aplicação deste procedimento neste contexto de assistência, visando obter evidências científicas a respeito da técnica e dos valores obtidos

Abstract: Blood pressure measurement, is one of the most applied nursing procedures worldwide, crucial for the systemic hypertension diagnosis. Although usually diagnosed during adult age, hypertension can be originated in childhood. So, it¿s early diagnosis and treatment are really important, especially for risk group patients, such as premature and severely ill newborns. In spite of the importance of arterial pressure measurement as well as its dissemination in intensive care units, it is usually performed without some cautions, like the following of standardized steps, patient preparation to the measurement and selection of adequate equipments for a reliable result. In general, the measurement is made by oscilometry, using multiparametric monitors, not validated for newborn population. Considering the different methods for measuring arterial pressure and their lack of adequacy to newborns, questions were formulated: is it possible to apply blood pressure measurement by auscultatory method on newborns? What are the procedures that should be adopted to obtain reliable pressure levels by auscultatory method on this population? Therefore, this study aims are: to propose a blood pressure auscultatory measurement technique on term neonates, carry out the content validation of the proposed technics, test its inter-observer reliability and verify associations among behavioral state, suction and the success of obtaining blood pressure values. This is a non-experimental, descriptive, methodological and transversal research, carried out with 26 term newborns, adequate for gestational age. The data collection form and the measurement technique were elaborated by the main researcher and a researcher team and submitted to content validation. Three blood pressure measurements were done for each newborn, using a pediatric double stethoscope. The procedure occurred after the application of 1mL glucose solution at 25% on the newborn tongue. To check the reliability, the degree of concordance of pairs of values was calculated by Intraclass Correlation Coefficient. The association between blood pressure values and newborns' characteristics were studied by linear regression. Intraclass Correlation Coefficient indicated an excellent repeatability for diastolic and systolic blood pressures, reinforcing that it is a reproducible and reliable technique. The procedure of blood pressure measurement is more easily performed when the newborn is relaxed, either awake or sleeping. When the newborn is crying, the measurement is not recommended. Significant statistical association between suction or its absence in the measurement was not found. However, the suction was more frequent in the successful cases than failure ones. The newborn presented adaptation the procedure, behaving more and more calm as measurements were done. Thus, we recommend to ignore the first measurement values. Once the blood pressure measurement is an usual procedure for newborns in intensive care units, it is indispensable to study this procedure at this set of care for getting scientific evidences on techniques and arterial blood pressure values
Subject: Enfermagem
Recém-nascidos
Pressão arterial
Reprodutibilidade dos testes
Estudos de validação
Editor: [s.n.]
Citation: SOUZA, Mariana Castro de. Confiabilidade interobservador da técnica de medida de pressão arterial por método aucultatório em neonatos a termo. 2014. 120 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/283882>. Acesso em: 25 ago. 2018.
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_MarianaCastrode_M.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.